LightBlog
>

ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

7/17/2020

De Chico Buarque à organização: um verdadeiro guia para o seu dia a dia



Todo dia ela faz tudo sempre igual! Deste cotidiano queremos só a melodia de Chico, obrigada! Manter a casa arrumada e limpa o tempo todo não é fácil, ainda mais quando a família é grande, crianças, pets e falta de colaboração tendem a deixar a rotina bastante cansativa.

Mas tudo bem, porque a especialista em organização, Rafaela Oliveira, criadora do canal Organize sem Frescuras, ressalta que tarefas diárias de organização podem tirar você daquele eterno dia da faxina que trazem uma sensação de desgaste e tarefa não cumprida.

É preciso acrescentar à sua rotina um plano de faxina para executar com regularidade as tarefas que exigem mais esforço e tempo, como passar aspirador, limpar pisos, geladeiras, janelas, etc). Além claro, da faxina semanal, agora se você morar sozinho passa a ser quinzenal, desde que mantenha uma boa rotina de limpeza.

Segundo Rafaela, é muito importante que todos na casa entendam suas responsabilidades com a organização e limpeza do ambiente, desta forma as atividades devem ser sempre equilibradas a todos, de acordo com idade, esforço, etc. Isso inclui as crianças que devem manter o quarto, brinquedos e cantinho de estudos sempre arrumadinho.

Para ajudar nessa árdua construção de rotina, a Rafa listou uma semana de atividades que podem ser elaboradas de forma leve e tranquila. Primeira regra do clube da faxina é: casa desorganizada não é limpa. Ponto! Se está tudo uma zona, arrume e depois faça seu plano de limpeza!

Para facilitar, segundo a especialista em organização é separar os cômodos por semana.

Na segunda-feira, pode ser o dia do quarto: arrume suas bijuterias, passe um paninho nas superfícies, uma vassoura no chão e limpe os espelhos, caso os tenha no quarto. Arrume qualquer item que esteja desorganizado no armário e troque as roupas de cama. Por mais limpo que o quarto esteja, a bagunça sempre dá um ar de sujeira.

Na terça-feira é dia de cozinha: troque a esponja da pia, passe um pano nas superfícies e arrume e limpe dentro dos armários e geladeira. Louça e lixo da pia é todos os dias, nunca deixe nenhum dois de um dia para o outro. Passe uma vassoura e pano no chão, afinal, na cozinha tem itens que caem e vazão e pode deixar sujeiras.

Na quarta-feira vamos para sala: Limpe as superfícies e passe uma vassoura no chão e organize os itens de decoração. Passe pano com produtos nos móveis quando o material permitir, caso não passe um pano seco. Já os sofás, alguns tecidos permitem que sejam aspirados ou até limpos com panos. Para quem tem pets esse tipo de limpeza é essencial para que a casa esteja sempre cheirosa e higienizada.

Quinta é um bom dia para limpar sua área de home office: não deixe papeis acumulados, organize seus documentos ao final do seu dia. Mas no dia da limpeza, varra o chão, limpe as superfícies e higienize sempre seus eletrônicos com os produtos específicos para isso, nossos computadores, mouses e telefones precisam estar limpos.

Pronto! Você tem um dia inteirinho de folga. Afinal, sexta-feira já é o esquenta para o final de semana. Lembre-se que o que você for vendo fora do lugar durante o dia coloque no lugar na hora, desta forma, sempre ficará mais fácil a limpeza.

E não se esqueça, todo o dia é dia banheiro: limpe a pia, quando lavar o cabelo tire o que pode ter ficado no chão do box. Para as roupas sujas compre um cesto e de preferência fechado. Sempre jogue o lixo fora. Tenha um desinfetante no vaso sanitário, mas semanalmente faça uma limpeza completa.


Sobre: Rafaela Oliveira é personal Organizer, formada em Design de Produto e pós-graduada em Design de Interiores. Apaixonada pela profissão, criou o blog (2012) e o canal Organize Sem Frescuras para contar um pouco de suas experiências com a organização e ajudar a todos que queiram deixar a casa linda, organizada e o principal: a vida mais prática! Para compartilhar mais dicas sobre o assunto, escreveu o Livro Organize sem Frescuras - Com menos tempo e menos dinheiro (Editora Astral Cultural, 2017), a venda em todas as livrarias do Brasil.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo