LightBlog
>

ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

7/01/2020

MALBÊ canta a rotina da quarentena em forma de pop bem-humorado no seu single de estreia

Malbe - Pra mim ta sempre igual 

“Pra mim tá sempre Igual” antecipa seu EP


Letras intimistas e pessoais com sonoridades dançantes marcam o trabalho do produtor e compositor MALBÊ, que lança seu primeiro single “Pra mim tá sempre Igual”. A faixa, que chega com um lyric video animado, mostra as variações de humor e ânimo durante a quarentena. A música está disponível em todas as plataformas de streaming de música.

Produtor e compositor MALBÊ usa de elementos do alternativo e do experimental para criar uma música pop brasileira e intimista. Prestes a lançar seu EP de estreia, o artista radicado em São Paulo prepara seu debut no mercado musical.

Fazendo música desde jovem, as canções eram projetos deixados na gaveta, mas com a quarentena, ele começou a mexer em demos do passado unindo samples, midis e todos os instrumentos e arranjos unindo referências sonoras de sua jornada em um caldeirão brasileiríssimo.

“Como cresci escutando de jazz a funk brasileiro, acredito que meu primeiro projeto espelha e mistura meus gostos musicais e cria uma espécie de novo gênero, ou talvez só uma bagunça sem regras”, se diverte o artista.

O resultado é “MALBÊ DEMO”, um EP que misturará letras pessoais e vulneráveis com sonoridades únicas e pra cima. “Como a criação do EP foi feita 100% em quarentena o resultado foi muita reflexão e solidão, mas também muita energia para tentar ressaltar o lado bom de estar vivo. Assim cheguei a um tom único e especial para as músicas, que com certeza serão melhor aproveitadas durante a quarentena”, conclui MALBÊ.

“Pra mim tá sempre Igual” tem produção musical, animação e arte da capa feito pelo artista e está disponível em todas as plataformas de música digital.

Ouça “Pra mim tá sempre Igual”: https://orcd.co/malbe

MALBÊ - Pra Mim tá Sempre Igual

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo