Novidades

quarta-feira, dezembro 02, 2020

5 motivos para homens precisarem ter mais atenção nos cuidados com a pele, barba e cabelo no verão

Incidência maior de câncer de pele, oleosidade excessiva e problemas com cabelo e fios da barba também afetam os homens, que negligenciam mais os cuidados.

 

Incidência maior de câncer de pele, oleosidade excessiva e problemas com cabelo e fios da barba também afetam os homens, que negligenciam mais os cuidados. Saiba o que fazer


São Paulo – dezembro 2020 - Sabemos que a pele masculina é mais oleosa, há uma maior tendência à acne e isso pode piorar no verão. Mas os fios da barba e do cabelo também sofrem, por isso os homens devem ficar atentos: os cuidados com pele e pelo devem ser constantes. Abaixo, listamos os 5 principais motivos para os homens redobrarem os cuidados estéticos no verão.


*A incidência de câncer de pele é maior nos homens: Os dados sobre o câncer de pele no Brasil apontam que a doença tem maior frequência entre os homens. Além da genética, a principal causa do câncer de pele é justamente a falta de proteção contra os perigosos raios UV – um cuidado muito negligenciado pelos homens. Moramos num país tropical, mas a nossa pele pode sofrer com os índices altos de raios UV. “Principal responsável pelo envelhecimento precoce (manchas e rugas), o raio UVA é um tipo de radiação que atravessa nuvens, vidro e epiderme, é indolor e penetra na pele em grande profundidade, até as células da derme — sendo o principal produtor de radicais livres. Os raios UVA afetam a pele o ano todo, independente da estação. Esse tipo de radiação não é bloqueado totalmente com protetor solar e traz prejuízos, desde lesões mais simples até, em casos mais graves, câncer de pele”, afirma a Dra Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Já a radiação ultravioleta B deixa a pele vermelha e queimada, danificando a epiderme e é mais abundante entre as 10 da manhã e 4 da tarde. “Seu grau de proteção é medido pelo FPS e é uma radiação que pode furar o bloqueio dos filtros químicos e aumentar o risco de cancerização”, diz a médica. “Use sempre filtro solar, diariamente, independentemente da estação do ano”, afirma Isabel Piatti, Consultora Executiva em Estética e Inovação Cosmética e conselheira do Comitê Técnico de Inovação da Buona Vita. Para garantir a proteção solar com ação anti-idade, a Buona Vita conta com Solar Hidra Active, um protetor solar de FPS 30 e com ação anti-idade para rejuvenescer a pele. Nada substitui o protetor solar, mas você pode reforçar as defesas da sua pele por meio nutracêuticos, como Polipodium Leucotomos, Bio-Arct, Glycoxil, Vitamina C e FC Oral.


*A oleosidade excessiva pode piorar a acne: A pele do homem, de maneira geral, já produz mais gorduras porque ele tem as glândulas sebáceas maiores, principalmente em relação à face. “Além disso, temos a ação dos hormônios masculinos que são os grandes estimuladores da produção de gordura, dos ácidos graxos e que muitas vezes — quando produzidos em grande quantidade e de forma inadequada — acabam servindo para alimentar as bactérias da nossa pele, tornando-a mais congesta, mais gordurosa e com tendência à formação da acne”, afirma a dermatologista. Nessas circunstâncias, não é fácil controlar a produção de oleosidade da pele, mas é necessário ter cuidado com o que é chamado de efeito rebote. “O efeito rebote ocorre quando há um ressecamento excessivo da pele, o que estimula a produção da oleosidade”, explica o farmacêutico Maurizio Pupo, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Ada Tina Italy. A marca conta com a linha Depore, com os produtos Depore Clean, Depore Tonic e Depore Mat, que são ideais para controlar a oleosidade sem causar ressecamento excessivo.


*Negligência com a pele corporal pode trazer problemas – “Quando falamos em fotoproteção, não estamos apenas nos referindo ao uso do filtro solar. Mas um amplo conceito de proteção solar, que inclui chapéu, óculos escuros, e, principalmente para proteger o corpo, o uso de roupas com proteção UV”, afirma o dermatologista Dr. Daniel Cassiano, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. A falta de proteção no corpo, principalmente em fotoexposição direta na praia, no clube ou na piscina, pode causar queimadura solar. “Sintomas leves de ardência devem ser tratados com compressas geladas e a hidratação da pele diminui o tempo de vermelhidão. Em casos mais graves, é necessário o uso de corticoides tópicos. Queimaduras com bolhas devem ser avaliadas por médico”, diz o Dr. Daniel.


Os fios da barba sofrem mais – Assim como os cabelos, a qualidade dos fios da barba pode piorar durante o verão devido à exposição excessiva dos pelos faciais ao sol, mar e piscina. “Estes fatores causam o ressecamento dos fios, deixando-os quebradiços e opacos. A incidência dos raios UV, o cloro e a água salgada também podem oxidar os pigmentos dos fios, causando mudanças na coloração da barba. Por isso, é importante adotar alguns cuidados extras para manter a barba saudável durante o verão”, afirma o Dr. Lucas Fustinoni, médico tricologista, referência internacional em Tricologia e membro da World Trichology Society e da European Hair Research Society. “Além disso, o calor estimula a oleosidade da pele que, em excesso, pode afetar o crescimento da barba”, completa o médico. Lavar e manter a barba hidratada são dois passos fundamentais. No mercado, há produtos específicos como o Shampoo para barba Downtown, da B.URB, que limpa a barba, removendo o acúmulo de impurezas do dia-a-dia e tornando os fios mais fortes e saudáveis. Já o Óleo para barba Venice, da B.URB hidrata, revitaliza e amacia os fios instantaneamente, deixando a barba leve, com fios soltos e brilhantes.


*De olho no couro cabeludo – Apesar de ser um problema mais relacionado ao inverno, a dermatite seborreica, ou caspa, pode acometer o couro cabeludo durante todo o ano, inclusive no verão. “Essa patologia crônica inflamatória recorrente traz lesões descamativas importantes que coçam muito e frequentemente avançam para a pele. Pioram com o suor, com shampoos leitosos, cremosos ou perolizados. Ela pode provocar queda capilar na crise aguda e está muito relacionada ao estado emocional do paciente em questão”, diz a Dra. Claudia. O tratamento requer diagnóstico realizado por dermatologista para a indicação de tratamentos, que podem ser com loções e shampoos à base de ácido acetilsalicílico, piritionato de zinco, cetoconazol, Calêndula, Camomila e Melaleuca e às vezes indicado o uso de corticoides para o controle inflamatório na crise aguda e severa. “Tônicos com Defenscalp, que preserva a microbiota do couro cabeludo, podem ser indicados”, finaliza a médica Dra. Claudia.

 

FONTES:

*DRA. CLAUDIA MARÇAL: Dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). Professora e fundadora do Dermacademy MB, plataforma online de ensino a dermatologistas, a médica é speaker Internacional da Lumenis, maior fabricante de equipamentos médicos a laser do mundo; e palestrante da Dermatologic Aesthetic Surgery International League (DASIL). Possui especialização pela AMB e Continuing Medical Education na Harvard Medical School. É proprietária do Espaço Cariz, em Campinas - SP.

*DR. DANIEL CASSIANO: Dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Cofundador da clínica GRU Saúde, o Dr. Daniel Cassiano é formado pela Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e Doutorando em medicina translacional também pela UNIFESP. Professor de Dermatologia do curso de medicina da Universidade São Camilo, o Dr. Daniel possui amplo conhecimento científico, atuando nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e cosmiátrica.

*DR. LUCAS FUSTINONI: médico tricologista, referência internacional em Tricologia e membro da World Trichology Society, da European Hair Research Society, da Ukranian Hair Research Society, da Sociedade Italiana de Tricologia e da Associação Argentina de Tricologia. Graduado em Medicina, Dr. Lucas Fustinoni é divulgador científico de Tricologia e Estética, Fellowship de Estética em Miami, e possui o maior canal do Youtube do mundo sobre Tricologia e Estética.

*ISABEL LUIZA PIATTI: Consultora Executiva em Estética e Inovação Cosmética, especialista em Estética e Cosmetologia, conselheira do Comitê Técnico de Inovação da Buona Vita, embaixadora do CIA - Centro e Instituto Internacional de Aprimoramento e Pesquisas Científicas, e Membro do Conselho Científico da Academia Brasileira de Estética Científica – ABEC. Profissional Aisthesis. Tecnóloga em Estética e Imagem Pessoal. Técnica em Estética. Pós-Graduanda em Estética e Exercício Físico na Saúde da Mulher. Especialista em Cosmetologia. Especialização em Escolas de Estética e Terapias Alternativas na Europa, na área Facial, Corporal e Bem-Estar. Palestrante no VI Congresso Mundial de Medicina Estética da IAAM/ASIME. Palestrante em Congressos da área da Saúde Estética Nacionais e Mundiais. Consultora técnica de revistas e sites da área de Beleza e Estética. Autora dos Livros “Biossegurança Estética & Imagem Pessoal – Formalização do Estabelecimento, Exigências da Vigilância Sanitária em Biossegurança” e “Gestantes: Cuidados Estéticos Durante a Gravidez”.*

MAURIZIO PUPO: farmacêutico, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Ada Tina Italy.

Nenhum comentário:

Postar um comentário