5 formas de rejuvenescer e dar volume aos lábios com resultados naturais

Rosto de mulher em grande plano, com destaque para os lábios bem desenhados.


Considerada uma semimucosa, área de transição, a pele dos lábios é naturalmente mais delicada e suscetível aos danos externos. Por isso, também envelhece precocemente e merece cuidados especiais

São Paulo – 12/08/2022 - Se é verdade que a paixão nasce no olhar, ela se solidifica nos lábios. O beijo é o grande momento para ‘selar’ a união dos amantes. E, apesar da forte influência da língua no ato, são os lábios que primeiro transportam o sabor do novo amor. Mas o que essa região carrega de diferente da nossa pele? “A pele dos lábios é extremamente delicada e está 100% do tempo exposta ao meio ambiente (sol, vento, frio, contato com alimentos e com bebida alcoólica, etc) e por isso merece atenção especial. Ela facilmente se desidrata, seja por temperaturas muito baixas ou muito altas. A pele dos lábios também envelhece. Esse envelhecimento começa por volta dos 30 anos de idade e é progressivo. Ele ocorre devido ao processo de envelhecimento intrínseco da face: há uma perda de colágeno com diminuição da firmeza da pele e diminuição da gordura facial. Além disso, usamos muito a musculatura ao redor da boca (mastigação e mímica facial - sorriso e fala). O resultado são lábios mais finos, com rugas ao redor da boca (o famoso “código de barras”) e consequente queda do ângulo da boca (“sorriso triste”)”, explica a dermatologista Dra. Paola Pomerantzeff*, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

A região é considerada uma semimucosa, isto é, uma transição da mucosa oral para a pele estratificada que temos ao redor dos lábios. Para conferir hidratação, a ingestão diária de água adequada ajuda, mas é necessário também hidratar os lábios com hidratantes labiais e não ficar “mordendo ou lambendo” os lábios. “A saliva, com seu pH ácido, pode piorar ainda mais e causar uma ‘assadura’ conhecida como dermetite perioral”, explica a dermatologista. A constante agressão e irritação da região a deixa ainda mais suscetível aos danos do envelhecimento, segundo a médica. “Felizmente, hoje contamos com procedimentos médicos que podem prevenir ou reverter esses efeitos indesejados”, conta. Abaixo, confira as melhores opções para lábios exuberantes:

HydraFacial Perk Lips: A experiência HydraFacial Perk Lábios, através da combinação entre tratamento em consultório e cuidados homecare, é capaz de conferir lábios hidratados, revitalizados e levemente volumizados. “Em consultório, a experiência HydraFacial Perk Lábios é realizada com a exclusiva tecnologia roller-flex, que, por meio de sucção à vácuo, promove uma limpeza e esfoliação suave enquanto deposita na pele da região um poderoso sérum nutritivo e hidratante, que, após o tratamento, é levado pelo paciente para ser aplicado em casa, assim contribuindo para prolongar e melhorar gradualmente os resultados do procedimento”, afirma a dermatologista Dra. Ana Macedo, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. O resultado, que pode ser visto imediatamente, são lábios mais sedosos, hidratados e brilhantes, além de um efeito volumizador temporário. “O Sérum HydraFacial Perk Lábios traz como destaque em sua formulação ingredientes como o óleo de hortelã-pimenta, que possui ação anti-inflamatória e antioxidante, e os extratos de peônia, que hidrata e acelera a renovação da pele, e aloe vera, que é rico em Vitamina E e C, assim atuando como antioxidante e calmante” destaca a hydrafacialista Fernanda Ruiz, que recomenda que, em casa, o sérum seja aplicado no lábio superior e inferior diariamente, de manhã e à noite ou conforme necessário.

Lip Peel: Uma novidade também é o tratamento Lip Peel, que ajuda a tratar a descamação e a falta de brilho dos lábios, além de contribuir para a redução dos sinais do envelhecimento na região, como os códigos de barras, tornar os lábios mais volumosos sem a necessidade de preenchimento. Segundo o dermatologista Dr. Daniel Cassiano*, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, o Lip Peel consiste basicamente na realização de um peeling químico nos lábios para acelerar o processo de renovação celular da região. “A substância utilizada no procedimento vai variar caso a caso, mas, no geral, damos preferência para ácidos com menor peso molecular que não penetram tão profundamente na pele da região, como os ácidos lático ou mandélico, visto que, por serem muito finos, os lábios podem facilmente sofrer com irritação e ressecamento caso expostos a ácidos muito agressivos”, destaca. “Quando realizado da maneira correta e com as substâncias adequadas, o Lip Peel é capaz de acelerar a renovação celular dos lábios, removendo células mortas. Além disso, o procedimento também estimula a circulação local e a produção de colágeno e melhora a hidratação e a definição da região”, explica o Dr. Daniel. Lip Peel é capaz de realçar a cor dos lábios, combater o ressecamento e a descamação, reduzir a aparência das rugas na região e promover um leve aumento do volume, tornando assim os lábios mais jovens, bonitos, vivos e definidos sem causar exageros.

Drug delivery e injetáveis para rejuvenescer: “Podemos usar o laser erbium com drug delivery (aplicação de sérum de ácido hialurônico estéril imediatamente após a realização do laser) para estimular a produção de novas fibras de colágeno. Podemos também aplicar skinboosters (hidratação injetável) que estimulam a produção de colágeno e resultam num efeito ‘gloss’ se aplicados nos lábios. Quando aplicados na pele ao redor da boca há melhora das linhas, do ‘código de barras’”, diz a Dra. Paola.

Pro Collagen: Já para quem deseja apenas dar maior destaque aos lábios e, consequentemente, ao sorriso de forma natural, vale a pena apostar no laser Pro Collagen, da plataforma Solon, “O laser Pro Collagen utiliza a tecnologia Erbium:YAG 2940nm de forma inovadora, pois age através de um pulso tão longo que a dissipação de calor se dá tanto na derme profunda, quanto na musculatura dos lábios. Dessa forma, o calor produzido pelo laser promove o endurecimento e volumização dos lábios, deixando-os maiores, mais rígidos e com aspecto jovial e volumoso”, explica o dermatologista Dr. Abdo Salomão Jr.*, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Para a volumização dos lábios com o Pro Collagen são recomendadas de três a quatro sessões, de 15 minutos cada, com intervalos quinzenais ou mensais entre elas, sendo possível enxergar resultados logo após a primeira sessão.

Botox Lip Flip para lábios naturalmente maiores: A novidade para os lábios é Botox Lip Flip, uma técnica injetável (com doses infinitesimais de toxina botulínica) para trazer um resultado mais natural e sem exageros. “A técnica é aplicada estrategicamente nos cantos da boca e perto do arco do Cupido. As doses são realmente muito pequenas e, mesmo assim, trazem resultado natural e suave para os lábios parecerem maiores e cheios”, afirma o cirurgião plástico Dr. Mário Farinazzo. De acordo com o médico, os neuromoduladores (toxina botulínica) são injetados nos lábios em um procedimento que leva menos de dez minutos. “Nas semanas seguintes, suavemente os lábios finos começam a parecer grandes e cheios”, diz o médico. Botox Lip Flip melhora a aparência do lábio superior, relaxando um músculo ao redor dos lábios. “O procedimento é realizado com injeções altamente estratégicas administradas em pequenas quantidades - e se você fizer com um profissional certificado, cirurgião plástico e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, é improvável que ele exagere na injeção”, diz o cirurgião.

Já quando a questão estética não agrada por conta de lábios excessivamente grandes, pode-se optar pela queiloplastia redutora, que é a cirurgia que visa diminuir os lábios para conquistar proporções equilibradas, lábios simétricos e um efeito natural. “A cirurgia é realizada com uma incisão na parte interna do lábio (do superior, inferior ou de ambos – dependendo do desejo do paciente) de onde é retirada uma faixa da mucosa. Após essa remoção, a incisão é suturada. O procedimento é simples, precedido por anestesia local e não há necessidade de internação, mas exige repouso de cinco dias antes do retorno às atividades rotineiras”, destaca o cirurgião plástico Dr. Mário Farinazzo*. “Porém, o procedimento não deve ser feito considerando a boca como um elemento isolado, ou seja, a intervenção cirúrgica deve ser realizada após um estudo detalhado de toda a face do paciente”, finaliza.

FONTES:

*DR. ABDO SALOMÃO JR: Doutor em Dermatologia pela USP (Universidade de São Paulo). É sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Membro da American Academy of Dermatology (AAD), Sociedade Brasileira de laser em Medicina e Cirurgia e do Colégio Ibero Latino Americano de Dermatologia. Professor universitário, Dr. Abdo Salomão Jr. ministra aulas nos principais congressos nacionais da especialidade. Além disso, já deu aulas na Austrália, Itália e Coréia do Sul. É uma referência em conhecimento de lasers e tecnologias para fins dermatológicos e estéticos. Diretor da Clínica Dermatológica Abdo Salomão Junior.

                                                             💢💢💢

*DR. MÁRIO FARINAZZO: Cirurgião plástico, membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e Chefe do Setor de Rinologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Formado em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), o médico é especialista em Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Professor de Trauma da Face e Rinoplastia da UNIFESP e Cirurgião Instrutor do Dallas Rinoplasthy™ e Dallas Cosmetic Surgery and Medicine™ Annual Meetings. Opera nos Hospitais Sírio, Einstein, São Luiz, Oswaldo Cruz, entre outros. 
*DR. DANIEL CASSIANO: Dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Cofundador da clínica GRU Saúde, o Dr. Daniel Cassiano é formado pela Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e Doutor em medicina translacional também pela UNIFESP. Professor de Dermatologia do curso de medicina da Universidade São Camilo, o Dr. Daniel possui amplo conhecimento científico, atuando nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e cosmiátrica.
*DRA. PAOLA POMERANTZEFF: Dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), tem mais de 10 anos de atuação em Dermatologia Clínica. Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina Santo Amaro, a médica é especialista em Dermatologia pela Associação Médica Brasileira e pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, e participa periodicamente de Congressos, Jornadas e Simpósios nacionais e internacionais.

 

Também pode ler:

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !