ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

10/28/2020

Funcionário para o Público

Pois é, somos criticados e chamados de “preguiçosos” por aqueles que não conseguiram aprovação em concurso público.


Por Prof. Paulo Lopes*


Dia 28 de outubro é comemorado o Dia do Funcionário Público, sabe aquela classe profissional que está acabando com o Brasil? 


Pois é, somos criticados e chamados de “preguiçosos” por aqueles que não conseguiram aprovação em concurso público. Dizem que colocamos o casaco na cadeira no início do expediente e voltamos para pegá-lo no final do dia. Somos criticados pelo presidente como os culpados pela crise econômica e pela crise previdenciária, pois recebemos altos salários.


Como resultado disso, perdemos vários direitos e o respeito da sociedade, contudo não deixaremos de realizar o nosso trabalho com excelência, pois nosso trabalho nada mais é do que devolver para a sociedade o valor do imposto pago em forma de serviços. E isso, se depender de nós, será muito bem devolvido!


Tenho o privilégio de, além de ser Funcionário Público, atuar na minha área de formação (Profissional de Educação Física) e trabalhar em um município que valoriza o esporte e me proporciona as melhores condições para realizar o meu trabalho. Tenho orgulho em dizer que faço parte de uma gestão que entende a importância que o esporte tem como ferramenta de transformação social e em constatar que recebemos público das mais variadas classes sociais e níveis econômicos. Sinal de que a procura pelo nosso serviço não é consequência da gratuidade, mas sim da qualidade do serviço prestado.


Sociedade, entenda que, independentemente do resultado das urnas, estaremos aqui realizando o nosso trabalho para o desenvolvimento do município, estado ou país. E que, se assumimos uma posição político partidária, é porque somos valorizados e recebemos o apoio dos gestores públicos para executarmos o nosso trabalho, tendo a certeza de que o dinheiro público está sendo bem aplicado. ”Nesse momento, exercemos um privilégio que nenhuma empresa do setor privado proporciona, o direito de escolher o próprio “chefe”.


Parabéns, aos colegas que garantiram a sua vaga no serviço público através de muito estudo e dedicação e hoje desempenham as suas funções com competência e comprometimento.


*Professor Esp. Paulo Lopes
- CREF:3080 G/RS
- Graduado em Educação Física (UFRGS 2001)
- MBA em Gerenciamento de Projetos (UNILASALLE 2015)
- Pós MBA em Inteligência Emocional nas Organizações (UNILASALLE 2019). Leia Mais sobre o autor...

1 comentário:

  1. Professor Paulo, parabéns pelo texto e pela homenagem a todos funcionários públicos.

    ResponderEliminar

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo