ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

2/01/2019

Sugestões da TV Brasil para terça (5) - Agnaldo Timóteo canta Cauby Peixoto / Romance histórico-policial no Trilha de Letras

Todas as Bossas-Agnaldo Timoteo

Agnaldo Timóteo revisita obra de Cauby Peixoto no Verão Show da TV Brasil

Artista mineiro gravou homenagem ao saudoso intérprete no programa Todas as Bossas

O cantor e compositor Agnaldo Timóteo presta tributo a Cauby Peixoto com uma apresentação exclusiva que vai ao ar pela TV Brasil nessa terça (5), às 21h45, na faixa Verão Show.

Músicas como "Negue", "Ninguém é de ninguém" e "Como é grande o meu amor por você" estão no repertório do artista que no início da carreira, nos anos 1950, era conhecido como o "Cauby Mineiro". A performance foi registrada pelo canal público para o Todas as Bossas.

Além de celebrar o saudoso astro Cauby Peixoto, considerado um dos mais versáteis intérpretes da música brasileira, falecido em 2016 aos 85 anos, Agnaldo Timóteo também entoa canções autorais e músicas que ficaram conhecidas nas vozes de personalidades como Dalva de Oliveira, Nelson Gonçalves e Altemar Dutra.

Com 82 anos de idade e cerca de seis décadas de carreira e mais de 50 álbuns na discografia, Agnaldo começou a trajetória artística em programa de calouro na rádio. Conquistou de vez seu espaço e conhecido graças a canção "Meu Grito", de Roberto Carlos.

Acompanhado de Moisés Pedrosa ao piano, Agnaldo Timóteo relembra composições de Moacyr Franco, Adilson Ramos, Henrique Logo e de Roberto Carlos. No show gravado pela emissora pública, Agnaldo também apresenta seus grandes sucessos como "Quem é", "Sonhar Contigo" e "Os verdes campos da minha terra".

A proximidade entre Agnaldo Timóteo e Cauby Peixoto vem desde a década de 1950, período em que Agnaldo ainda era um torneiro mecânico sonhando um dia ser um cantor popular conhecido em todo Brasil.

Nessa época, Agnaldo era conhecido como o "Cauby Mineiro" porque defendia todo o repertório de seu ídolo nos programas de rádio de Belo Horizonte. Recentemente, Agnaldo Timóteo percorreu o país com um show em tributo a Cauby Peixoto.

Mais sucessos do repertório nacional

Os próximos espetáculos em cartaz na telinha da TV Brasil contemplam grandes nomes da cena musical brasileira. Considerado um dos maiores conjuntos vocais em atividade no país, o Golden Boys faz um show acústico com sucessos do trio na quarta (6).

A combinação de jazz, funk, soul e MPB é a proposta da banda Funqquestra que utiliza instrumentos metálicos, eletrônicos e de percussão na sessão de quinta (7). Para fechar a semana com mais hits, o cantor e compositor Luiz Ayrão recebe os bambas Monarco e Paulinho Mocidade para uma performance com obras marcantes do anfitrião.

Aos sábados, a faixa Verão Show ganha maratona a partir de 21h30 quando os shows exibidos durante a semana pela TV Brasil são apresentados em sequência para os fãs de música do canal madrugada adentro.

O Todas as Bossas é uma janela para diversos estilos musicais na TV Brasil. O programa resgata a tradição dos grandes espetáculos realizados no estúdio 3 da emissora pública desde os tempos da antiga TVE do Rio de Janeiro.

A cada edição, a série traz um show que contempla a variedade de cantos, ritmos e sotaques do repertório brasileiro. A proposta da faixa é exatamente apresentar um panorama sobre a diversidade de gêneros que formam a cena da música no país: da MPB ao axé, do samba ao rock, do romântico ao experimental.

SERVIÇO:
Verão Show – Todas as Bossas – Agnaldo Timóteo – terça-feira, dia 5/2, às 21h45, na TV Brasil

Trilha de Letras aborda romance histórico-policial nesta terça (5)

Trilha de Letras-Raphael Montes e Eliana Alves Cruz

Leitura que reúne fãs em todo planeta é tema do programa literário da TV Brasil

Obra repleta de mistério e constituída a partir de registros históricos com personagens reais e fictícios, o romance histórico-policial é o assunto do programa Trilha de Letras desta terça (5), às 18h30, na TV Brasil.

Para comentar esse tema, o apresentador Raphael Montes recebe a jornalista e escritora Eliana Alves Cruz. Ela mostra sua nova publicação "Crime no Cais do Valongo", livro remete ao local de porta de entrada de milhares de escravizados no Rio de Janeiro.

O processo de redação desse romance histórico-policial exigiu de Eliana uma ampla pesquisa em jornais da época. "A Gazeta do Rio de Janeiro", primeiro jornal impresso em solo brasileiro, foi essencial para construir o cenário e o enredo da obra. "A Gazeta era um jornal chapa-branca, mas mesmo assim tinha toda a vida da cidade na época na seção de avisos", explica.

A autora afirma que não poderia ter elaborado o livro sem fazer uma pesquisa sobre a época em que milhares de escravos entraram no Brasil pelo Cais do Valongo. "Não sou historiadora nem acadêmica. Mas não poderia mergulhar nesse universo sem construir um mínimo de pesquisa, que é essencial para montar todo o cenário", analisa a convidada.

Segundo a escritora, o livro destaca o "universo mágico" e a "potência" das nações africanas, no início do século XIX. "As pessoas têm que sobreviver e para isso elas têm que se reinventar, em outro cenário e com outra roupagem", diz Eliana.

Durante o bate-papo com Raphael Montes, a jornalista ainda compara a trama ficcional com a realidade que urge fora das páginas dos livros. "Na ficção e no romance, o leitor tem que esquecer um pouco de si e mergulhar naquele universo", sugere.

Sobre o Trilha de Letras

Dirigido pela jornalista Emília Ferraz e apresentado pelo escritor Raphael Montes, o programa Trilha de Letras é exibido na programação de férias da TV Brasil de segunda a sexta-feira, às 18h30. Também está na janela do canal público às segundas, logo cedo, às 5h30.

A atração literária também pode ser acompanhada nas ondas do rádio toda terça-feira, às 23h, na Rádio MEC AM Rio 800kHz, e aos domingos, na mesma emissora, às 12h30. A produção ainda é transmitida pela Rádio MEC FM Rio 99,3 MHz e pela Rádio MEC AM Brasília 800kHz às terças, às 23h.

SERVIÇO:
Trilha de Letras – terça-feira, 5/2, às 18h30, na TV Brasil.
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

O MUNDO CANTA ROBERTO CARLOS

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil