ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

8/20/2020

Views:

Escritor do best-seller Poder da Ação leva gratuitamente o treinamento de inteligência emocional nas penitenciárias de todo o país


Treinamento de 5 dias segue até o próximo domingo (23). O escritor Paulo Vieira afirma que objetivo é que os detentos saiam da prisão com metas para deixar o mundo do crime


Detentos de várias penitenciárias do País começaram a participar de um curso de inteligência emocional promovido por um dos autores mais lidos do Brasil: o coach e mentor de carreiras Paulo Vieira. A ação segue até o próximo domingo (23) e deverá ser replicada em outros presídios na próxima edição. De acordo com ele, a ideia é que os presidiários saiam da cadeia com objetivos e metas para deixar a criminalidade.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, o autor trocou o palcos dos auditórios, onde reunia até 6 mil pessoas em cada por curso, pela internet. Porém, além de transmitir para mais de 12 mil pessoas que pagaram pelo treinamento atual, o autor também resolveu levar o curso para uma unidade prisional. De acordo com Paulo Vieira, que mora em Fortaleza, ele desenvolveu um projeto no Ceará há dois anos e que trouxe resultados positivos. Uma profissional que atua na Febracis - a entidade presidida pelo escritor - começou a fazer um trabalho parecido com alguns presos no estado e após o convite de um ex-diretor do presídio, o curso foi colocado em prática agora.

"Há uma transformação muito grande, porque causa mudança na consciência, a gente trabalha a auto responsabilidade. Aquela pessoa que entrou na prisão revoltada passa a entender que está cumprindo o preço do que fez, mas também tem sua mente reprogramada para ter consciência de quem ela e de que ela pode ter outro futuro. É um nível de mudança muito grande, mudança de atitude. Há arrependimento e mudança. Alguns são soltos por bom comportamento, alguns escrevem livros", afirmou. 

De acordo com ele, o método já treinou mais de 600 mil pessoas e o curso atual está atingindo 35 países. Policiais militares e agentes penitenciários também já passaram por treinamento.De acordo com a Febracis, presidida pelo escritor, o "Método CIS at home, Coaching Integral Sistêmico" está levando mais de 50 horas de imersão, de forma gratuita, "para que os detentos, que cumprem pena no regime fechado, quando deixarem a prisão, possam assumir o controle de suas vidas, a colocarem todos os seus objetivos em prática e construírem um estilo de vida extraordinário".

Inicialmente, de acordo com a empresa, foram escolhidos presos que já estão perto do fim das penas. Um espaço da oficina da penitenciária foi transformado em uma sala para que os internos participem do treinamento. O local foi equipado com um telão, equipamentos de proteção individual e passou por higienização para participação nos cinco encontros, com duração de 8 horas por dia. O  curso analisa os 11 pilares que compõem a vida e que precisam estar em harmonia para atingir o sucesso em todas as frentes: emocional, espiritual, parentes, filhos, conjugal, social, saúde, servir, intelectual, financeiro e profissional.

Ressocialização

A medida é apontada pela Febracis como uma maneira de ressocializar os presos. Um estudo do Núcleo de Estudos da Violência (NEV) da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública aponta que um em cada cinco presos (18,9%) trabalha hoje no país, e o percentual dos que estudam é ainda menor: 12,6%. "Os dados coletados nos 26 estados e no Distrito Federal expõem falhas na ressocialização dos detentos no Brasil", diz.

Policiais Militares em treinamento de inteligencia emocional para combater o suicídio e até mesmo o elevado numero de mortes em combate

Em época de pandemia, os 5 dias de imersão serão transmitidas na tela para que o participante possa assistir in home. "Sem restrição geográfica, vamos levar ferramentas de inteligência emocional para a família", comenta Paulo Vieira. Além disso, o alcance da terceira edição do curso na modalidade online, também contará com tradução simultânea em inglês, espanhol e intérprete de libras.

O treinamento tem superado as barreiras  geográficas, chegando a 35 países (Brasil, United States, Angola, Portugal, Paraguay, United Kingdom, Spain, Italy, Switzerland, Japan, France, Canada, Belgium, Mozambique, Australia, South Africa, Argentina, Ireland, Germany, Luxembourg, Bolivia, Plurinational State of Hong Kong, Denmark, São Tome and Príncipe, Nigeria, Netherlands, Croatia, Costa Rica, India,Turkey, Norway, México, Qatar, Dominican Republic e Colômbia). A estimativa é contar com a participação de mais de 80 mil pessoas on-line, comenta Vieira ao menciona que a empresa cresceu sem se esquecer de trabalhos de inclusão social. 'Em 2018 fundamos o Instituto Paulo Vieira que atende mais de 2 mil jovens carentes na região de Fortaleza", comenta.

Na edição anterior do evento, que também aconteceu de forma inteiramente virtual, alcançou 16 mil famílias, 80 mil pessoas, 597 detentos e 300 agentes de segurança de 42 Unidades Prisionais e na próxima semana promete mais. Durante os meses de março a abril, mesmo com as medidas de isolamento social, a Febracis cresceu 7 na receita, em comparação com o mesmo período de 2019.

Conhecido pela frase “Tem poder quem age”, e pelos best-sellers: O Poder da Ação, Criação de Riqueza, Poder e Alta Performance, Foco na Prática, Poder da Autorresponsabilidade, Decifre e Influencie Pessoas, e O Poder da Ação para Crianças – os sete livros que estiveram simultaneamente entre os mais vendidos da Veja em agosto/2019, o Master Coach Paulo Vieira, explica que durante o curso serão analisados os 11 pilares que compõem a vida e que precisam estar em harmonia para atingir o sucesso em todas as frentes. " sistematicamente é preciso acordar o gigante interior no aspecto emocional, espiritual, parentes, filhos, conjugal, social, saúde, servir, intelectual, financeiro e profissional", finaliza Vieira.

As aulas serão transmitidas ao vivo na internet e serão ministradas pelo autor Paulo Vieira, por sua esposa Camila Saraiva, que vai falar sobre estratégias para superar a rejeição seja na vida pessoal ou no campo de trabalho, e também pelo neurocientista André Davim que vai ensinar como conquistar a alta performance.

SERVIÇO:
Evento: CIS em Casa
Quando: Até 23 de agosto
Onde:  Transmissão ao vivo e online
Horário: 14h às 22h

Sobre Paulo Vieira: Escritor mais lido de 2019 com mais e 3 milhões de livros vendidos e 3,7 milhões de seguidores. Conferencista internacional e PhD Business Administration pela Florida Christian University, em Orlando, nos Estados Unidos. Autor dos 9 best-sellers O Poder da Ação, Fator de Enriquecimento, Poder e Alta Performance, Foco na Prática, Poder da Autorresponsabilidade, Decifre e Influencie Pessoas e O Poder da Ação para Crianças - os sete livros que estiveram simultaneamente entre os mais vendidos da Veja em 2019.  

Sobre a Febracis: A Febracis é a maior empresa de coaching do mundo com maior número de unidades internacionais e já formou mais de 25 mil coaches. Ao todo são 38 unidades no Brasil, EUA, Angola e Portugal, que juntas impactaram mais de 40 milhões de pessoas direta e indiretamente ao redor do mundo através do Coaching Integral Sistêmico (CIS). Hoje a Febracis tem uma plataforma de negócios formada por 14 empresas que além da área de treinamento, engloba setores de alimentação, digital, tecnologia e educação com a instalação de uma universidade Febracis.  Somente entre 2011 e 2019, o faturamento da instituição aumentou em quase R$ 200 milhões e a posicionou na liderança do ranking de maior empresa de coaching do mundo, com a estimativa de atingir o faturamento anual de R$ 1 bi em 2023.
A empresa está há 9 anos no mercado dobrando o faturamento todo o ano. Nesse período aumentou o faturamento em R$ 200 milhões de reais e se posicionou na liderança do ranking de maior empresa de coaching do mundo.  Na pandemia apresentou crescimento de 7% e estima atingir o faturamento anual de R$ 1 BI em 2023

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo