ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

10/06/2020

CCB Lisboa | BeethovenFest pelo DSCH – Schostakovich Ensemble - 08/10

SCH – SCHOSTAKOVICH ENSEMBLE - BEETHOVENFEST - CCB Lisboa



SCH – SCHOSTAKOVICH ENSEMBLE

BEETHOVENFEST


Piano e direção artística Filipe Pinto-Ribeiro

Clarinete Pascal Moraguès

Violoncelo Adrian Brendel


CCB ▪ 8 outubro ▪ quinta-feira ▪ 19h ▪ Pequeno Auditório


Para celebrar os 250 anos do nascimento daquele que para muitos é considerado o maior compositor da História, o DSCH – Schostakovich Ensemble propõe o concerto BeethovenFest no qual apresenta, em pré-lançamento, o novo álbum dedicado a Ludwig van Beethoven e que inclui os seus dois Trios para Piano, Clarinete e Violoncelo, Opus 11 e 38.


O Trio Opus 11 foi composto em 1798 e é apelidado de Gassenhauer devido ao seu andamento final ser um conjunto de variações sobre um tema muito popular da ópera de Joseph Weigl, L’amor marinaro («Gassenhauer» significa canção popular). O carácter é bem-disposto e humorístico, incluindo inúmeras surpresas harmónicas e rítmicas, mas há também passagens onde encontramos uma atmosfera dramática. O Trio Opus 38, também apelidado Grand Trio, foi composto entre 1802 e 1803 e é uma adaptação de Beethoven para piano, clarinete e violoncelo, do seu famoso Septeto Opus 20, uma obra-prima cheia de otimismo e fantasia.


Para este concerto, e para o novo álbum do DSCH – Schostakovich Ensemble, o seu diretor artístico e pianista, Filipe Pinto-Ribeiro, conta com a companhia de dois dos músicos aclamados no panorama internacional: o clarinetista francês Pascal Moraguès e o violoncelista britânico Adrian Brendel.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo