ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

6/04/2020

LIDERANÇA: Minhas VERDADES construídas e MITOS (Parte 2)

Acredito que a gestão de equipe se torne plena quando estiver fundamentada em três pilares: Gestão Intrapessoal, Gestão Interpessoal e Gestão Empresarial

Acredito que a gestão de equipe se torne plena quando estiver fundamentada em três pilares: Gestão Intrapessoal, Gestão Interpessoal e Gestão Empresarial



Por: Prof. Paulo Lopes

“- Vou convidar para coordenar a equipe de professores da minha academia/ escola esportiva aquele professor que se destacar!”

Esta é uma afirmativa que ouço com frequência de proprietários de academias ou escolas esportivas. E quando isso se efetiva, na maioria das vezes, se perde um grande professor e se constrói um péssimo gestor. Isso porque nem todos estão preparados para gerir uma equipe, muito menos uma organização. 

Acredito que a gestão de equipe se torne plena quando estiver fundamentada em três pilares: Gestão Intrapessoal, Gestão Interpessoal e Gestão Empresarial.

Meus primeiros passos na “Jornada da Gestão” aconteceram quando percebi que precisava ser líder de mim mesmo. 

Precisava planejar minha carreira, buscando o aprimoramento através de cursos, palestras e workshops. 

Traçar metas a serem atingidas nos próximos 5 anos e executar ações que me levassem a conquistá-las. 

Buscar o domínio dos meus sentimentos, nas mais diversas situações, externando-os da forma mais favorável possível para o meio em que convivia. 

Acredito que para a minha Gestão Interpessoal estar desenvolvida, devo tornar-me aquele modelo que busco, alinhando as minhas ações profissionais e pessoais dentro da ética e da responsabilidade social.

Paralelo a estes primeiros passos, iniciei o aprimoramento para trabalhar em equipe, exercendo minha liderança de forma que conseguisse servir de exemplo prático para a minha equipe. 

Para desenvolver a Gestão Interpessoal busquei conhecimento formal de técnicas de gestão aprimorando minha comunicação verbal e corporal, para transmitir com precisão as informações; 

adaptei-me às mudanças impostas, buscando alterar as metas planejadas conforme as necessidades do momento; 

habituei-me a delegar tarefas e confiar em quem está executando-as; 
mediei conflitos de forma conciliadora; exercitando a empatia e a compaixão.

Estou convicto que terei sucesso na gestão da minha equipe quando conseguir exercer a liderança através da autoridade que conquistei e não através do poder que a função me delega.

Quando essa primeira etapa da jornada estiver concluída, quando eu tiver domínio sobre a minha carreira e as minhas ações e tiver conhecimento suficiente para auxiliar no desenvolvimento da minha equipe, estarei apto a aprimorar a Gestão Empresarial. Momento em que devo aprofundar-me no conhecimento mais especializado: técnicas de vendas, gestão de finanças, noções tributárias, leis trabalhistas, ampliar o conhecimento técnico de todas as modalidades oferecidas em minha organização para que consiga entender as necessidade individuais da minha equipe.

Portanto, para tornar-me um gestor de sucesso, preciso muito mais do que ser simpático e agradável com os alunos e colegas de equipe, preciso muito mais do que o conhecimento técnico da área específica. Preciso sim, percorrer a “Jornada da Gestão” e através do conhecimento adquirido, formar uma base sólida onde os três pilares (Gestão Intrapessoal, Gestão Interpessoal e Gestão Empresarial) garantirão sucesso na liderança.

🔶🔶🔶


NOTA DA REDAÇÃO:

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo