ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

6 de junho de 2018

Carnaval no Parque e Surreal recebem certificado internacional pela prática do Lixo Zero


Mais de 90% dos resíduos dos eventos foram aproveitados para reutilização, reciclagem ou compostagem. Iniciativa segue em frente com o Na Praia 2018

Pelo 2º ano consecutivo, a R2 Produções será contemplada com o certificado “Lixo Zero” por eventos realizados pela produtora. Em 2018, os projetos premiados serão o Carnaval do Parque e a festa Surreal. O certificado internacional, emitido pelo Instituto Lixo Zero Brasil, representante da Zero Waste International Alliance no país, será entregue na quinta-feira (7), em Brasília, no Seminário Internacional Eventos Lixo Zero.

“Para chegarmos nesse patamar foi necessário engajamento e trabalho árduo de uma série de profissionais, agentes públicos, ONGs e a comunidade. Nosso propósito é conscientizar a população e mostrar ao setor que o Lixo Zero já é uma realidade”, afirma o Diretor de Sustentabilidade e sócio da R2, Eduardo Azambuja. Na oportunidade, ele abordará o “Processo criativo em eventos Lixo Zero”.

Já o coordenador de Sustentabilidade da R2 Produções e sócio da empresa Vallen, Francisco Nilson, o Chicão, abordará a logística dos projetos: “Brasília é uma cidade inovadora e criativa, que sabe como fazer evento sustentável. A R2 Produções se desponta como líder do movimento que vai ditar um novo conceito de entretenimento, se tornando referência nacional e internacional. Essa é uma plataforma estratégica que une a realização de grandes eventos a melhorias substanciais no planeta”, afirma.

Indicadores de Sustentabilidade Carnaval do Parque - O total de resíduos gerados no Carnaval do Parque foi da ordem de 31 toneladas (entre recicláveis, compostáveis e rejeitos). Desse total, 96,8% teve um destino mais nobre do que aterro sanitário, ou seja, foram reduzidos ou reaproveitados para reutilização, reciclagem ou compostagem. Apenas 3,2%, que equivale a 1 tonelada, foi para o aterro sanitário.

Indicadores de Sustentabilidade Surreal - O total de resíduos gerados na Surreal resultou em 34,95 toneladas (entre recicláveis, compostáveis e rejeito). Desse total, 90,3% teve destino mais nobre do que o aterro sanitário, ou seja, foram reduzidos ou reaproveitados para reutilização, reciclagem ou compostagem. Apenas 3,3 toneladas foram para o aterro sanitário.

Na Praia 2017 – Foi o 1º projeto da R2 Produções reconhecido pelo ineditismo no segmento de grandes eventos Lixo Zero do país. Ao final da temporada de quase três meses, o Na Praia 2017 atingiu 95,14% de taxa de desvio do aterro sanitário. No total, mais de 170 toneladas de materiais deixaram de ir para o lixão da Estrutural, o que equivale ao que os moradores de Taguatinga e São Sebastião geram juntos de lixo em um dia.

O que vem por aí - O Na Praia 2018 também buscará a certificação Lixo Zero, pelo 2º ano consecutivo. A 4ª temporada do projeto acontece na capital federal entre os dias 30 de junho e 09 de setembro.

Congresso Internacional Cidades Lixo Zero (Zero Waste Cities) – O Instituto Lixo Zero Brasil (ILZB), em parceria com o Governo de Brasília, movimenta a capital federal entre os dias 5, 6 e 7 de junho. O 1º Congresso Internacional Cidades Lixo Zero (Zero Waste Cities) reunirá representantes de todos os continentes para apresentar melhores práticas e mais avançadas tecnologias em gerenciamento de resíduos sólidos. A ideia é que gestores públicos, legisladores, consultores e acadêmicos troquem experiências e possam discutir propostas futuras.

O conceito Lixo Zero é uma meta para guiar pessoas e instituições a mudarem as práticas para incentivar os ciclos naturais. “É preciso despertar a consciência e educar todos a se relacionarem de modo mais sustentável com a geração e o tratamento de resíduos.” Rodrigo Sabatini, Presidente do ILZB

Programação completa do evento em: www.cidadeslixozero.com.br
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis