ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

3/19/2019

Mais de 250 mil espectadores simultâneos assistem à etapa final da Free Fire Pro League

Finais de Free Fire-Divulgação 

O torneio brasileiro, que contou com mais de 560 mil horas de conteúdo assistido, classificou duas equipes para disputar o mundial, na Tailândia

 No último final de semana (16 e 17 de março) ocorreram as duas últimas rodadas da Free Fire Pro League, torneio brasileiro que contou com cerca de 300 mil jogadores inscritos e garantiu vaga para duas equipes nacionais disputarem o mundial do jogo, na Tailândia.

Nas etapas finais, os competidores se enfrentaram presencialmente na BBL - maior holding de entretenimento especializada em e-sports no país. A ação aconteceu nos mais de 1,6 mil metros quadrados de estrutura dos estúdios, com uma operação montada especialmente para receber os 12 times. O sucesso foi tamanho que mais de 250 mil pessoas acompanharam simultaneamente a transmissão pela internet, no canal oficial Free Fire - Brasil no Youtube - totalizando mais de 560 mil horas de conteúdo assistido!

Para chegar aos 12 finalistas, o torneio contou com uma etapa qualificatória com mais de 60 mil equipes inscritas. Após a qualificação, foram selecionadas 36 equipes que se confrontaram ao longo de 3 semanas, na fase de grupos. Somente os 12 melhores ranqueados se classificaram para a etapa final, presencial em São Paulo.

Os grandes campeões da competição foram a Tropa M3C e GPS Veteranos, primeiro e segundo colocados respectivamente. Ambos se classificaram para representar o Brasil no Campeonato Mundial, que acontece em Bangkok, na Tailândia, em 7 de abril deste ano.

“Os números não mentem: Free Fire é um fenômeno dos ‘battle royale’ e mostra como o cenário competitivo de jogos mobile é coisa séria. Para nós foi uma honra tornar realidade um momento que certamente entrará para a história do jogo, da desenvolvedora - e por que não dizer? - dos e-sports brasileiros”, comenta Leo De Biase, CMO da BBL.

Tropa M3C, campeões da primeira temporada brasileira da Free Fire Pro League

Além da vaga, o Tropa M3C levou para casa o troféu exclusivo da primeira temporada brasileira da Free Fire Pro League.

Para mais informações, acesse o site oficial.

Sobre a BBL
A BBL é uma holding brasileira de entretenimento especializada em e-sports. Nasceu da necessidade de unir as áreas do universo gamer, englobando desde a operação de torneios e produção de eventos até a criação de conteúdo em geral (campanhas, branding, coberturas, lifestyle etc), ações com influenciadores digitais como streamers e youtubers. Grandes marcas do segmento fazem parte do grupo, entre elas estão ESL Brasil, ARCA, Party of Legends e Mais Esports. Acesse: http://www.bbl.gg/
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

MÚSICA LUSÓFONA

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil