ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

2/05/2019

O "meu aluno" Armindo Guimarães


Pensando em encenar uma de professor de várias áreas, sem terno (para português diz-se fato) nem gravata, fazendo, igualmente, como alguns professores no Brasil, de bermuda, por exemplo. Alunos de short e chinelos de praia, o que mais se vê.

Ora, queria um aluno capaz de corresponder aos meus anseios, apresentando-se com indumentária minimamente decente. Cogitei no “Zé da Pipa”, mas esse só vai servindo para “espiar” os movimentos do rei Roberto Carlos na Urca. Também não queria o rei neste cenário, a não ser que ele, no intervalo de cada pergunta-resposta, interpretasse algumas das minhas canções preferidas, mas, para o efeito, também tinha que convidar o maestro Eduardo Lages, mas isto dava muito trabalho para trazer até à sala de aula o piano.


Tinha que arranjar esse personagem. De repente, lembrei-me de uma foto que passou no facebook. E sabem de quem se tratava? Nem mais do que o “menino” Armindo Guimarães, “borboleteio por excelência”. Ele mesmo o indicado para fazer de aluno para falarmos, sobretudo, da sua “coleção de borboletas”, das “pombinhas da catrina” (se ainda existem) e o que ele pensa dos próximos shows do rei Roberto Carlos em Portugal. Porém, como condição “sine quanon”, ou seja, ele no intervalo de cada três perguntas, proporcionar-me alguns dos seus hilariantes momentos de ilusionismo, à semelhança do que fez quando foi à SIC ao programa da Fátima Lopes. Nessa altura, ele jamais pensou em ser “colecionador de borboletas”. Essa febre surgiu com o tempo em que as “borboletas” assinaram o livro de fãs do Armindo Guimarães.

E qual a primeira pergunta que eu faria ao meu aluno Armindo Guimarães? Esta: “Menino Armindo, porque motivo és um gajo do carago? Só por seres do Porto ou existe mais algo relacionado com isso?”. A resposta ele vai dar-nos no Splish Splash quando esta matéria for publicada.

                                                 
                                                                         
Carlos Alberto Alves

Sobre o autor

Carlos Alberto Alves - Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Colabora semanalmente no programa Rádio Face, da Rádio Ratel, dos Açores. Leia Mais sobre o autor...

1 comentário:

  1. eheheheh E pensava eu que saídas dessas eram só com o nosso amigo Zé da Pipa! Essa do meu amigo CA andar a espalhar as minhas borboletas por toda a parte, dá, por vezes, em situações caricatas, como foi por exemplo, o caso de ontem, que ao ter apresentado a uma nossa amiga uma foto de capa feita por mim, retorquiu! "Linda foto de capa, mas pensei que você ia colocar borboletas em vez de flores.". Conclusão: tive que fazer nova foto de capa com borboletas. Bailha-me Deus!

    ResponderEliminar

COPIE O SEU EMOTICON E COLE NOS COMENTÁRIOS


👍😀😁😄😇😉😊😋😌😍😎😏😐😕😘😛😞😤😥😧😩😭😮😰😴🐞🐢👄💗💙👻👽🎃🎄🎅🎂🍺🍻🍹🍷

VARIAÇÕES EM A DISTÂNCIA (PARTE 2 DE 2)

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil