O que é e como tratar a infertilidade inexplicada?

Quando o sêmen masculino é considerado normal, enquanto a ovulação e as tubas uterinas na mulher também são, e um casal não consegue engravidar há mais de um ano, a infertilidade é considerada inexplicada, mas o tratamento é geralmente empírico

Quando o sêmen masculino é considerado normal, enquanto a ovulação e as tubas uterinas na mulher também são, e um casal não consegue engravidar há mais de um ano, a infertilidade é considerada inexplicada, mas o tratamento é geralmente empírico

São Paulo – Janeiro/2022 - Existem causas da fertilidade que são fáceis de serem identificadas, como a idade da mulher, condições de saúde como obesidade, ou maus hábitos de vida como tabagismo e alcoolismo, outras requerem exames mais específicos, como as condições do sêmen a reserva ovariana da mulher, mas ainda existem causas inexplicadas para a fertilidade. “Uma infertilidade é considerada inexplicada quando, após um casal tentar por mais de um ano a gravidez e passar por investigação médica, não é encontrada razão para a infertilidade. A ovulação e as tubas uterinas da mulher são consideradas normais e o sêmen do homem também, não há endometriose, endometrites ou alterações hormonais , metabólicas ou nutricionais que justifiquem a infertilidade. Alguns especialistas discordam dessa definição e recomendam a continuação de testes para outras causas. Outros especialistas, que aceitam a definição acima, recomendam começar tratamentos empíricos”, explica o Dr. Rodrigo Rosa*, especialista em reprodução humana e diretor clínico da Clínica Mater Prime, em São Paulo.

De acordo com o médico, dos casais com infertilidade, cerca de 10% são diagnosticados com infertilidade inexplicada após uma avaliação padrão. “Essa avaliação normalmente incluiria exames da trompa de Falópio, documentação da ovulação da parceira feminina e uma análise de sêmen com um número adequado de espermatozoides móveis para o parceiro masculino. Uma vez que nenhuma causa tratável é identificada no contexto de infertilidade inexplicada, o tratamento é necessariamente empírico”, explica o médico.

Os tratamentos comumente usados incluem estimulação ovariana com medicamentos orais para coito programado ou gonadotrofinas injetáveis com inseminação intrauterina. “A estimulação ovariana refere-se ao tratamento farmacológico com a intenção de induzir o desenvolvimento de vários folículos ovariano”, explica o médico. Outros tratamentos propostos para a infertilidade inexplicada incluem a inseminação intrauterina em ciclos estimulados

De acordo com o médico, a maioria dos estudos relata que a estimulação ovariana combinada com inseminação intrauterina foi associada a taxas de gravidez clínica mais altas do que os tratamentos isolados. “Para casais que não obtiveram sucesso em engravidar dessa forma, podemos seguir com a fertilização in vitro, um processo pelo qual os óvulos de uma mulher são removidos de seu corpo e, em seguida, fertilizados com espermatozoides  em um laboratório. A fertilização in vitro, também chamada de FIV, é um método comumente usado para ajudar casais com problemas de fertilidade a engravidar”, afirma o Dr Rodrigo Rosa. De qualquer maneira, segundo o especialista, se o casal não conseguir engravidar após um ano de tentativas, o melhor a fazer é procurar um médico especialista em Reprodução Humana para identificar as possíveis causas e iniciar o tratamento.

*DR. RODRIGO ROSA: Ginecologista obstetra especialista em Reprodução Humana e sócio-fundador e diretor clínico da clínica Mater Prime, em São Paulo. Membro da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA) e da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana (SBRH), o médico é graduado pela Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP/EPM). Especialista em reprodução humana, o médico é colaborador do livro “Atlas de Reprodução Humana” da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana.
Tags

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !