Roberto Carlos e Tim Maia – O Grande Encontro (4) - Portal Splish Splash

Recentes

quinta-feira, setembro 02, 2021

Roberto Carlos e Tim Maia – O Grande Encontro (4)

 

Esta edição da série “... O grande Encontro” traz a voz potente de um personagem polêmico e irreverente, mas de talento reconhecido, sendo considerado um dos maiores intérpretes do Brasil. Grande inovador da música brasileira e criador de uma extensa lista de sucessos. Ele é o cantor, compositor e instrumentista Sebastião Rodrigues Maia, o Tim Maia, que veio ao mundo em 28 de setembro de 1942, no Rio de Janeiro, e faleceu em 15 de março de 1998, na cidade de Niterói (RJ).




Esta edição da série “... O grande Encontro” traz a voz potente de um personagem polêmico e irreverente, mas de talento reconhecido, sendo considerado um dos maiores intérpretes do Brasil. Grande inovador da música brasileira e criador de uma extensa lista de sucessos. Ele é o cantor, compositor e instrumentista Sebastião Rodrigues Maia, o Tim Maia, que veio ao mundo em 28 de setembro de 1942, no Rio de Janeiro, e faleceu em 15 de março de 1998, na cidade de Niterói (RJ). 

Ficou também conhecido como “Síndico”, quando foi homenageado por Jorge Ben Jor, na música “W/ Brasil”, lançada em 1990.  “ ... Jacarezinho! Avião!/  Jacarezinho! Avião!/ Tira essa escada daí/ Essa escada é pra ficar aqui fora/ Eu vou chamar o síndico/ Tim Maia! Tim Maia! Tim Maia!...”, diz a letra.

A história entre Roberto Carlos e Tim Maia é bem antiga. No ano de 1957, Tião (como era chamado na época) e Roberto Carlos formaram, juntamente com Arlênio Lívio e Wellington Oliveira, o conjunto Os Sputinicks. 

O nome artístico Tim foi dado por Carlos Imperial, quando o cantor foi convidado para ingressar no Clube do Rock, que era comandado pelo Imperial.

No final dos anos sessenta Tim Maia entregou a Roberto Carlos a canção “Você”, mas o rei não quis gravar.  Roberto, então, pediu a Tim que fizesse uma canção mais agressiva sobre um cara que não quer mais continuar o relacionamento. Foi aí que Tim compôs o soul “Não Vou Ficar”. Roberto gostou e incluiu no seu álbum de 1969. A canção que foi recusada pelo rei foi oferecida a Eduardo Araújo, que gravou em 1969.

No ano de 1980, Tim Maia e Roberto Carlos participaram de um mesmo disco, mas em faixas diferentes. Foi no álbum “Erasmo Carlos Convida”, que contou com outras participações especiais. Coube a Tim Maia, junto com Erasmo Carlos cantar “Além do Horizonte”, enquanto Roberto e Erasmo interpretaram “Sentado à Beira do Caminho”.

Passadas quase duas décadas da gravação da única canção de Tim Maia na discografia do rei, o cantor recebeu de Roberto o convite para participar do seu Especial de Fim de Ano (1985). Neste encontro histórico os dois interpretaram a canção “Pede a Ela” de Carlos Colla e Ed Wilson, um dos grandes sucessos daquele ano na voz de Tim Maia. Assista no vídeo abaixo o desempenho da dupla.

“O gordinho cantava né, bicho. O gordinho dava um banho né”. Comentou Roberto Carlos com Erasmo Carlos.

Pede a ela
Carlos Colla e Ed Wilson - 1985

Pede a ela pra ligar pra mim
Diz a ela que apesar de tudo eu não mudei
Um milhão de vezes eu liguei
E ela manda responder que não está

Diz a ela que me viu chorar
Você pode usar o argumento que quiser
Tenta tudo aquilo que puder (Roberto diz quiser)
Pede a ela pra voltar pra mim

Diz que eu agora ando
Solitário e sem amor
Que você só procurou por ela
Porque viu a minha dor

Diz a ela que eu estou sozinho
E vou sofrer
Meu orgulho já se acabou
Minha vida se modificou
Não dá pra segurar

Pede a ela pra ligar pra mim
A saudade tá batendo, tá ruim
Pede a ela pra ligar pra mim
Já não posso mais viver assim


*Carlos Marley

Nasceu na cidade de Fortaleza, capital do estado do Ceará – Brasil, onde reside. Formado em Ciências Contábeis, pela Universidade Federal do Ceará, com especialização em Auditoria. Auditor Fiscal aposentado da Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará. Leia Mais sobre o autor...


Roberto Carlos & Tim Maia - Pede a Ela (RC Especial 1985)

Nenhum comentário:

Postar um comentário