Patrick Watson revela “A Mermaid in Lisbon” - Portal Splish Splash

Recentes

terça-feira, outubro 05, 2021

Patrick Watson revela “A Mermaid in Lisbon”

“Então, tenho música nova para vocês… a inspiração para estas três peças veio da última vez que caminhei pelas ruas de Lisboa. É o meu lugar favorito para passear; geralmente parece que as ruas estão cantando este maravilhoso som melancólico para a sua caminhada, que o puxa para pequenas estradas sinuosas, as quais fazem você sentir que vai se perder e nunca mais voltar. Daí o título de sereia. É um lugar incrível e foi o único lugar no mundo de que mais senti falta durante a quarentena...


OUÇA AQUI


“Então, tenho música nova para vocês… a inspiração para estas três peças veio da última vez que caminhei pelas ruas de Lisboa. É o meu lugar favorito para passear; geralmente parece que as ruas estão cantando este maravilhoso som melancólico para a sua caminhada, que o puxa para pequenas estradas sinuosas, as quais fazem você sentir que vai se perder e nunca mais voltar. Daí o título de sereia. É um lugar incrível e foi o único lugar no mundo de que mais senti falta durante a quarentena.


Ainda jovem, descobri Teresa Salgueiro no grande filme de Wim Wenders “Lisbon Story” e, desde então, a sua música com Madredeus me acompanhou em muitas caminhadas pelo mundo. A música dela teve um grande impacto em mim, então foi divertido ter o privilégio de convidá-la para cantar nessa canção. Sempre achei o português uma língua musical tão rica e bela, e é uma honra que Teresa tenha emprestado sua beleza a essas canções. Mishka e eu fomos muito sortudos em ter Teresa encontrando a tradução certa para “Se Tu Soubesses” nascer.


Participando dessas faixas está o Attacca Quartet de Nova York. Eu os descobri através da música de Caroline Shaw. Acho que eles tocam com um tom muito original e uma emoção crua e comovente, sejam as partes simples ou complicadas. Fiquei muito feliz por ter a chance de trabalhar com eles.


Nós também somos muito gratos a Keeyana (Teenadult) por fazer uma bela capa para as canções.


Nos últimos dois anos, passei muito tempo pesquisando música eletrônica e modular, e a terceira peça "Can't Stop Staring at the Sun" é uma celebração de todas as ótimas coisas que tenho ouvido.


Além disso, de agora em diante, explorarei o lançamento de músicas em três faixas. É uma das estruturas mais históricas de peças longas. É longo o suficiente para criar um mundo, mas curto o suficiente para as pessoas ouvirem neste mundo moderno. Acredito que dá ao artista muito mais liberdade do que um álbum tradicional, e acredito que é um formato interessante para explorar. Todos nós ouvimos conteúdos mais curtos por causa das mídias sociais e, ao longo da história, a duração das peças, a estrutura de ideias e os métodos de lançamento de música mudaram - dos poemas sinfônicos de Franz Liszt à música para móveis de Erik Satie, e a mudança de Vinil de 45 RPM para CD. A maneira como compartilhamos música sempre teve um impacto em como os músicos abordam a composição de suas obras.


Para ser honesto, estou muito orgulhoso dessas músicas e só queria fazer algo que fosse doce e que fizesse as pessoas se sentirem bem, já que tem sido um ano tão difícil. ”

– Patrick Watson


Patrick Watson online

Website | Facebook  | Twitter  | Instagram

 

Arte da foto por Teenadult – Design Gráfico por Nathan Nardin 

Nenhum comentário:

Postar um comentário