Novidades

quinta-feira, abril 01, 2021

Jovem escritor cita próprio livro em Redação do ENEM e tira 980

O brasiliense e influenciador digital Umberto Mannarino, que possui canal de educação no YouTube com aproximadamente 1 milhão de seguidores, realizou prova do Enem no começo do ano. A curiosidade é que na redação ele citou livro de sua própria autoria, “Das Cinzas de Onira”, lançado no primeiro semestre do ano passado, e alcançou a considerável nota de 980.


Umberto Mannarino possui canal no YouTube com aproximadamente um milhão de seguidores e citou o próprio livro de fantasia, "Das Cinzas de Onira"


O brasiliense e influenciador digital Umberto Mannarino, que possui canal de educação no YouTube com aproximadamente 1 milhão de seguidores, realizou prova do Enem no começo do ano. A curiosidade é que na redação ele citou livro de sua própria autoria, “Das Cinzas de Onira”, lançado no primeiro semestre do ano passado, e alcançou a considerável nota de 980. Ele explica que não foi algo planejado, mas que ao abrir a prova enxergou a oportunidade.


Um dos pontos mais interessantes da redação do ENEM é que a banca exige o uso de repertório sociocultural para a defesa do ponto de vista. O repertório pode ser quase tudo, desde citações filosóficas até referências mais populares, como filmes, livros e séries.


“Sempre brinquei com os meus amigos que seria divertido caso a Redação cobrasse algum tema explorado no meu livro. Então no dia do ENEM, quando abri a prova e vi o tema ‘Estigmas associados a doenças mentais’, eu abri um sorriso enorme, porque ‘Das Cinzas de Onira’ gira em torno justamente desse eixo temático”, explica. “A história foi inspirada em livros e filmes como Alice no País das Maravilhas, O Labirinto do Fauno e A Viagem de Chihiro, que provocam o leitor a se questionar o que é real e o que é fantasia. Ao concluir a leitura de Onira, a dúvida permanece: ‘Será que tudo foi real ou só fruto de uma alucinação da protagonista? Ela tem mesmo uma doença mental?’. Não poderia haver tema melhor para citar o livro”, complementa.


 Em 5 anos prestando Enem, Umberto Mannarino obteve neste ano sua melhor nota. “Meu recorde anterior havia sido 814 no ENEM 2018, mas neste ano fiquei com 836,7. Acertei 87 das 90 questões de Exatas, gabaritei a prova de Matemática e alcancei a nota máxima dessa área no Brasil: 975,0”.


A vista pedagógica da Redação do Enem ainda não foi liberada, mas Umberto procurou em seu rascunho e entre muitos rabiscos conseguiu decifrar o parágrafo de introdução (tema: estigmas associados a doenças mentais no Brasil).


“O livro ‘Das Cinzas de Onira’, de Umberto Mannarino, retrata os efeitos nocivos que doenças mentais não tratadas podem ter na vida das pessoas. Na história, Olívia, de 10 anos, sofre com o fato de a família cortar relações com seu pai, portador de esquizofrenia, sob alegações infundadas de que ele poderia fazer mal à própria filha. Apesar de ficcional, o romance entra em sintonia com a nefasta perpetuação do estigma associado a essas enfermidades no Brasil, já que a ausência de diálogo acerca do assunto com a população e o negacionismo de muitos perante o fato ampliam as consequências perversas que os estereótipos infligem na vida de milhões de brasileiros”.


O ano de 2020 foi de muito aprendizado, trabalho e solidariedade para o jovem. “Em 2020 eu trabalhei como nunca. No início do ano, quando pandemia ainda era algo que só se ouvia falar no noticiário, estruturei um curso completo de Matemática, Física, Química e Biologia para o ENEM. As aulas alcançaram um número enorme de pessoas, então me dediquei ainda mais a produzir conteúdo de estratégias, aulas, macetes e tudo que estivesse ao meu alcance para apoiar quem me acompanha nas redes sociais. É muito satisfatório sentir que seu trabalho contribui para a sociedade. Faz todo o esforço valer a pena”, finaliza.


Mais Sobre Umberto Mannarino:


Embora tenha somente 24 anos, já soma muita experiência de vida e, é claro, de estudo. Criou há 9 anos o canal “Exatas Exatas” com a missão de ajudar alunos com dificuldade nas matérias de Exatas, do Ensino Médio. Com o tempo, acabou tomando proporções maiores que o imaginado. Atualmente são quase 1 milhão de inscritos e 50 milhões de visualizações ao total. Hoje, o YouTuber, estudante e empreendedor, se dedica a todo tipo de conteúdo educacional voltado ao público jovem, com foco em Redação e ENEM. Com um estilo descontraído próprio, tem uma relação estreita com o público jovem por transmitir os assuntos de maneira informal e divertida. Sua missão com o canal é educar, entreter e mostrar que todos são capazes de feitos extraordinários quando despertam a paixão pelo conhecimento.


“Já passei por muitos cursos antes de me encontrar. Aos 17 anos, passei em 2º lugar geral na UnB para cursar Química. Fui aceito em um programa de bolsa do governo japonês (Monbukagakusho), e aos 18 anos fui para o outro lado do mundo continuar os estudos de Química. Precisei abrir mão da bolsa e voltar para o Brasil. Fiz então um semestre de Fotografia e 1 ano e meio de Psicologia”, relata Mannarino.


Nesse período também descobriu uma nova paixão: a escrita. Foi então que começou a escrever um livro de ficção. “Imaginei que Jornalismo teria mais a ver com esse lado escritor. Mudei de Brasília para São Paulo para começar Jornalismo, mas logo percebi que o curso tinha um perfil muito mais técnico que realmente artístico, então me transferi para o curso de Publicidade e Propaganda, onde estou até hoje. Acho que depois de 5 cursos eu finalmente me encontrei”.


O início do canal também foi bem inusitado. Umberto sempre gostou de Exatas, e alguns colegas recorriam a ele quando não entendiam algum assunto de Matemática, Física ou Química. “Era incrível poder transmitir o que eu sabia e sentir que eles conseguiam entender com a minha explicação. Isso sempre me deixou feliz.” Foi quando em dezembro de 2012 decidiu criar o canal.


“Era dezembro de 2012 quando criei o ‘Exatas Exatas’, então naturalmente todos já estavam de férias, e não tinha ninguém ao vivo para explicar. Por algum motivo, resolvi comprar uma camerazinha e gravar vídeos de movimento retilíneo uniforme para o YouTube. Isso na véspera de Natal, a propósito. Eram poucos os que gravavam videoaulas na época, então era realmente uma sensação bem estranha a de falar sozinho. Mas por algum motivo eu continuei gravando, e gravando, e gravando. E o canal tomou proporções maiores do que eu imaginaria”.


Umberto acredita que esse interesse do público pelo seu canal seja pelo fato de também ser um estudante, e dessa forma as pessoas acabam desenvolvendo empatia. “Sou tão estudante quanto qualquer um que assista aos meus vídeos. Então eu passo pelas mesmas situações de ter branco, cair em pegadinhas, errar questões... tudo. Mas eu sempre procuro transformar os erros em lições. E o mais importante de tudo é não levar as coisas tão a sério. Eu dou risada de mim mesmo, faço piada, e é assim sempre. Gosto de pensar no canal como uma grande comunidade em que um ajuda o outro e todos aprendem juntos”.


Mannarino é multitarefas, e cuida de tudo relacionado ao canal sozinho. “Gravo, edito, crio as miniaturas, posto... tudo. Cansa, mas é gratificante ver que o vídeo finalizado ficou exatamente como eu imaginava. E o feedback positivo dos inscritos deixa tudo 1000 vezes melhor”.


Canais oficiais:

Canal no Youtube

Instagram: @umberto.mann


 TUDO DE MATEMÁTICA BÁSICA - Aulão Completo (Umberto Mannarino)

Nenhum comentário:

Postar um comentário