ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

7/07/2019

A famosa "Vingança da Mulher dos Tremoços" não devia estar em nenhum vídeo do Youtube!


Por: Armindo Guimarães

Esta coisa de o Youtube permitir que quem quiser possa colocar Não Gosto ou Não Curto nos vídeos publicados naquele site, não faz nenhum sentido e tal prerrogativa devia ser abolida porque duvidosa. 

É que tenho reparado que sempre que coloco um vídeo novo no Youtube, curiosamente a primeira reação que aparece é de alguém que se calhar antes de clicar no play para ver e ouvir o vídeo, vai logo direto à mãozinha com o polegar para baixo, clicando nela feito espectador nos antigos circos romanos sempre contra o gladiador.

Quem se dá ao trabalho de clicar na mãozinha com o polegar para baixo, com certeza que deve ser alguém que faz melhor e por isso bem que podia optar por comentar dizendo o motivo de não ter gostado e eu seria pródigo a agradecer a ajuda pois sou apenas um aprendiz na difícil arte de criar vídeos. A não ser que o motivo seja o de não conseguir fazer melhor e, nesse caso, mais valia pedir ajuda a quem sabe. Eu próprio me disponibilizaria para lhe transmitir o pouco que sei.

Segundo o Youtube, "marcar um vídeo com "gostei" é uma maneira rápida de dizer ao criador de conteúdo que você gosta do trabalho dele. Se o vídeo não agradou você, marcá-lo com "não gostei" é uma maneira de expressar sua opinião. (...)".

Estamos de acordo que quem marca um vídeo com "Gostei"  (mãozinha com o polegar para cima), é entendido como uma atitude solidária para com o criador do vídeo, porém, não concordamos que quem marca o vídeo com "Não Gostei" (mãozinha com o polegar para baixo), seja uma maneira de expressar a sua opinião. Qual opinião? Tratando-se de uma atitude negativa pode muito bem aquele "Não Gosto", nada ter a ver com o vídeo e significar apenas uma ciumeira por quem não consegue fazer melhor e, como tal, não é opinião alguma, mas sim uma covardia de quem se aproveita da situação para aplicar a "vingança do macaco" ou, quiçá, a famosa "Vingança da Mulher dos Tremoços".

Há coisas do carago!

Sem comentários:

Enviar um comentário