Pescoço conta com nova técnica para tratar flacidez e papada

Do Texto: Técnicas mais antigas tratavam apenas a pele e a gordura superficial.

Você já deve ter visto na prateleira das farmácias aquele creme específico para a pele do pescoço


Deep Neck Lift é uma técnica cirúrgica que avança até as camadas mais profundas para tratar de forma efetiva a papada e a flacidez de pele e de músculo.

São Paulo – julho de 2022 - Você já deve ter visto na prateleira das farmácias aquele creme específico para a pele do pescoço, mas é necessário pontuar: infelizmente, essa não é uma área que responde bem à maioria dos tratamentos de cuidados com a pele vendidos sem receita. “O pescoço apresenta várias camadas de tecidos que podem sofrer com o processo de envelhecimento. A flacidez no pescoço, portanto, pode ser causada por um excesso de pele, de gordura, de flacidez dos músculos da região ou até pela glândula submandibular localizada abaixo da mandíbula”, destaca o Dr. Paolo Rubez*, cirurgião plástico formado pela UNIFESP, membro da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica (ASPS). O pescoço é um grande delator do envelhecimento, por isso até mesmo as técnicas mais invasivas precisam ser feitas da forma certa, segundo o médico. “Esta área deve ser tratada diretamente, de forma independente do restante da face. Além disto, ela possui várias estruturas anatômicas que devem ser tratadas também. Um mau resultado nesta região pode ter sido causado por não tratar todas as estruturas de forma correta”, completa.

Segundo o especialista, uma novidade, que confere um resultado natural e harmonioso, é o Deep Neck Lift. “Essa técnica se diferencia por tratar todas estas camadas do pescoço, desde as mais superficiais até as mais profundas. As técnicas mais antigas tratavam apenas a pele e a gordura superficial. Essa técnica permite tratar em uma só cirurgia a região do pescoço e a papada. É muito interessante porque pode ser feito em jovens e melhora demais a definição da região”, diz o médico. “Muitas vezes o pescoço não era tratado de maneira direta, ou seja, ele era ‘esticado’ por uma tração lateral da pele a partir das incisões do facelifting nas laterais do rosto”, explica o Dr. Paolo. O nome da técnica é devido ao fato de tratar também as estruturas mais profundas do pescoço, como os músculos, a gordura acima dos músculos e a glândula submandibular.

O médico destaca que Deep Neck Lift é indicado para qualquer caso em que o paciente precise de um melhor contorno do pescoço, independentemente da idade. “É utilizada tanto em jovens quanto em pessoas de mais idade, nestes casos em geral associado ao facelifting. Desde que o paciente tenha boas condições de saúde não há um limite superior de idade”, explica o médico.

Esta cirurgia é feita em centro cirúrgico a partir de uma incisão em torno de 3 a 4 cm abaixo do queixo. “Em casos de muito excesso de pele podem ser necessárias incisões também ao redor das orelhas. A anestesia deve ser a geral ou anestesia local com sedação”, explica o Dr. Paolo.

Quanto aos cuidados pré-operatórios, eles são os mesmos de qualquer outro procedimento cirúrgico, ou seja, exames pré-operatórios, jejum de 8h na véspera da cirurgia, e o paciente em boas condições clínicas. “No pós-operatório, é necessário evitar esforços físicos por no mínimo 3 semanas, além de tomar as medicações prescritas e uso de faixa elástica na região por no mínimo 1 semana. Além disto o paciente deve dormir de barriga para cima durante no mínimo 2 semanas”, conta o médico. “É comum no pós-operatório que o paciente apresente inchaço e roxo na região do pescoço. Eles são variáveis quanto à intensidade. Não é um procedimento doloroso, e em alguns casos é necessário que o paciente fique com um dreno no local por cerca de 48 horas”, conta o médico.

                                                               💢💢💢

*DR. PAOLO RUBEZ: Cirurgião plástico formado pela UNIFESP, é membro da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica (ASPS) e da Sociedade de Cirurgia de Enxaqueca dos EUA. Dr. Paolo Rubez é Mestre em Cirurgia Plástica pela Escola Paulista de Medicina da UNIFESP. O médico tem 8 Observerships com o Dr. Bahman Guyuron em Cirurgias Plásticas Faciais, em Cleveland – EUA. Instagram: @drpaolorubez

 

Também pode ler:

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !