ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

24 de fevereiro de 2018

Chico Anysio é homenageado no Recordar é TV desta terça (27)

Recordar e TV-Chico Anysio O Papo TVE - RJ1989

Programa da TV Brasil recupera papo do humorista com Ziraldo na TVE nos anos 1980


O Recordar é TV lança mão da inteligência e do humor de Chico Anysio na edição desta terça (27), às 22h45 na TV Brasil. O ator, compositor, escritor, diretor e roteirista criou ao longo da carreira mais de 200 personagens, sendo que alguns desses se misturam à história da televisão brasileira.

Para celebrar a obra do saudoso comediante, a emissora pública utiliza o conteúdo preservado de seu acervo. A TV Brasil resgata do arquivo uma entrevista que o comediante concedeu ao cartunista Ziraldo no programa "O Papo" da extinta TV Educativa do Rio na década de 1980.

Durante a conversa, é possível reconhecer o homem generoso e elegante, capaz de revelar novos talentos e ajudar veteranos. Chico Anysio lembra de sua infância, comenta o início da carreira no rádio ao lado de Haroldo Barbosa e explica seu processo criativo para compor personagens.



Ele conta para Ziraldo que voz, tipo, personalidade e caracterização foram os pontos de partida para o desenvolvimento de tantos papeis. A versatilidade era uma de suas marcas.

Com bordões fortes e inesquecíveis, ele aliava humor, paródia e crítica em figuras únicas como Alberto Roberto, Justo Veríssimo, Nazareno, Pantaleão, Salomé e muitos outros. As frases "E o salário, ó!" e "É vapt-vupt!", por exemplo, são identificadas até hoje com o Professor Raimundo.

Chico Anysio teve uma longa e bem sucedida carreira de décadas no rádio, na televisão, na música e também na literatura. O humorista faleceu aos 80 anos em 23 de março de 2012.



Produções que fizeram história na tevê

Natural de Maranguape, no Ceará, o artista é até hoje uma das principais referências no humor. Craque na arte de fazer rir, ele é considerado um dos mais famosos, criativos e respeitados comediantes do país. Marcou época na televisão com atrações como Chico City, Chico Total, Chico Anysio Show e Escolinha do Professor Raimundo.

Na sala de aula em que interpretava o mestre que dá título à produção, Chico contracenou e deu oportunidade para grandes ícones de humor que não tinham mais tanto espaço assim na mídia. Da velha guarda da comédia, participaram de várias temporadas da Escolinha personalidades inesquecíveis que faziam a alegria de crianças e adultos.

A relação é grande e inclui atores que já faleceram como Antônio Carlos Pires (Joselino Barbacena), Brandão Filho (Sandoval Quaresma), Costinha (Mazarito), Francisco Milani (Pedro Pedreira), Grande Otelo (Eustáquio), João Elias (Salim Muchiba), Jorge Loredo (Zé Bonitinho), Marcos Plonka (Samuel Blaustein), Mário Tupinambá (Bertoldo Brecha), Rogério Cardoso (Rolando Lero), Rony Cócegas (Galeão Cumbica), Walter D'Ávila (Baltazar da Rocha) e Zezé Macedo (Dona Bela), entre tantos outros.

Já aposentados, Orlando Drummond (Seu Peru) e Lúcio Mauro (Aldemar Vigário) são reverenciados com carinho e lembrados até hoje pelos icônicos personagens que interpretaram numa turma de craques.

No programa, Chico Anysio também lançou novos profissionais que se tornaram personalidades no ramo como Tom Cavalcante (João Canabrava) e Pedro Bismarck (Nerso da Capetinga).

Alguns dos filhos do homenageado também seguiram carreira no humor e também participaram da Escolinha do Professor Raimundo como Lug de Paula (Seu Boneco) e Nizo Neto (Ptolomeu).

Hoje, outro filho de Chico, o ator e também humorista Bruno Mazzeo, encarna o professor em uma nova fase da escolinha com grande elenco. Vários atores da nova geração interpretam os lendários personagens em uma belo tributo ao mestre do humor nacional.

Sobre a atração e as novas homenagens
O programa Recordar é TV leva ao telespectador conteúdos que representam momentos importantes da memória da televisão brasileira a partir de material preservado no acervo da emissora pública com os registros feitos na época da TVE do Rio de Janeiro.

Shows, programas de auditório, grandes entrevistas, matérias jornalísticas marcantes, musicais e peças de teledramaturgia serão revisitados em nova roupagem pela atração. O objetivo é tornar esses vídeos de acervo atraentes ao grande público e alvo da curiosidade daqueles que se interessam pela história das mídias como um dos expoentes da cultura nacional.

Para as próximas semanas estão previstas edições temáticas com grandes ícones da música, além de homenagens a artistas consagrados como Jorge Amado e Paulinho da Viola, entre outros.

SERVIÇO:
Recordar é TV - terça-feira (27), às 22h45, na TV Brasil.
Recordar é TV - sábado (3), às 18h, na TV Brasil.
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis