ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

8/03/2020

Run the Jewels lança lyric video de “Ju$t”, parceria com Pharrell Williams e Zack de la Rocha


Faixa está no elogiado “RTJ4”


Run the Jewels, duo formado por El-P e Killer Mike e um dos principais nomes do hip hop mundial, continuam a ampliar o universo do seu novo álbum “RTJ4” com o lyric video de  “Ju$t”. O vídeo, guiado pela letra da música, é uma animação dirigida por Winston Hacking. Este é um lançamento da BMG no Brasil.

“Ju$t” é um dos destaques do disco, com participação especial do cantor e produtor musical Pharrell Williams e de Zack de La Rocha, vocalista do icônico Rage Against the Machine. A faixa é uma reflexão sobre a relação entre dinheiro e justiça, mais especificamente, sobre a dominação do capital e como ele distorce o poder e os sistemas de valores das pessoas.

Essa é uma temática que está presente na obra e no ativismo do Run the Jewels dentro e fora dos palcos. Uma das provas da força desse discurso na obra do duo é “ooh la la”, parceria com DJ Premier e Greg Nice, um dos singles que antecederam o disco. Seu clipe, que ganhou status viral, mostra uma festa nas ruas celebrando o utópico fim da luta de classes.

Assista ao clipe “ooh la la (feat. DJ Premier & Greg Nice)”: https://youtu.be/Sff7Kc77QAY


Run the Jewels por Timothy Saccenti
Além dos nomes citados, o disco  conta com participações de Mavis Staples, 2 Chainz e  Josh Homme (Queens of the Stone Age). Produzido por El-P, o disco foi gravado entre o Shangri-La Studios, do lendário Rick Rubin e o icônico Electric Lady Studios. “RTJ4” é o resultado de dois anos de intensos trabalho e refino para criação de uma coleção de comentários sociais afiados junto de pura diversão. e está disponível em todos os serviços de streaming de música.

Ouça “RTJ4”:  https://bmgbrazil.lnk.to/RTJ4

Run The Jewels - JU$T [ft. Pharrell Williams and Zack de la Rocha] (Lyric Video)

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo