ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

3/11/2019

Centro de SP recebe programação plural e gratuita neste sábado, 16/03

Mulheres fazendo beats durante o Beat Brasilis (Crédito: Patrícia Araújo/ Red Bull Content Pool)

Red Bull Station promove programação plural e gratuita dedicada às mulheres

Conversa, workshop de marcenaria e encontro de beatmakers para o público feminino estão presentes nas atividades deste sábado, 16/03

Dando continuidade na programação voltada especialmente às mulheres no Red Bull Station, o prédio situado no coração do centro de São Paulo recebe uma série de eventos dedicados ao público feminino que vão da música à tecnologia, neste próximo sábado, 16/3 . 

Dentre as atividades programadas está uma conversa intitulada "Mulheres que Comunicam", a fim de criar um ambiente de troca sobre o que está sendo feito para que mais mulheres sejam inseridas em cargos de destaque em comunicação digital em empresas globais. 

Para as garotas que curtem fazer música, o Beat Brasilis "Especial Elas" reunirá apenas mulheres para samplear um álbum surpresa de uma cantora paulistana e apresentá-lo ao vivo.

Entre os destaques da agenda mensal para quem gosta de tecnologia, estão as oficinas do Red Bull Basement. Um workshop dedicado à marcenaria ocorre dia 16/3, bem como dois encontros sobre lógica de programação com Python (básico e avançado, em 23/3) com as garotas do PyLadies, além de uma oficina de linguagem de dados comandada pela PrograMaria (meta-site sobre mulheres e tecnologia), em que as participantes aprenderão o básico das linguagens HTML e CSS no dia 30/3.

Confira a seguir detalhes dos eventos e informações sobre inscrições:

16 DE MARÇO // 14h - 21h
BEAT BRASILIS ESPECIAL ELAS #2 

Na segunda edição do evento dedicada às mulheres, DJs, MCs, músicas, produtoras e beatmakers se reúnem para samplear e produzir beats a partir de um mesmo vinil. Após o período de criação das batidas, as participantes apresentam ao público o material desenvolvido durante o encontro.
>> 15 vagas 

16 DE MARÇO // 13h - 19h
MARCENARIA BÁSICA PARA MULHERES

Esta oficina é direcionada a mulheres que queiram aprender a construir objetos por meio da marcenaria. Além das atividades práticas, também serão apresentados às participantes ferramentas para executá-las, além de alguns conceitos básicos sobre o tema. 
>> 12 vagas | Local: Makerspace Red Bull Basement | Atividade exclusiva para mulheres acima de 18 anos.

16 DE MARÇO // 16h - 18h
MULHERES QUE COMUNICAM - Com mediação da Coralina -- projeto que passou pela Ocupação #3 do Red Bull Station -- e participação das convidadas Manuela Thamani, Laura Capanema e Valéria Desideri, a ideia da conversa é criar um ambiente de troca e provocações sobre o que está sendo feito para que mais mulheres sejam inseridas em cargos de destaque em comunicação digital em empresas globais, criando novas formas de melhorar a qualidade de vida, trabalho e reconhecimento femininos.
>> Local: Auditório | 100 pessoas

Sobre A Coralina:
A Coralina nasceu de um desejo inquietante de trabalhar com propósito. Veio depois da gravidez da Júlia e do nascimento de sua filha, Nina. Veio também da experimentação de Ana em vários cargos em empresas de marketing e de sua vontade de ir além. Elaborando preocupações e ideias sobre o papel da mulher no mercado de trabalho, as duas colegas decidiram colocar a mão na massa, ajudar outras mulheres e potencializá-las como profissionais. 

23 DE MARÇO // 11h - 19h
PHYTON BÁSICO I 
Introdução à lógica de programação com Python (Básico 1). Neste curso, serão ensinados a sintaxe e os conceitos básicos de Python: variáveis e seus tipos, operadores, strings, listas e tuplas, entrada de dados, condicionais (if/else), estruturas de repetição (while e for) e funções, além de lógica de programação. Facilitação: PyLadies.
>> 45 vagas | Local: Auditório | Atividade exclusiva para mulheres acima de 18 anos. 
*Participantes devem trazer notebook com a versão Python 3.x instalada.

23 DE MARÇO // 11h - 19h
PHYTON BÁSICO II
Sequência para quem já fez o Curso Phyton Básico I. Neste módulo, serão abordados os seguintes conceitos: estruturas de repetição (revisão de while e for), funções (revisão), dicionários, módulos e pacotes e manipulação de arquivos: leitura e escrita. Facilitação: PyLadies
>> 15 vagas | Local: Makerspace Red Bull Basement | Atividade exclusiva para mulheres acima de 18 anos.
*Participantes devem trazer notebook com a versão Python 3.x instalada.

Sobre o PyLadies:
PyLadies é um grupo de mulheres desenvolvedoras amantes da programação em Python. O primeiro grupo foi criado por sete mulheres em Los Angeles, e logo se espalhou, tendo, atualmente, mais de 40 grupos ao redor do mundo. O grupo chegou ao Brasil em 2014 com o propósito de instigar mais mulheres a entrarem na área tecnológica. PyLadies Brasil começou se organizando no Rio Grande do Norte, mas em 2016 a comunidade já estava organizada em mais de uma dezena de cidades no Brasil. O PyLadies Brasil mantém um site e uma lista de discussão nacional, além de participar de diversos eventos para incentivar as mulheres a aprender programação, como o Fórum Internacional Software Livre e a Campus Party Brasil. Também são organizados minicursos, treinamentos e workshops.

30 DE MARÇO // 13h - 19h
MEU PRIMEIRO BUG
Com facilitação da PrograMaria, as participantes deste workshop aprenderão o básico das linguagens HTML e CSS, além de alguns conceitos: o modo como funciona a internet, estrutura básica de uma página web e como estilizar páginas online.
>> 15 vagas | Local: Makerspace Red Bull Basement | Atividade exclusiva para mulheres.
*Participantes devem trazer notebook. 

Sobre a PrograMaria:
A PrograMaria é um meta-site sobre mulheres e tecnologia. Mais que isso, é um convite para refletir, se inspirar e aprender, cujo objetivo é contribuir para que mais meninas e mulheres sintam-se motivadas e confiantes a explorar os campos da tecnologia, da programação e do empreendedorismo.

SERVIÇO:
Local: Red Bull Station (Praça da Bandeira, 137 - Centro)
Grátis. 
Inscrições feitas com 30 minutos de antecedência. 

SOBRE O RED BULL STATION
Localizado em um prédio de 1926, no centro de São Paulo, o Red Bull Station ocupa a antiga subestação Riachuelo, desativada desde 2004 e tombada como patrimônio histórico pelo Conpresp. Com foco em projetos experimentais de arte, música, dança e inovação social, os cinco andares do Red Bull Station contam com estúdio de música, makerspace, três espaços expositivos, um terraço e uma cafeteria. Para informações sobre a programação gratuita, consulte a agenda no site www.redbullstation.com.br.

Sem comentários:

Enviar um comentário