Queixo duplo ou papada: quais as causas do problema

Mulher em grande plano com a mão no queixo.


Procedimentos invasivos podem resolver a questão por tratar mais de um tecido - o que geralmente é necessário. Não há restrições alimentares no pós-operatório

São Paulo – agosto 2022 - Você já deve ter ouvido falar em queixo duplo ou papada. Trata-se do acúmulo de tecido submentoniano, ou seja, localizado abaixo do queixo. “A papada pode ser causada por vários motivos. Esta região da face é composta por várias camadas de tecido, que são: pele, gordura do subcutâneo, músculo platisma, gordura acima do platisma, músculo digástrico, glândulas e o osso. A papada pode ser causada pelo excesso de volume de qualquer um destes tecidos, ou pelo formato pequeno e retraído do osso do queixo”, explica o Dr. Paolo Rubez*, cirurgião plástico, da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica (ASPS) e Mestre em Cirurgia Plástica pela Escola Paulista de Medicina da UNIFESP. Para resolver a questão existem tratamentos não invasivos, que trazem resultado mais limitado, e cirúrgicos.

De acordo com o médico, os tratamentos não invasivos não conseguem tratar todas as alterações da região. “Em geral tratam apenas parcialmente uma das camadas de gordura. Por exemplo, a criolipólise, o uso de enzimas, radiofrequência e bioestimuladores de colágeno”, diz o médico. “Os tratamentos invasivos permitem tratar mais alterações, sobretudo a mentoplastia de avanço ósseo e o Deep Neck Lift. A lipo de papada é uma opção pouco invasiva, mas que também é limitada a apenas uma camada de gordura. Na maioria das vezes o paciente precisa tratar também os tecidos mais profundos”, diz o médico.

Algumas pessoas têm o queixo (mento) muito retraído e pequeno e isso favorece o acúmulo de tecido na papada, segundo o cirurgião. “A mentoplastia de avanço promove um aumento da projeção do queixo e isso faz com que estique os tecidos da região e melhore a papada”, destaca o médico. “A cirurgia é feita através de uma incisão na gengiva inferior e, portanto, a cicatriz não fica visível. Cortamos uma pequena parte do osso do queixo e avançamos para a posição desejada. O osso é então fixado na nova posição com uma miniplaca e parafusos de titânio, material que não reage com o corpo e que não precisa ser retirado depois. A cirurgia dura em torno de 1 hora a 1 hora e meia”, conta o especialista.

Nesse procedimento, a anestesia é geral e extremamente segura, segundo o médico. “O paciente tem alta hospitalar no mesmo dia da cirurgia. O pré-operatório não exige nenhum cuidado específico, apenas os exames e as orientações da véspera da cirurgia como jejum. O pós-operatório exige repouso relativo, idealmente por 10 a 15 dias para melhora do inchaço e roxo da região. Atividades físicas são permitidas após 3 semanas e na primeira semana o paciente deve usar uma faixa elástica e fazer drenagens linfáticas na região. Não há restrições alimentares e o paciente pode comer no mesmo dia após o procedimento”, explica o médico.

Essa correção com a mentoplastia de avanço é indicada para casos de papada em que o paciente não apresenta um bom posicionamento e projeção do queixo. “Em outros casos, o Deep Neck Lift, o lifting profundo de queixo, e a lipo de papada podem resolver”, finaliza o médico.

                                                                    💢💢💢

*DR. PAOLO RUBEZ: Cirurgião plástico formado pela UNIFESP, é membro da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica (ASPS) e da Sociedade de Cirurgia de Enxaqueca dos EUA. Dr. Paolo Rubez é Mestre em Cirurgia Plástica pela Escola Paulista de Medicina da UNIFESP. O médico tem 8 Observerships com o Dr. Bahman Guyuron em Cirurgias Plásticas Faciais, em Cleveland – EUA. Instagram: @drpaolorubez

 

Também pode ler:
Tags

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !