O autoconhecimento e a eliminação de pensamentos indesejáveis

Homem em pose meditativa.

Percebemos uma parte muito pequena de nós mesmos

Por: Alexandre Camozzato Zaffari (*)

O autoconhecimento nos traz ótimas possibilidades, seja pela concentração, meditação, eliminação de pensamentos, sentimentos, vontade e ações indesejáveis, etc. Eliminar o que fazemos sem que quiséssemos ter feito é necessário para evitar doenças e agitação que acabam com a nossa tranquilidade.

Vejamos um exemplo: após um dia de trabalho, em vez de descansar, surge um pensamento sobre o que ficou para fazer, ou sobre algo que deu errado neste dia. No início é apenas um pensamento, mas ele puxa outros e em instantes são dez e com eles vêm emoções, aceleramento do coração e talvez a vontade de dizer algo não tão agradável para algumas pessoas. Com isso, nosso sono já não descansa como deveria.

Ou então, diante de alguma situação nos vem o pensamento de contar a um terceiro... é a fofoca e a ela se associa facilmente a calúnia porque o que vimos é a nossa percepção e não a realidade. Essas duas más ações nossas criam situações péssimas não só para a pessoa de quem falamos, senão que cobrem o planeta com uma energia muito ruim e vamos exigindo do organismo um esforço como se estivesse diante de uma situação real. Nosso organismo não consegue perceber que a situação é virtual, criada e mantida por uma ou várias de nossas faces e assim, reage com doses grandes e desnecessárias de substâncias que nos preparam para um atrito. Como resultado, aos poucos, vamos gerando doenças que trazem grande impacto sobre nosso sono, nossa saúde e nossa vida.

É urgente que aprendamos a silenciar nossa mente, tranquilizar nosso coração e dominar nossas vontades e ações.

Percebemos uma parte muito pequena de nós mesmos. Na atualidade nem sabemos que nossa consciência livre de condicionamentos é muito pequena e não está ativa, mas com algum esforço podemos ativá-la e verificar que além dela existe uma força muito poderosa que é chamada de Mãe. Essa força é responsável pelos nossos instintos, pela nossa regeneração e, se dermos condições, ela nos livra dos pensamentos negativos, da fofoca ou de qualquer característica indesejável.

O procedimento é simples, porém deve ser feito com continuidade. Quando sentir algo indesejável, observe esse “algo” como um intruso e diga (ou pense) imperiosamente, dirigindo-se a sua Mãe (interna): “desintegra isso!”. Imediatamente, virá outro pensamento parecido com o recém eliminado. Faça novamente e repita quantas vezes for necessário. Você estará aumentando sua consciência.

Faça muitas vezes durante o seu dia e verá que sua vida se transformará.

(*) Alexandre Camozzato Zaffari – Estudante e praticante de autoconhecimento. Autor do livro “33 Anos Descobrindo Ensinamentos” (Literare Books International)

Também pode ler:
Tags

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !