ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

10/27/2020

Beijo de borboleta: uma investigação policial quase indecifrável

“Beijo de borboleta”, livro de estreia da escritora Vanessa Guimarães


Suspense da escritora Vanessa Guimarães leva leitores para caso de desaparecimento de uma criança no bairro nobre de Florianópolis


“Beijo de borboleta”, livro de estreia da escritora Vanessa Guimarães, apresenta a detetive Joanna Guivel, que vai até um bairro nobre de Florianópolis para resolver um caso de desaparecimento aparentemente indecifrável. Com lançamento agendado para a 1ª edição da FLISP (Festa Literário de São Paulo), dia 08 de novembro de 2020, a obra se propõe a levantar reflexões por meio de um suspense carregado de revelações.


A história gira em torno do caso de Nicole, uma criança de 5 anos que repentinamente sumiu durante a madrugada dentro da própria casa. A família da pequena tem o histórico exposto na mídia e a população pressiona Vicent Aquires, o investigador responsável, por respostas. Encontrando dificuldades, inspetor solicita a ajuda da renomada detetive Joanna Guivel, que a medida que vai descobrindo as brechas do mistério, traz à tona traumas relacionados a um drama familiar.


Inspirada em grandes nomes da literatura, como Agatha Christie, Tess Gerritsen, C.J. Tudor, a autora Vanessa Guimarães apresente seu alter ego na protagonista: “Talvez tenha dado vida a uma versão de mim mesma por essa necessidade de viver de forma tão intensa.”, disse em entrevista ressaltando a forma intelectualmente brilhante que Joanna Guivel utiliza para conquistar espaço e romper barreiras sem perder a sensibilidade.


“Beijo de borboleta” é o primeiro livro de Vanessa Guimarães, mas a escritora afirmou que Joanna Guivel estará presente em outras narrativas.


Sobre o livro

Quando o repentino desaparecimento de uma criança choca a população de Florianópolis, a imprensa aproveita o histórico familiar da vítima para estampar as manchetes com matérias sensacionalistas. Pressionado a alcançar resultados em um caso popularmente conhecido, o investigador responsável se vê obrigado a pedir ajuda a Joanna Guivel, que chega à cidade especialmente para ajudá-lo a elucidar os fatos. Rapidamente, a renomada detetive mergulha no complicado crime e, conforme as peças vão se encaixando em sua mente com uma precisão cirúrgica, ecos de traumas pessoais se unem a mentiras, segredos, traições e mortes, fazendo-a perceber que até anjos podem esconder demônios dentro de si.


Sobre a autora

Vanessa Guimarães nasceu em 1975, no Rio de Janeiro. Sempre viveu entre investigações, pesquisas e diagnósticos, mas não como detetive ou perita — um sonho da adolescência, quando já era fã dos romances policiais —, e sim como biomédica. Leitora voraz desde criança, sempre soube que seu fascínio pela literatura policial traria algo grandioso à tona, o que se concretizou com seus escritos. Atualmente, reveza sua moradia entre o Brasil e Portugal, atuando como biomédica no Rio de Janeiro e como escritora em Lisboa. Beijo de borboleta é sua publicação de estreia, e foi a maneira encontrada pela autora para dar vida à brilhante detetive Joanna Guivel, seu alter ego.


Rede social

Instagram: @vanessaguimaraesv

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo