Vãnia Duarte - Há Fado no Cais > 9 junho | CCB - Museu do Fado 9/6

Vânia Duarte apresenta-nos o seu novo disco, homónimo, editado pelo Museu do Fado. «Fados e canções de amor, apego e vulnerabilidade.

Vânia Duarte
Há Fado no Cais
Coprodução Centro Cultural de Belém, EGEAC/Museu do Fado


CCB . 9 junho . quinta-feira . 21h00 . Pequeno Auditório
(ao vivo e online na plataforma BOL)


Voz Vânia Duarte
Guitarra portuguesa Bruno Chaveiro
Viola João Domingos
Viola baixo José Ganchinho
Percussão Sertório Calado
Guitarra elétrica Eduardo Espinho

Vânia Duarte apresenta-nos o seu novo disco, homónimo, editado pelo Museu do Fado. «Fados e canções de amor, apego e vulnerabilidade. É um reflexo de perspetivas entre o sonho e realidade, a afirmação e a passividade! E deixamos a história acontecer», diz a fadista acerca deste álbum, com o qual se apresenta pela primeira vez como compositora.

Natural de Benavente, foi em Lisboa que Vânia Duarte se rendeu ao universo fadista. Integra o elenco fixo da Casa de Linhares há 18 anos, casa de fados em Alfama da qual entretanto se tornou proprietária. Neste disco, dá-nos a conhecer a sua história, inspirada em muitas noites de fado.

Vânia Duarte será acompanhada por Bruno Chaveiro na guitarra portuguesa — que é também o produtor do disco — João Domingos na viola de fado, José Ganchinho na viola baixo, Eduardo Espinho na guitarra elétrica e Sertório Calado na percussão.

Para assistir ao vivo no Pequeno Auditório do CCB, ou online, na plataforma BOL.

Vania Duarte - O Fado de Ser Fadista

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !