O que os cães podem ensinar aos jovens?

Não precisar mais obedecer aos humanos e viver livremente, sem regras. É o que deseja um grupo de treze cães em A Revolução dos Cachorros, nova aventura infantojuvenil escrita pelo professor e mestre em Literatura Comparada Antonio Sampaio Dória. Mas afinal, não é isso o que os jovens querem também? Liberdade?


O compromisso da Microsoft é se tornar negativa em carbono até 2030, e até 2050 remover do meio ambiente todo o carbono que a empresa emitiu. Professor e mestre em Literatura Comparada, Antonio Sampaio Dória trata dos dramas pré-adolescentes e a construção da maturidade em lançamento infantojuvenil


Não precisar mais obedecer aos humanos e viver livremente, sem regras. É o que deseja um grupo de treze cães em A Revolução dos Cachorros, nova aventura infantojuvenil escrita pelo professor e mestre em Literatura Comparada Antonio Sampaio Dória. Mas afinal, não é isso o que os jovens querem também? Liberdade?

Muito mais que uma história divertida, repleta de peripécias caninas, a obra tem o propósito de representar um dos períodos mais intensos e caóticos da vida: a pré-adolescência. Hormônios à flor da pele, crises e busca pela independência permeiam este enredo, carregado de referências aos típicos comportamentos e mudanças sentidas dos 9 aos 12 anos de idade.

Após sofrer uma grande decepção com a dona, a poodle Mimi resolve fugir e se junta com um grupo de cães insatisfeitos com os humanos. Sob a liderança de Capitão, um boxer policial, eles pretendem fazer uma revolução para viverem na floresta.

Nesta aventura, o grupo enfrenta cães silvestres malvados e luta pela sobrevivência. Em meio a tudo isso, ainda precisam lidar com o drama adolescente, o preconceito, más influências e drogas. Unidos e com boas ideias, eles conseguirão garantir a segurança de todos.

— O importante — prossegue Capitão — é que na Revolução todos sejam respeitados.
Já fomos muito humilhados pelos humanos, por isso devemos seguir certas regras:
todos terão um voto nas questões essenciais. Cachorro ou cadela, todos têm o mesmo
peso, independente do seu tamanho. (A Revolução dos Cachorros, p. 20)

A Revolução dos Cachorros manifesta aos pais e filhos a importância da pré-adolescência para a construção da maturidade durante a caminhada para a vida adulta. As ilustrações de Dannilu Rodrigues estimulam a imaginação de quem mergulha no enredo e dão vida às mensagens deixadas pelo autor.

Ficha Técnica:
Livro: A Revolução dos Cachorros
Autor: Antonio Sampaio Dória
Páginas: 163
Formato: 16x23 cm
Valor: R$ 39,00
Link de venda: Amazon e UmLivro

Sinopse: O que você faria se tivesse de obedecer a seus donos e nunca realizar as próprias vontades? Um grupo de cachorros resolve mudar tudo e fazer uma Revolução. Um acontecimento inesperado na vida de Mimi, uma poodle, faz com que busque liberdade e independência, decisão que rende grandes desafios. As aventuras que enfrentam - inimigos perigosos, os caprichos da natureza, a falta de comida -, sem contar os choques de personalidade, fazem com que todos aprendam sobre a vida e sobre as relações entre caninos. Afinal, os cachorros podem viver sem os seus donos ou não? Esta história, contada com humor, ação e reflexão, é uma resposta a essa pergunta.

Sobre o autor: Antonio Sampaio Dória é formado em Arquitetura e Artes Cênicas, e mestre em Literatura Comparada (FFLCH-USP). Atua como professor de Ensino Superior nas áreas de Língua Portuguesa, Redação e Roteiro. Já publicou outros cinco livros, sendo dois juvenis: Um Amigo Inesquecível (Atual) e Ariana e Arion, as Bruxas do Rio. Também publicou O Preconceito em Foco (Paulinas), uma análise de como o tema preconceito é tratado em obras literárias infanto-juvenis.

Redes Sociais:
Facebook: blogselivros
Tags

Enviar um comentário

0 Comentários
* Só falta o seu comentário! O autor agradece.

buttons=(OK) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !