ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

2/06/2019

Histórias do trajeto de Roberto Carlos (1)


Martinha Sthurm  -  vive na Áustria
A paixão pelo Rei Roberto Carlos: 

Claro que toda a menina da minha idade gostou do Roberto Carlos, mas, no meu caso pessoal, foi uma loucura. Eu era menina tinha uns dez anos de idade e amei à primeira vista quando o vi na TV pela primeira vez.

Continuando:

- Ele estava cantando A NOSSA CANÇÃO, música que me marcou demais. Depois, e na sequência, todas as outras. E o meu sonho passou por estar perto dele, até que tomei coragem e fui à Urca, tendo lá feito umas fotos na casa do rei que, naquele dia, não estava, mas o moço que me recebeu foi super atencioso e disse-me que fosse no dia seguinte. Porém, eu tinha um vôo para Fortaleza, pois minha filha e meus três netos moram lá.

Janeiro de 2014 
Carlos Alberto Alves

O rei adora Miami. Inquestionável. Foi lá que comprou o Lady Laura IV, um apartamento e outras mais que não pretendeu divulgar. Em Miami Roberto Carlos passou a virada do ano com a família, conforme havíamos divulgado numa das muitas matérias que temos escrito sobre o Rei. Em Miami Roberto Carlos foi a um supermercado sem segurança e foi visto por um brasileiro que por lá se encontrava. Claro que não faltou a foto da ordem. Um registo que inclusive aqui publicamos nesta página.

Ora, desta feita, em Miami, e também de acordo com o que noticiamos, Roberto Carlos começou a gravar asa versões em espanhol de seu EP que, como se sabe, foi lançado o ano passado. De resto, algumas dificuldades para traduzir as letras e consequentemente os nomes das cinco músicas do disco “Furdúncio”. Sem dúvida, um grande desafio.

O disco vai ser lançado em maio por ocasião do “Dia das Mães”.

Janeiro de 2013 
Carlos Alberto Alves

Estava eu ainda em Portugal e escrevi um artigo (repito, matéria para os brasileiros) sobre quanto Roberto Carlos estava a sofrer com a doença de Maria Rita. O que, de fato, Maria Rita, amorosamente falando, representava para o Rei. Sem dúvida o grande amor da sua vida. Há alguns meses atrás consegui, de memória, recuperar quase totalmente o âmago desse mesmo artigo, digamos o essencial sobre a figura em questão. Sei que houve muita gente que deitou lágrima com o que foi escrito em relação a Maria Rita, inclusivamente (segundo ele dixit na altura) o administrador do Portal Splish Splash, Armindo Guimarães, hoje em dia de aniversário.

Depois de uma ligeira pausa (pequenas férias natalícias), hoje (re)comecei a verificar o que se escreveu, nesse curto período, sobre o Rei para publicar na próxima semana no Portal Splish Splash. Deparei, com muita felicidade e pureza da minha alma, com várias fotos que foram colocadas e em que Maria Rita está acompanhada pelo Rei Roberto Carlos. E em todas as fotos nota-se o seu lindo sorriso, quão estava feliz ao lado do seu mais do que verdadeiro amor. E é por isso que ainda hoje (e amanhã também) se recorda Maria Rita. Amém!

 23 DE MARÇO 20 14
EM OUTROS TEMPOS
Em memória de Maria Rita
Carlos Alberto Alves

Foi em 1988 (creio que não errei no ano) que, pela primeira vez, estava eu em Portugal, concretamente na ilha Terceira (Açores), escrevi um artigo sobre Roberto Carlos, exatamente em relação ao seu sofrimento com a doença de sua mulher Maria Rita, ao cabo o grande amor do King, manda a verdade dizer. Nessa altura, não existia MSN nem coisa assim tão parecida, apenas e só a DALNET e lá tinha o site COROAS que eu frequentava nas horas vagas. E foi mesmo por ali que logrei alguns detalhes junto de pessoas amigas que hoje não sei os respectivos paradeiros.

Em 2009, eu já estava no Brasil, mas, apenas, escrevendo para Portugal. Só no ano seguinte é que dilatei as minhas colaborações por sites e portais. Nesse mesmo ano de 2009, completou-se 10 anos sobre a morte de Maria Rita, a última mulher do King. Como sempre, Roberto Carlos cumpriu o ritual que ele continuamente seguiu, ou seja, participar de uma missa na igreja de Nossa Senhora do Brasil no Rio de Janeiro. Ao cabo, uma forma de relembrar quem muito amou o King, E, sempre que passa um ano da morte de Maria Rita, Roberto Carlos cumpre religiosamente a sua presença com uma missa, comungando. Nesse ano de 2009, data mais significativa por se tratar da primeira década sobre a morte de Maria Rita, Roberto Carlos cantou Detalhes.
Hoje e sempre Maria Rita é lembrada. Eu também a recordo com toda a emoção, visto que o primeiro artigo (matéria para os brasileiros) que escrevi relacionado com Roberto Carlos foi por via de uma infelicidade que entrou na vida de ambos. Nessa ocasião, Maria Rita já tinha agravado o seu estado de saúde.
Carlos Alberto Alves

Sobre o autor

Carlos Alberto Alves - Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Colabora semanalmente no programa Rádio Face, da Rádio Ratel, dos Açores. Leia Mais sobre o autor...

Sem comentários:

Enviar um comentário

GALERIA DA LUSOFONIA

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil