ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

27 de fevereiro de 2018

B/Unesp forma 1ª doutora em biometria


Pós-Graduação é pioneiro no País e busca formar especialistas na solução de problemas

O Instituto de Biociências da Unesp, câmpus Botucatu, acaba de formar o primeiro profissional doutor pelo programa de Pós-Graduação em Biometria. Trata-se de Magali Teresópolis Reis Amaral, de 40 anos, e que atualmente é professora da Universidade Estadual de Feira de Santana (BA).

A tese de doutorado de Magali, do ponto de vista biológico, buscou captar o problema da insuficiência cardíaca em ratos através de um estudo comparativo entre quatro modelos de crescimentos inovador. Neste contexto, foi levado em consideração toda a estrutura longitudinal imposta pelas diferentes manobras de cálcio realizada no experimento. Com destaque, ainda, à melhora na resposta do indivíduo quanto a patologia estudada e a utilização de duas diferentes dietas.

Esta é a primeira defesa de um total de 13 alunos ingressantes no doutorado de Biometria do IB/Unesp Botucatu, pioneira nacionalmente nesta disciplina, que está dividida nas áreas de Modelagem Matemática e Bioestatística. “Ao término das defesas dos ingressantes desta primeira turma, vários estados do Brasil terão em suas universidades os primeiros doutores na referida área da CAPES, sendo todos oriundos do programa de Biometria”, destaca o Prof. Dr Carlos Roberto Padovani, orientador de Magali e docente do PG de Biometria.

Para saber mais, clique aqui.
Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis