ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

3/12/2019

Projeto Guri cria músicas para animações infantis em parceria com o programa De Criança para Criança



Primeiro vídeo, sonorizado por alunos do Guri, será lançado no dia 11 de março
                                                     
‘A ideia de lobinho’, primeira animação da coletânea

Maior programa sociocultural brasileiro mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri, acaba de anunciar uma parceria com o De Criança para Criança, programa multimodal de linguagem que tem como missão dar voz às crianças por meio de produções autorais, ou seja, a iniciativa transforma histórias, desenhos e locuções dos pequenos em animações.

Com mais de 600 vídeos educativos produzidos e divulgados nas redes sociais, o De Criança para Criança contou com o apoio do Projeto Guri para a sonorização de quatro filmes que serão lançados, semanalmente, a partir do dia 11 de março. Com caráter temático, os vídeos foram gravados por alunos de diferentes polos de ensino.

“Em nossa atividade, a criança é a protagonista. Faltava a trilha sonora e a sonorização para fecharmos o processo de criação integral da mesma. Com o Projeto Guri essa etapa se concretiza”, explicou Marcos Okura, gerente de produção do De Criança para Criança. 

Agenda de lançamento

Com lançamento aguardado para a segunda semana de março, os vídeos serão lançados nas redes sociais dos dois projetos. Confira a programação abaixo:

11/3 - A Ideia de Lobinho, com alunos do curso de sopro do Polo São Vicente, sob a supervisão do educador Rodrigo Vilela. Episódio inspirado no primeiro objetivo de sustentabilidade da ONU: ‘erradicação da pobreza’. Link: https://youtu.be/pgwswFdtr3s

18/3 - O Campeonato de Vídeogame, com alunos de iniciação musical do Polo Capela do Alto, sob a supervisão da educadora Camila Magnani. Episódio inspirado no quinto objetivo da ONU: ‘igualdade de gênero’. Link: https://youtu.be/7eh5pRofThc

25/3 - A História das Histórias, com alunos dos cursos de violão e percussão do Polo São Luis do Paraitinga, sob a supervisão do educador João Gaspar. Lenda indígena. Link: https://youtu.be/6GTxW7hhUYA

31/3 - O Aluno Morcego, com alunos do curso de percussão do Polo Itanhaém, sob a supervisão do educador Israel Henrique Santos. Episódio inspirado no quarto objetivo da ONU: ‘educação de qualidade’. Link: https://youtu.be/FKID3dYhNjM

Próximos passos

Em 2019, o Guri planeja ampliar a parceria e atuar de forma integral no processo de criação da história, produção dos desenhos para a animação e composição da trilha sonora, além de incluir a participação de Guris de outros polos de ensino. “Pensamos, inicialmente, em envolver os alunos de nove formações: iniciação musical, coral, acordeon, teclados, friccionadas, percussão, dedilhadas, sopros e prática de conjunto”, comenta Valeria Zeidan, gerente pedagógica da Amigos do Guri – associação que administra os polos do Projeto Guri no interior e litoral paulista e dos instalados na Fundação CASA.

“Um grupo de jovens da Fundação CASA também deve ser contemplado com a ação. Também está nos nossos planos a produção de uma história a partir de uma música instrumental composta pelo Guri”, acrescenta Valeria.

Sobre o De Criança para Criança

O programa multimodal integra as linguagens verbal, visual, gestual e sonora no qual os alunos trabalham coletivamente na produção de animações. A criança se diverte enquanto aprimora competências e habilidades necessárias para a formação de pessoas colaborativas, autônomas, criativas, inovadoras e éticas. “Colocar a criança na situação de protagonista, onde ela escreve, narra e grava é também uma revolução do uso da tecnologia dentro da escola e está de acordo com a Base Nacional Comum Curricular”, celebra Cris Tempesta, diretora pedagógica.

A ideia surgiu em 2012, quando Vitor Azambuja resolveu transformar em animação o desenho do filho Antonio, de 7 anos. E em 2017 o programa entrou em definitivo na grade escolar como programa educativo. A ação cresceu em parceira com Gilberto Barroso e, juntos, produziram 24 filmes pela Ancine, com patrocínio da Faber-Castell. Atualmente, o programa conta com mais de 600 vídeos, distribuídos gratuitamente na internet, com histórias criadas no Brasil, Estados Unidos, Dinamarca e Portugal. 

De Criança para Criança promove ainda atividades ao lado de instituições como GRAACC, APAE e Dorina Nowill. “Acreditamos, com essas parcerias, que a criança, independentemente de suas limitações, pode ter os mesmos resultados criativos, materializando suas ideias”, argumenta Okura.

Sobre o Projeto Guri

Mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (até 21 anos nos Grupos de Referência e na Fundação CASA). Cerca de 50 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Amigos do Guri, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu mais de 770 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

Sobre a Amigos do Guri

Eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, a Amigos do Guri administra o Projeto Guri. Desde 2004, é responsável pela gestão do programa no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo, a Amigos do Guri conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Amigos do Guri, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: www.projetoguri.org.br/faca-sua-doacao.

Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Amigos do Guri:
CTG Brasil; VISA; WestRock; Bayer; Microsoft; VALGROUP; Novelis; Caterpillar; EMS; Capuani do Brasil; Pinheiro Neto; Instituto CCR por meio da CCR AutoBAn; Grupo Maringá; AES Tietê; Faber Castell; ASTA; Mercedez-Benz; Supermercados Rondon; Castelo Alimentos; Raízen; Arteris; GRUPO GR; Tereos.
Rosemeire Barbosa- Estúdio Azul

Sobre a autora

Rosemeire Barbosa- Estúdio Azul - Natural e residente na cidade de Piracicaba, interior de São Paulo, formada em Magistério pela E.E.S.G. “Sud Mennucci” com habilitação para exercer a profissão de professora em 1996. Aprovada no Concurso Público de prova e Títulos para provimento de emprego de Professor do Ensino Fundamental em 14 de janeiro de 1999. Em 1 de fevereiro de 2001, foi contratada pela Prefeitura Municipal de Piracicaba, na pasta da Secretaria da Educação com habilitação para alunos do 1º ao 5º ano. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

GALERIA DA LUSOFONIA

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil