ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

10 de novembro de 2018

Wanderléa planeja gravar em 2019 o primeiro álbum de músicas inéditas em 30 anos


Por Mauro Ferreira


Arquitetado desde 2015, o álbum de músicas inéditas de Wanderléa pode enfim sair do campo das ideias ao longo de 2019.


De contrato assinado com a gravadora Deck, a cantora mineira ficou de entrar em estúdio no próximo ano para efetivamente gravar o disco, que, se concretizado, será produzido por Rafael Ramos sob a direção artística de Marcus Preto.


A pedido de Preto, compositores como Erasmo Carlos e Guilherme Arantes mandaram músicas para o álbum, cujo repertório deverá incluir a primeira parceria de Marina Lima com Silva.


Se for mesmo gravado em 2019, o disco sairá 30 anos após o último álbum de músicas inéditas da Ternurinha, Wanderléa, CD lançado em 1989 pelo extinto selo 3M com repertório pautado pelo romantismo pasteurizado que dominou as emissoras de rádio FM na década de 1980.


Se sair, o álbum de músicas inéditas será o primeiro disco de Wanderléa desde Vida de artista – Canções de Sueli Costa (2016), anêmico tributo à compositora mineira Sueli Costa em que Wanderléa jamais atingiu a dimensão do cancioneiro da autora de pérolas como Jura secreta (Sueli Costa e Abel Silva, 1977).

in-g1.globo.com
Alda Jesus

Sobre a autora

Alda Jesus - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis