Franco Galvão lança concerto "Um Ano de Solidão" - Portal Splish Splash

Recentes

sexta-feira, fevereiro 12, 2021

Franco Galvão lança concerto "Um Ano de Solidão"

Franco Galvão é conhecido por sua capacidade de entrega à sua arte e de se expressar de maneira sutil e envolvente. Em “Um Ano de Solidão”, o músico interpreta além de uma canção de sua autoria, obras do repertório de violão solo brasileiro de difícil execução, selecionadas durante o período de isolamento, por conta da pandemia, que dialogam com a temática da solidão e da intimidade.

Músico mergulhou no autoconhecimento durante a pandemia para criar sua obra, que foi contemplada pelo Proac Editais Expresso Lei Aldir Blanc da Secretaria do Governo do Estado de São Paulo


Franco Galvão é conhecido por sua capacidade de entrega à sua arte e de se expressar de maneira sutil e envolvente. Em “Um Ano de Solidão”, o músico interpreta além de uma canção de sua autoria, obras do repertório de violão solo brasileiro de difícil execução, selecionadas durante o período de isolamento, por conta da pandemia, que dialogam com a temática da solidão e da intimidade. O espetáculo explora o sentimento paradoxal e nasce do mergulhar no abismo de si, enquanto o grande desejo é querer encontrar o outro.


“Um Ano de Solidão” acontece de 3 a 30 de março, com apresentações on-line, em cidades como São Paulo, Caçapava, São Carlos, Campos do Jordão, São Sebastião, Valinhos, Leme, Ribeirão Preto e Campinas, pelas plataformas do Facebook ou YouTube.


Dono de um talento ímpar, Franco conquistou vários prêmios ao longo da profissão, entre eles, fazer uma residência artística e gravar um disco no internacionalmente reconhecido Rainbow Studio, em Oslo, na Noruega, e o mais recente, obtido com “Um Ano de Solidão”, foi ser contemplado pelo Proac Editais Expresso Lei Aldir Blanc da Secretaria do Governo do Estado de São Paulo.


Ao celebrar uma década de carreira musical, o artista se despe de máscaras e se dedica a novas aspirações. “Um dos maiores desafios para um músico é se apresentar solo. Talvez para tudo na vida, estar sozinho é desafiador. É uma mistura entre se conhecer, saber dos próprios medos, e se entregar completamente, para assim encontrar o mais íntimo, como numa epifania”


Durante o espetáculo, além de desfrutar de músicas da mais alta qualidade, o público terá ainda a oportunidade de conhecer a trajetória do artista.


Para ter acesso ao concerto “Um Ano de Solidão”, basta entrar nas plataformas digitais dos espaços culturais.


Confira a programação:

03/03 – Quarta-feira, às 19h - Estação Casa Amarela, Caçapava - via Facebook

12/03 – Sexta-feira, às 19h - Escola Allegro, São Carlos - via Facebook

14/03 – Domingo, às 11h - Auditório Cláudio Santoro, Campos de Jordão - via Facebook

16/03 – Terça-feira, às 19h - Circo Navegador, São Sebastião - via YouTube

17/03 – Quarta-feira, às 19h - Armazém Baixada, Ribeirão Preto – via Facebook

20/03 – Sábado, às 19h - Espaço Luiz Ferreira, Valinhos - via Facebook

23/03 – Terça-feira, às 19h - Cine Avenida, Leme - via Facebook

24/03 – Quarta-feira, às 19h - Adunicamp, Campinas - via Facebook

28/03 – Domingo, às 19h - Selo musical Borandá, São Paulo - via YouTube

30/03 – Terça-feira, às 19h - Instituto Favela da Paz, São Paulo - via YouTube


Um cheirinho a Franco Galvão



Sobre o artista
Franco Galvão Villalta, nasceu no dia 16 de outubro de 1987, na cidade de Caçapava, interior de São Paulo. A música sempre foi uma de suas maiores paixões. Cursou Violão Popular no curso de Música do Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas. Estudou violão de sete cordas, arranjo e composição, fez aulas particulares de Bateria, e participou da aula Band, no Amos Alonso Stagg High School, em Orland Park, Illinois, EUA. Em 2019, foi premiado pelo ProAC 2018 Internacionalização de Produções Artísticas com uma residência artística no Rainbow Studio, em Oslo, na Noruega, com o Duo Sagawa Galvão.
Músico eclético, Franco encabeçou diversos projetos ao longo de sua carreira. Foi ritmista da bateria da Escola de Samba Grêmio Recreativo Nenê de Vila Matilde; fez participação especial no show de Chico César na Virada Cultural Paulista em Campinas; foi contemplado pelo Programa de Ação Cultural para gravação e circulação de espetáculo inédito de música instrumental, o qual idealizou, tocou e produziu um disco de recolhimento e reinterpretação dos choros do maestro Guerra-Peixe, trabalho que recebeu arranjos de Jayme Vignoli e direção de Nailor Proveta e realizou apresentação em dueto com Nailor Proveta, no Auditório da Associação Docentes da Unicamp. Em 2019, com a cantora Ná Ozzetti e em parceria com Fernando Sagawa, concebeu, arranjou e tocou no projeto em tributo a Dominguinhos. Em 2021, com Duo Sagawa Galvão, lançará o disco “Espera”, em parceria com o selo Borandá, álbum gravado no Rainbow Studio, em Oslo, Noruega.

Nenhum comentário:

Postar um comentário