ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

11/20/2019

Concerto "OLOMBOMBO" (Raízes) com Melvi e Dala Carvalho | CCP Luanda 28/11



O CAMÕES/CENTRO CULTURAL PORTUGUÊS tem o prazer de acolher, no dia 28 de Novembro de 2019 (5ªfeira), pelas 18H30, o Concerto “OLOMBOMBO” dos cantores e compositores MELVI e DALA de CARVALHO.     

No concerto “OLOMBOMBO”, MELVI e DALA DE CARVALHO interpretarão um repertório diversificado, com temas das suas autorias e outros da música tradicional angolana, designadamente “Olombombo”, “Ondaka”, “Cavulamine”, “Otembo Yo Mwenhõ”, “Doce de Coco”, “Vão p’ra Tua Mãe”, “Djedjedje”, “Canto da Alegria”, “Mwata Cilonda”, “Ângelo”, “Matamba Asaso” e “Cako Ceto”.

SOBRE OS ARTISTAS

MELVI
Melvi, Cantora e compositora, desde muito cedo começou, a dar seus passos no mundo da música.
Em 2008, a cantora participou no top dos mais queridos pela radio nacional com a música doce-de-coco.
Em 2013, lançou o seu primeiro disco a solo com o título TRIUNFO.
Em 2014, começou seus estudos em Música, no Instituto Superior de Artes (ISART), onde desenvolveu fortes habilidades em canto Lírico. Faz parte da Companhia Nacional de Ópera (Cnopera) é integra  o coral da Assembleia Nacional.
Em 2017, estreou-se como atriz na peça Zungueira de Deus, no Intituto Superior de Artes, como personagem principal.
Em 2018, participou na peça “Retrato de um Artista Desnudo”,em homenagem ao artista Kizua Gourgel.  
Em 2018 e 2019, organizou e participou em dois concertos musicais no evento “A Palavra do Ano” realizado pela Plural Editores no Camões.
Em 2019, estreou-se na peça “Versos Diversos” pelo Atelier de Artes Lucengomono com estreia no Memorial Dr. Agostinho Neto e no Circuito Internacional de Teatro (CIT).
Actualmente tem vindo a participar de forma activa no desenvolvimento do projecto intitulado “Cako Ceto”, cantado em línguas nacionais com foco na valorização de diversos géneros e estilos da música angolana, entre eles: A Cianda (Tchianda), Kilapanga, Massenda, Cisela entre outros.
É licenciada em Música, na especialidade de Canto Lírico, e é docente de canto na escola Média de Artes (CEART).

DALA DE CARVALHO
Dala de Carvalho, é cantor, compositor e pesquisador cultural. Começou a dar os seus primeiros passos na música no género musical Kuduro, em 2006, como compositor e praticante. Desta forma descobriu a sua paixão pela música. Desde então, compôs várias canções no estilo musical R&B e Sertanejo, fez também algumas composições de Kizomba que nunca chegou a gravar.
Em 2011, fez parte de um grupo musical chamado Novos Horizontes, onde fez fusão entre R&B e RAP.
Em 2012, começou a sua afirmação nos estilos e géneros tais como: Kilapanga, Cisela (Tchissela), Cianda (Tchianda), Massenda, Afro Jazz entre outros estilos musicais.
Em 2014, ingressou no Instituto Superior de Artes (ISART) onde iniciou estudos de música erudita, mas sem nuca ter deixado de lado as suas raízes, fazendo o casamento perfeito canto lírico e a música folclórica, buscando assim novas sonoridades.
Em 2016, participou também num evento de dança contemporânea, na Trienal de Luanda, em duas coreografias, na qual participaram mais de 23 grupos profissinais.  
Em 2017 e 2018, escreveu, dirigiu e apresentou-se como ator no ISART, em dois musicais intitulados “Zungueira de Deus “ e “Filho Pródigo”.
Em 2018 e 2019, realizou dois concertos musicais relevantes na sua carreira no evento “ A Palavra do Ano”, realizado pela Plural Editores e o Camões.
Dala de Carvalho, tem vindo a participar em diversos concertos, bem como a apoiar artistas que começaram a dar primeiros passos na música. Como director artístico, é Mentor do projecto Cako Ceto, que visa a valorização da música cantada em línguas nacionais e que tem vindo a unir as concepções da música erudita e a música popular angolana.
É licenciado em Música, pelo Instituto Superior de Artes na especialidade de Canto Lírico.

Sem comentários:

Enviar um comentário