LightBlog
>

ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

8/18/2020

Leilão beneficente de arte contemporânea arrecada recursos para Médicos Sem Fronteiras

Neusa Yamaguchi - A Guerreira do Quilombo do Urubu, 2020

Iniciativa de solidariedade é uma parceria do iArremate, Roteiro de Ateliês, Guia das Artes e 73 artistas independentes que doam 50% do valor do lance à organização humanitária que tem atuado na linha de frente no combate à Covid-19 em todo o mundo, inclusive no Brasil


Já está no ar, no portal iArremate, o leilão de arte contemporânea que tem como objetivo arrecadar recursos financeiros para a organização humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF). As obras recebem lances online até o dia 1º de setembro. Além do próprio iArremate, a iniciativa de solidariedade ainda tem como parceiros o projeto Roteiro de Ateliês e o portal Guia das Artes, além da participação de 73 artistas. O catálogo conta com 152 obras que terão 50% do valor recebido pelos lances destinados ao trabalho de MSF.

MSF tem como propósito levar cuidados de saúde a pessoas afetadas por crises humanitárias, como conflitos armados, epidemias e catástrofes naturais. Vinicius Fernandes Villela, Diretor do iArremate fala sobre a importância do trabalho. “A organização tem realizado um trabalho essencial na linha de frente do combate à Covid-19, muitas vezes como única alternativa de atendimento médico  durante a pandemia para populações com dificuldades no acesso à saúde por estarem em regiões mais vulneráveis ou violentas”.

Versão virtual do Roteiro de Ateliês

Desde 2018, o projeto Roteiro de Ateliês realiza o evento “Portas Abertas”, criando um roteiro por ateliês de artistas, em São Paulo. Este ano, devido às recomendações de isolamento social, o projeto não pode ser realizado. Contudo, como uma versão online e beneficente, os artistas foram convidados a participar desse apoio ao trabalho de MSF que, ao mesmo tempo, se tornou uma alternativa de continuar com o trabalho de divulgação da arte contemporânea independente.

“Nosso trabalho sempre buscou conectar as pessoas interessadas na arte contemporânea diretamente com o artista, com o objetivo de tornar a arte mais acessível e criar novos públicos. A ideia de ajudar MSF foi uma oportunidade de mantermos nossa tradição ao mesmo tempo em que damos nossa colaboração no combate ao coronavírus. Ficamos muito felizes quando os artistas também abraçaram essa causa”, conta Lia Nasser, do Roteiro de Ateliês.

Diversas linhas de pesquisa e técnicas variadas

O catálogo do leilão beneficente em prol de MSF conta com 152 lotes, nos quais são oferecidas pinturas, fotografias, colagens e esculturas em diversas técnicas e materiais. “Uma oportunidade importantíssima de beneficiar pacientes de MSF, além de apoiar a produção de arte contemporânea paulistana e em um período tão delicado para esse mercado como o que estamos vivendo”, diz Flor Pimentel do portal Guia das Artes.

Participam da ação os artistas Adriana Affortunati, Alan Oju, Alessandra Duarte, Ana Amelia Genioli, Ana Paula Oliveira, Ana Rey, André Ricardo, Angella Conte, Beto Borges, Bettina Vaz Guimarães, Bruno Novaes, Carolina Sudati, Cassio Leitão, Cinthia Camargo, Cintia Phiebig, Cipriano Souza, Conrado Zanotto, Cristina Suzuki, Daniel Barclay, David Magila, Débora Bolsoni, Edu Silva, Edvania Rêgo, Erika Iassuda, Felipe Bitencourt, Felipe Góes, Fernando Burjato, Filipe dos Santos Barrocas, Giba Gomes, Helcio Barros, Hugo Fortes, Jacques Jesion, José Elffer, Karola Braga, Leo Ceolin, Lia Nasser, Lucas Lãnder, Luisa Meyer, Marcelo Ghandi, Marcelo Salum, Márcia Regina Azevedo, Marinalva Rosa, Maurício Adinolfi, Nilo de Medina Coeli Neto, Milton Blaser, Mirla Fernandes, Monica Tinoco, Murilo Kammer, Neillane Araujo, Neusa Yamaguchi, Ninetta Rabner, Paula Scavazzini, Paulo Camillo Penna, Paulo Caranpurnalo, Paulo Mattos, Raíssa Arruda, Raquel Magalhães, Renata Pedrosa, Renato Pêra, Ricardo Alves, Roberto Fabra, Rodrigo Pasarello, Ronaldo Grossman, Rosana Guimarães Mariotto, Rose Eisencraft, Sheila Oliveira, Silvia Maria Garcia Pinto, Síssi Fonseca, Susanne Schirato, Taís Cabral Monteiro, Tammy Aires, Tchelo, Thereza Salazar, Thig Martins, Tuca Chicalé Galvan e Vânia Medeiros.

Alguns destaques do catálogo:
Lucas Länder - Descriptive Landscape #4, 2018. 19 peças Grafite e nanquim sobre papel com veladura em encáustica de parafina sobre suporte de madeira. Dimensões: Composição completa 118 x 210 cm (21 peças).

Marcia Regina Azevedo - Tapajós, 2015. Acrílica sobre tela, 1,50 X 1,00m, montagem em chassi de madeira.

Neusa Yamaguchi - A Guerreira do Quilombo do Urubu, 2020. Media:tecnica mista.Papel Canson Kraft.90 g/m2. 29,7cm x42 cm.Segue sem montagem.
Carolina Sudati aka Translúcida /Bruta - Leveza - dispositivo 1, 2020. Materiais da escultura: Tecido, couro e metal (parafusos, porcas e arruelas). Dispositivo da série Procedimento para Evocar a Leveza. Acompanha protocolo. Dimensões: 47cm x 37cm x 25cm.

Erica Iassuda - Leveza, 2020. Acrílico e Óleo sobre tela, 100cm x 80cm, 1kg, tela em chassi, tipo painel.

Síssi Fonseca - Lavagem, Fotografia de performance, 2006, 19,1x25,2cms, 50 gramas, sem montagem/sem moldura

Marcelo Gandhi – Mickey Caveira, 2016.  Serigrafia papel, 41 X 30cm.

Leilão beneficente de arte contemporânea – Médicos Sem Fronteiras
10/08 a 01/09

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo