ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

12/18/2020

Juruaia faz jus ao epíteto de Capital da Lingerie apostando no virtual em busca de novos empreendedores

Juruaia é um case de sucesso ao mergulhar de forma profunda no ambiente virtual. Pioneira e conectada, realizou a primeira feira online de moda íntima, pijamas e fitness do país, a Felinju Online.


Ao se reinventar rapidamente por conta da pandemia, cidade mineira percebeu que negócios online são muito mais rentáveis que o antigo modelo presencial  


Em vias de completar 30 anos de atuação, o polo da lingerie de Juruaia, cidade mineira conhecida como a Capital da Lingerie, nunca teve um ano tão atípico quanto 2020. Assim como o mundo todo, com a chegada da pandemia, a cidade teve que se reinventar e rápido para continuar movimentando suas mais de 200 confecções.


Juruaia é um case de sucesso ao mergulhar de forma profunda no ambiente virtual. Pioneira e conectada, realizou a primeira feira online de moda íntima, pijamas e fitness do país, a Felinju Online. Organizou em 21 dias, tempo recorde, seu principal evento destinado a apresentar as novidades dos fabricantes juruaienses ao mundo da moda. Conseguiu tal feito ao ter mais de 95% de seu comércio com presença online, já estruturado muito antes da pandemia.


Criou oportunidade para suas empresas e deu oportunidade a milhares de revendedoras, lojistas e sacoleiras do país por ser o lugar ideal para quem deseja empreender no ramo da moda íntima. Assim, atingiu R$5milhões em novos negócios e registrou mais de 200 mil visitantes virtuais. O online superou o presencial.


Com recorde de vendas durante 2020 e estoques praticamente zerados, Juruaia se consagrou como uma das principais cidades do país responsáveis pela retomada da produção e crescimento. A “pequena gigante” é um orgulho de Minas Gerais.


A vocação empreendedora da cidade é significativa e hoje Juruaia é bastante requisitada por pessoas com essa mesma vocação para empreender. “Começar o próprio negócio pode parecer complicado, mas Juruaia, por meio das empresas e entidades, fornece apoio para novos empreendedores que estejam interessados em revender roupas íntimas, moda praia, pijamas e moda fitness”, afirma José Antônio da Silva, presidente da ACIJU - Associação Comercial e Industrial de Juruaia.


A cidade fornece moda íntima para pequenos e grandes lojistas do segmento, mas também acolhe revendedores. Afinal, quem se interessa em empreender, nem sempre tem condições de começar com uma loja ou ponto fixo, mas a revenda é uma realidade que rende bons resultados e não exige um investimento inicial tão elevado. Para mais informações, acesse: www.juruaiaoficial.com.br.


“Em 2021, o caminho já é certo. O online será o carro-chefe mais uma vez. A pandemia trouxe importantes lições quando se fala em empreendedorismo. Os olhos se abriram muito mais para o online e quem não havia embarcado nessa se viu na necessidade de ingressar e mergulhar nesse mar de oportunidades”, comenta Silva.


Para as pessoas que querem empreender em 2021, Juruaia estará de braços abertos aguardando e buscando esses empreendedores no online e no presencial também. Para aqueles que optarem pelo contato direto, a boa notícia é que a cidade acaba de conquistar o selo “Turismo Responsável”, concedido pelo Ministério do Turismo. Trata-se de um programa que estabelece boas práticas de higienização para cada segmento do setor.


O selo é um incentivo para que os consumidores se sintam seguros ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid-19, posicionando o Brasil como um destino protegido e responsável.


Sobre Juruaia – A Capital da Lingerie

A cidade de Juruaia, no Sudoeste de Minas Gerais, é considerada a capital da lingerie. A história inicia-se nas plantações de café, onde a maioria da população trabalhava nas lavouras. A economia foi crescendo e em meados de 1992, duas empresas deram início a produção de lingerie no município.

O incentivo ao empreendedorismo é uma das marcas da cidade, que tem 95% das confecções locais comandadas por mulheres. Essas empresas têm acompanhado as tendências nacionais, oferecendo bom preço, qualidade e design como diferencial. Assim, Juruaia se tornou uma das mais importantes fabricantes do país.

Segundo dados da ACIJU, ao todo, são mais de 200 confecções instaladas em Juruaia, que geram cerca de cinco mil empregos e vendem mais de 1,5 milhão de peças por mês. Anualmente, são produzidas aproximadamente vinte milhões de peças. Juruaia encontrou sua vocação, consolidando-se como a Capital da Lingerie. 

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo