ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

8/05/2020

Views:

Os Texugos lança videoclipe de “Anos 80” e comemora primeiro EP

Arte: Paulo Rocker
Nesta terça-feira (4), Os Texugos, grupo de punk bubblegum formado durante o isolamento decorrente da pandemia de coronavirus, lançou as duas últimas faixas que compõem o primeiro EP intitulado "Quarentena em Hill Valley". “Gambler girl” e “Toda vez que eu como Yakisoba eu penso naquela garota” completam o EP de sete músicas produzido por Davi Pacote e ilustrado por Paulo Rocker, já disponível nas principais plataformas digitais.

Para comemorar o lançamento, a banda composta por Diogo Clock (voz e guitarra), Conra Hirt (baixo), Cezar Iensen (bateria) e Marcelo Vieira (guitarra), divulgou o videoclipe de “Anos 80”. “A faixa com certeza tem um certo saudosismo da banda, somos muito fãs de coisas antigas, que remetem a nossa infância. Tentamos homenagear na letra alguns filmes que marcaram nossa geração. Esta foi uma época em que o acesso às músicas e a cultura em geral era mais difícil, talvez por isso valorizássemos um pouco mais”, revela o vocalista Diogo Clock. 

O videoclipe, dirigido à distância por Sérgio Caldas, conta com uma mistura de imagens dos integrantes em suas respectivas casas durante a quarentena e cenas de filmes icônicos dos anos 80. O resultado agradou Os Texugos, que tem se mostrado otimista neste momento difícil de calamidade pública enfrentado pelo mundo todo. “‘Quarentena em Hill Valley’ resume bem como essa pandemia horrível nos trouxe algo tão bacana. Em tempos de tempestade conseguimos achar calmaria e alegria, ânimo em tempos de desânimo. O que esperamos é conseguir levar um pouco de diversão às pessoas, se atingirmos uma que se anime ou se divirta nesses tempos, cumprirmos um bom papel”, afirma Diogo.

"Quarentena em Hill Valley" nas principais plataformas digitais:

Anos 80 - Os Texugos

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo