ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

10/10/2020

Adeus, chupeta: desafio de deixar hábito ganha aliado

Tem um jeito mais fácil para deixar a chupeta? A escritora e publisher Maíra Lot Micales garante que sim!


Tem um jeito mais fácil para deixar a chupeta? A escritora e publisher Maíra Lot Micales garante que sim!


Uma historinha lúdica e bem divertida sobre muitas caretas e um menino corajoso vai ajudar os pequenos nesta desafiadora transição. Careta pra chupeta!, lançamento do selo Caminho Suave, do Grupo Editorial Edipro, faz uma brincadeira com personagens “careteiros” como a Tia Julieta e o Tio da escola, além de apresentar um garotinho fofo que tem uma ideia genial para não usar mais chupetas. A obra dois em um, também apresenta um guia feito por especialista em odontopediatra para que os pais e cuidadores possam auxiliar as crianças nesse processo.


Depois do sucesso do seu primeiro livro da Coleção Crescidinhos: Cocô, Xixi e Pum – que auxilia no desfralde – Maíra colocou todo o seu conhecimento com a maternidade e como editora para lançar mais um livro para pais e filhos. “Como mãe, sei da correria que passam os pais e os cuidadores. Quem cuida precisa de algo prático, por isso o guia fundamentado com orientações aos pais. E para a criança, ler a historinha no processo para tirar a chupeta ou a fralda é algo que funciona. Eles pedem para os pais lerem várias vezes e, quando menos se espera, a mudança acontece”, revela Maíra, ao descrever o contato dos pequenos com os livros.


Com coloridas ilustrações de Samanta Flôor, a obra infantil empodera o menino para sua mudança de hábito e mostra como o amor dos amigos e da família é importante para ajudar nos desafios. “O exemplo de coragem do menino vai encorajar outros pequenos a abandonarem o hábito de uma forma lúdica e consistente”, admite a autora. “E ainda arrancar muitos risos (e talvez caretas) dos leitores”, completa.


Guia completo para os pais


É certo que o objeto da chupeta conforta muitos bebês agitados, mas o uso prolongado ou banalizado pode levar a problemas dentários e a outros riscos de doenças, conforme explica o odontopediatra Daniel Korytnicki, que escreveu, ao final da obra, um guia completo para auxiliar pais e crianças neste importante processo.


Educativo e ilustrado, Careta pra chupeta! traz uma introdução sobre a importância do reflexo de sucção quando bebê e a decisão dos pais de oferecerem ou não a chupeta. Além disso, conta com regras para não banalizar o uso do objeto e dicas de higienização; as vantagens e desvantagens; qual idade é indicada abandonar o hábito com o passo a passo e orientações para pais de crianças maiores de dois anos.


Ficha técnica

Editora: Caminho Suave

Gênero: Literatura infantil

ISBN: 978-65-86742-01-5

Edição: 1ª edição, 2020

Formato: 24 x 24 

Páginas: 32

Preço: R$ 39,90 

Link de venda: Amazon


Sinopse: Era só eu estar com a chupeta na boca que todo mundo fazia careta pra mim! Tanta cara feia me fez ter uma ideia: guardar em uma caixinha todas as chupetas que eu encontrasse. Será que agora vão acabar as caretas? Reúna coragem e embarque você também nesta aventura! Dentistas e pediatras concordam que o uso prolongado da chupeta causa danos ao desenvolvimento da criança. Inspirado na vivência que a autora teve como mãe e com um guia assinado pelo odontopediatra doutor Daniel Korytnicki, este livro vai arrancar risos (e talvez caretas!) do pequeno leitor e ajudá-lo a ver que pode ser muito fácil dar adeus às chupetas.

 

Sobre a autora: Maíra Lot Micales é Publisher de livros há dez anos, e já editou mais de quatrocentas obras. Filha de livreiros, é defensora ferrenha do livro como instrumento para formação e engrandecimento pessoal, desde os primeiros anos de vida. Mãe de dois filhos, formada em Administração de Empresas pela EASP-FGV e pela HEC-Paris, com especialização em Negociação pela FGV, atuou por vários anos na gestão do Museu de Arte Moderna de São Paulo e da CASACOR, sempre lidando com bens culturais. Como mãe, adora inventar histórias como forma de transmitir mensagens educativas a seus filhos.



Sobre a ilustradora: Samanta Flôor é artista freelancer de Porto Alegre-RS, com trabalhos publicados nas áreas editorial, de ilustração infantil, histórias em quadrinhos e animação. Desde 2017, também tatua seus desenhos.


Sobre Daniel Korytnicki: autor do guia de orientação aos pais, é odontopediatra, formado em Odontologia pela Universidade da República, de Montevidéu, no Uruguai, com mestrado e especialização em odontologia infantil nos Estados Unidos pela Universidade de Michigan e doutorado em materiais dentários pela Universidade de São Paulo (USP). Uruguaio, mora no Brasil desde 1985, onde montou um consultório para atender crianças e adolescentes.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo