ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

11/27/2019

Entre a vida e a morte existem dor, amor e beleza


No livro "Entre Vinhos e Flores", da escritora e roteirista Karla de Oliveira, o leitor vai acompanhar Willian em sua luta pela vida e em busca de um amor da juventude nunca esquecido

Willian lembra-se de Ângela com devoção e saudade. Para ela, escreveu livros, com ela sonhou incontáveis vezes. Agora, confrontado com uma trágica notícia sobre sua própria saúde, decide reencontrá-la. Essa história, leve e profundamente emocionante, está no livro Entre Vinhos e Flores, da escritora, diretora de cinema, roteirista e produtora Karla de Oliveira. A obra é publicada pela Sendas Edições e reflete a beleza que a vida pode ter, mesmo nos momentos mais obscuros.

Diferente do comum, em que o cinema costuma vir depois do livro, Karla escreveu Entre Vinhos e Flores após os roteiros do curta-metragem “O Relicário de Ângela” e do longa “Entre Vinhos e Flores”. A autora vivenciou a luta contra o câncer na própria família, e a obra demonstra muito mais que talento para escrever, exala sentimentos. A trama começa com a apresentação do intenso amor de juventude entre Willian e Ângela e indica a necessidade iminente de uma separação.

“— Você sabe que eu te adoro. Mas sabe que não podemos ficar juntos agora.
Falar aquilo me dilacerou, mas eu precisava ter força por nós dois.Ângela me olhou com tanta tristeza que, por um instante, pude sentir a mesma dor que ela. Apesar disso, sabíamos que estávamos ligados para sempre.Se soltando dos meus braços, ela puxou uma correntinha do seu pescoço, com um pingente de relicário em forma de coração, que estava escondida por baixo do vestido, e o colocou na minha mão.
— Guardei o melhor de mim para você.” (Entre Vinhos e Flores, pág. 13)

Os capítulos têm saltos temporais que acompanham Willian até a vida adulta, revelando que ele se tornou um importante escritor, tem uma relação estável e luta contra um câncer. No entanto, o personagem nunca se libertou da saudade de Ângela, que fugira ainda jovem dos abusos sofridos dentro da própria casa. É para ela que Willian dedica seus livros e, ao receber uma notícia drástica sobre o estado de sua própria saúde, é a ela quem procura. Na difícil tarefa de encontrar uma mulher que tenta esquecer as dores do próprio passado, Willian vai encontrar a si mesmo e conduzir o leitor a reflexões profundas sobre a vida e a morte.

“Não pude evitar de pensar que eu poderia estar ali em breve, e me perguntava se teria alguma coisa escrita na minha lápide. Dançar com a morte é estranho. Você sabe que ela está ali, te conduzindo e te levando para o lado que ela quer, mas mesmo assim, ainda se prende em um fio de esperança, que ela possa tropeçar, cair e te deixar em paz enquanto você escolhe dançar sem ela.” (Entre Vinhos e Flores, pág. 38)

Com uma linguagem simples, direta e profunda, Karla de Oliveira aborda temas complexos, como o abuso sexual infantil, a morte e o amor. É um livro tocante, que fará o leitor ansiar pela última página e se apaixonar.

Ficha técnica: 
Título: Entre Vinhos e Flores
Autora: Karla de Oliveira
ISBN: 978-85-68462-98-0
Editora: Sendas - Kotter Editorial
Dimensões: 21x15 cm
Páginas: 136
Preço: 34,90

Sobre o livro: Entre Vinhos e Flores é sobre jornadas, crescimento e descobertas. É um livro que trata de temas complexos, mas com sensibilidade e leveza, o que torna a leitura fácil, no sentido em que ela flui e quando você percebe já está no fim. A história e os personagens são verdadeiros e lhe pegam pela mão, convidando-o a caminhar com eles pelas páginas afora. 

Logo de cara, o leitor é incitado a acompanhar Willian enquanto ele é posto à prova e é como se, com ele, respirássemos fundo, tomando coragem para adentrar um cômodo escuro de uma casa malcuidada e descobrir o que ali se esconde, quais monstros podem estar à espreita e que tesouros estão ali esquecidos. Permitir-se acompanhar Willian é dar-se autorização para uma segunda chance, de mudar perspectivas. É permitir-se buscar sentido e beleza em meio a um cenário acidentado e cheio de escombros chamado vida. (Kaliupe Sachet)

Sobre a autora: Karla de Oliveira, além de ser escritora, é diretora de cinema, roteirista, produtora, tem um histórico acadêmico invejável, é defensora ativa da causa animal, é feminista, esposa amorosa e amiga sincera e fiel.

Redes sociais da autora:
Instagram/Twitter: @karlamakie 

Sem comentários:

Enviar um comentário