ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

2/15/2019

Internautas não perdoam e criticam dentes de celebridade


Cirurgião dentista explica quando recorrer às próteses dentárias

Na simbologia psicológica, o dente significa potência. Perdê-los na fase adulta significa perder a força, já que esse fato também está relacionado ao psíquico e é por isso que as próteses são muito mais do que apenas a reposição deles: é um resgate da energia e do vigor.

A modelo Monique Evans, 62 anos, em publicação recente nas suas redes sociais, afirmou que não utilizava próteses totais, conhecidas popularmente como dentaduras ou chapas e que ela se sentia bem com a aparência do seu sorriso. Foi o suficiente para uma enxurrada de críticas.

Segundo Rogério Pavan, cirurgião dentista, a preocupação com os dentes deve ser muito além da estética, pois a falta de cuidado com o sorriso pode causar sérias doenças. “Problemas nos dentes, gengivas e demais tecidos podem se manifestar em qualquer idade, porém, na maturidade é preciso uma atenção maior em razão do organismo mostrar-se mais sensível e a boca ser a porta de entrada para inúmeras enfermidades”.

Mas como saber se realmente precisamos arrancar os dentes e colocar próteses dentárias em busca de um sorriso de celebridade?

 “É comum que muitos pacientes, ao procurar o dentista, não estejam apenas buscando a recuperação dos dentes esteticamente, e sim, inconscientemente, a energia e o vigor. Com as próteses é possível restabelecer o paciente como um todo: saúde bucal e emocional, e é um recurso sensacional para pacientes que já apresentam necessidade de uso de próteses, por conta de alguns dentes perdidos, porém não se deve arrancar os dentes simplesmente em busca de um sorriso novo e perfeito. A avaliação da indicação deve ser estudada minuciosamente e criteriosamente por um profissional competente”, afirma Pavan.

Outra dúvida comum é o de que usuários de próteses parciais ou totais, podem aparentar mais idade do que realmente tem, apresentando rosto murcho ou deformado. “Com o passar dos anos podem surgir deformações quanto ao comprimento do rosto e isso ocorre já na infância e é progressivo. Quanto antes o diagnóstico for feito, melhor será o restabelecimento, não só estético, mas principalmente em relação as funções respiratórias, bioquímicas e posturais responsáveis pelo estado de saúde geral do paciente. Além disso é muito importante utilizar uma prótese adequada para cada formato de arcada dentária para evitar o envelhecimento da aparência”, completa o especialista.

O profissional ressalta que há inúmeras técnicas disponíveis no mercado para transformar o sorriso, sem a necessidade das radicais extrações. “Biorreprogramação Bucal, aparelhos dentários invisíveis, , branqueamento dos dentes, botox, facetas de porcelana, etc., são recursos excelentes que garantem a harmonia dos dentes melhorando a aparência, estética e a autoestima”, finaliza Pavan.

Dr. Rogério Pavan –  Cirurgião Dentista - CRO 60820
Ortopedia, Ortodontia, Reabilitação Oral, Apnéia, Ronco, Suplementação Hormonal.                       
Rua Itapeva, 202 – Sala 23 – Cerqueira César – São Paulo – SP
Telef: (11)3287-0433 / 3287-7010 – Whats (11) 94016-7771
Instagram : @rogeriopavanofficial 
Rosemeire Barbosa- Estúdio Azul

Sobre a autora

Rosemeire Barbosa- Estúdio Azul - Natural e residente na cidade de Piracicaba, interior de São Paulo, formada em Magistério pela E.E.S.G. “Sud Mennucci” com habilitação para exercer a profissão de professora em 1996. Aprovada no Concurso Público de prova e Títulos para provimento de emprego de Professor do Ensino Fundamental em 14 de janeiro de 1999. Em 1 de fevereiro de 2001, foi contratada pela Prefeitura Municipal de Piracicaba, na pasta da Secretaria da Educação com habilitação para alunos do 1º ao 5º ano. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

COPIE O SEU EMOTICON E COLE NOS COMENTÁRIOS


👍😀😁😄😇😉😊😋😌😍😎😏😐😕😘😛😞😤😥😧😩😭😮😰😴🐞🐢👄💗💙👻👽🎃🎄🎅🎂🍺🍻🍹🍷

VARIAÇÕES EM A DISTÂNCIA (PARTE 2 DE 2)

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil