ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

7/16/2020

Victor Hugo vai lançar o single "Pode Me Chamar de Amigo" no proxímo dia 31 de Julho

Victor-Hugo-Wescley Aquino


Em entrevista à colunista Fábia Oliveira, Victor Hugo falou sobre a música escolhida para marcar o início da sua carreira musical


Victor Hugo Teixeira está nos preparativos para o lançamento do seu primeiro single. A faixa intitulada “Pode Me Chamar de Amigo” é autoral e começou a ser escrita antes do reality show e foi produzida por Adelan Mão de Ouro. Em entrevista à colunista Fábia Oliveira, Victor Hugo falou sobre o inicio da sua carreira musical

O ex-BBB falou sobre a música escolhida para marcar o início da sua carreira musical.

“Acredito no poder que a música tem para nos modificar e nos tocar. Com esse single eu espero me comunicar com outros corações. A minha intenção é realmente ressaltar a importância da amizade nas nossas vidas”, conta o roteirista.

Ele também abriu o jogo sobre a sua relação com a música e revelou que tentou gravar um CD no passado.

“A música sempre esteve presente na minha vida. Meus pais tinham um banda de forró e eu era o backing vocal. Além disso, participei de grupos de musicais e tentei por diversas vezes gravar um CD, mas não tinha dinheiro para investir. Sou muito grato ao BBB por ter aberto novas portas e ter me dado a oportunidade de investir no meu lado artístico. Algo que eu sempre quis fazer. ” pontuou.

Victor Hugo confessou que várias pessoas tentaram desanimar do projeto, mas que não desistiu e correu atrás de tudo sozinho.

“Eu estou muito animado com esse lançamento e muito orgulhoso, Muitas pessoas tentaram me desanimar durante essa trajetória. Mas segui firme e correndo atrás de tudo, muitas vezes sozinho, para conseguir fazer acontecer esse projeto. A idealização desse meu 1º single é mais uma prova que não devemos desistir nunca dos sonhos antigos. ”, disse.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo