ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

1/17/2012

Armindo Guimarães – Administrador do Portal Splish Splash




Tudo vale a pena quando a alma não é pequena

 

Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br

Em termos de entrevistas por nós agendadas (e óbvio idealizadas), vamos começar o ano de 2012 com o Administrador do Portal Splish Splash. Armindo Guimarães, figura sobejamente conhecida junto dos fãs do Rei Roberto Carlos.

Armindo Guimarães é, também, um ilusionista reconhecido e, nas horas vagas, para além do tempo que dispensa ao nosso Splish Splash, ocupa o seu tempo no facebook, tendo sido o criador da Rádio Face, com discos pe(r)didos, sobretudo pelas senhoras, a maioria fãs do Rei e que estão ligadas ao núcleo ELAS BRIGAM POR ROBERTO CARLOS.

Foi difícil trazer à ribalta comunicativa o Portal Splish Splash?

AG - Essa pergunta tem como pressuposto o destaque do Splish Splash em termos de comunicação. Não sei se o tem, mas se entender que sim, esse destaque deve-se, sem dúvida, a todos os que nele colaboram e àqueles que há muito se habituaram a frequentá-lo.

... E apareceu porque você, indubitavelmente, é um dos maiores fãs de Roberto Carlos no país luso. Certo?

AG - De facto, apareceu por ser um dos fãs de Roberto Carlos em Portugal e não um dos maiores.

Todo o bicho ao nascer é feio, daí que se presume ter enfrentado algumas dificuldades. No caso afirmativo, quais, por exemplo?

AG - As dificuldades foram todas aquelas subjacentes à criação de um site que se pretendia dedicado ao Rei da Música Popular Brasileira, porém, mais abrangente de forma a alargar horizontes não só incluindo temáticas directamente ligadas a Roberto Carlos, como são, por exemplo, o caso das rubricas Roberto Carlos e RC Portugal, respectivamente com 8 e 7 sub-rubricas, das rubricas Eduardo Lages e Erasmo Carlos, 2 e 1 sub-rubricas, mas também incluindo outras temáticas indirectamente ligadas, como Lusofonia e Disto & Daquilo, respectivamente com 4 e 9 sub-rubricas e há uns tempos a esta parte a Varanda Splish Splash actualmente com 7 sub-rubricas, todas da autoria do jornalista Carlos Alberto Alves e que vieram contribuir significativamente para uma maior e melhor pluralidade temática, facto que trouxe mais responsabilidade ao Portal em termos editoriais e de apresentação gráfica, motivo porque as dificuldades iniciais são as mesmas de hoje atendendo a que se trata de um site sem fins lucrativos e sujeito à disponibilidade de quem nele colabora.

Você tem a sua vida profissional, ao cabo o seu ganha-pão. O Splish Splash ocupa um espaço das suas horas de lazer. Vale a pena todo este esforço?

AG - Parafraseando Fernando Pessoa, eu diria que tudo vale a pena quando a alma não é pequena.

Quando lançou o site, que agora é portal, nesse sentido fez algum contato com Roberto Carlos?

AG - Recordo-me que quando criei o site em 7 de Julho de 2008, três dias depois aconteceu o XXVI Bate-papo entre Roberto e eu, mas não me lembro se cheguei a falar-lhe da criação do site.

Como classifica o progresso do Splish Splash?

AG - Por certo não serei a pessoa mais indicada para classificar o progresso do Splish Splash, mas que ele existe, existe.


... E aqueles “telefonemas maculos” com o Rei?

AG - (Risos) Todo o fã deseja, ao menos por uma vez na vida, estar ao lado do seu ídolo nem que seja por uns breves segundos e eu não sou excepção. Porém, estando do outro lado do Atlântico sempre vi esse desejo difícil, se não mesmo impossível de se realizar. Um dia pensei para os meus botões que o telefone encurta distâncias e fiz como aquele velho ditado “se a montanha não vai a Maomé, vai Maomé à montanha” resolvendo o assunto com os chamados bate-papos telefónicos que apesar de serem fictícios têm algumas coisas de realidade nas suas histórias. Tudo começou em 2005 e desde então já lá vão 45 bate-papos com o Roberto e muitos dos elementos da sua equipa e não só pois entraram também o Caetano Veloso, o Tom Cavalcanti, o Dudu e o Rafael, filhos do Roberto, a Lady Laura, a D. Mércia, esposa do maestro e muitos outros. Ao mesmo tempo, criei os bate-papos com o maestro Eduardo Lages que iniciei em 2008 e que até Fevereiro/2011 contam 10 bate-papos. Bate-papos onde, não raras vezes, entra Roberto Carlos e não só. Todos eles fictícios, que o mesmo é dizer fruto da minha imaginação, é claro. À excepção de um deles (o VIII, em 20 de Agosto de 2009), que foi verídico, mas que para todos os efeitos foi fictício como todos os outros. Acontece, porém, que muitos são os amigos fãs que duvidam da ficção dos bate-papos e dou-lhes razão porque até eu, quando os leio, não só acredito neles como me perco a rir com as cenas rocambolescas que sempre acontecem.

É do nosso conhecimento que o Armindo Guimarães mantém uma relação regular com o maestro Eduardo Lages que, em função do que se constata através dos depoimentos de outros fãs (sobretudo mulheres), se apresenta como uma pessoa prenhe de simplicidade. Concorda com esta versão?

AG - Evidentemente que concordo acerca da simplicidade do maestro Eduardo Lages sobre a qual nunca duvidei, mas se duvidas tivesse, elas teriam sido desfeitas aquando do nosso encontro no passado dia 11 de Janeiro de 2012 em Portugal, mais exactamente no cais de Gaia, tendo como cenário inigualável o rio Douro e a cidade do Porto, e por testemunhas de tal encontro um bom bacalhau à João do Porto, bem regado por um tinto que se deixava beber. (Risos)

Do fictício (bate-papo ao telefone) à realidade. Mantém a esperança de um dia estar ao lado de Roberto Carlos, numa possível viagem que você possa efetuar ao Brasil?

AG - Enquanto há vida, há esperança e logicamente que eu tenho-a. Não tanto em Terras de Vera Cruz, mas sim na Ocidental Praia Lusitana, e se tudo correr como o previsto, quem sabe esse encontro se concretize ainda em 2012. Seriam muitas emoções num só ano, mas a vida é mesmo assim, ou há-de ser tudo, ou nada.

O que mais lhe impressiona em relação à maneira de ser do REI?

AG - Sem dúvida que a sua simplicidade e o seu espírito tolerante. Quem canta o amor e o desamor, a alegria e a tristeza, a esperança e a desesperança, essas assimetrias que regem o quotidiano, tem, necessariamente, que possuir um espírito amplo e tolerante.

Numa curta citação individual, fale-me dos seus mais diretos colaboradores?

AG - Eles já sabem o que penso acerca deles e se ficar aqui registado o quanto os admiro, é certo e sabido que vai-me custar mais aumentos de honorários, ajudas de custo e outras benesses que só um patrãozinho mãos largas como eu pode dar. Mas aqui vai:

Carmen Augusta
É o meu braço direito e muitas vezes mais do que isso. Acho que sem a minha maninha brasuca adoptiva o Splish Splash não seria o que é.

Geraldo Bottary
Costumo brincar com o Bottary chamando-o “o filósofo do Splish Splash”, mas o que ele não sabe é que eu gosto de falar a sério, brincando.

Carlos Alberto Alves
O “Ilhas”, como humorística e carinhosamente gosto de o chamar por ser natural do arquipélago dos Açores, foi passar uns 90 dias de férias ao Brasil e acabou por ficar, já lá vão quase 8 anos. E ainda bem, porque quem ficou a ganhar com isso foi o Splish Splash. A sua experiência jornalística, aliada ao seu estilo sui generis de escrever, muito tem contribuído para uma maior dinâmica redactorial com excelentes artigos de fundo que vão desde a temática robertocarlistica a assuntos de índole diversa.

Para além destes, gostaria ainda de referir outros, que não colaborando tão assiduamente como os anteriores, fazem-no sempre que podem com igual empenho e determinação:

Lilian Rocha
Estreou-se como repórter fotográfica do Splish Splash no Cruzeiro Emoções em Alto Mar 2010, a bordo do navio Costa Concórdia, que deu o mote para o célebre XXXIII Bate-papo entre Roberto e eu, onde, para além de uma foto que iria ficar na história como a “foto do sorriso robertocarlistico”, conseguiu ainda o exclusivo de uma entrevista com o Rei. Nesse bate-papo, que não pretendia de forma alguma ser premonitório, houve vários episódios rocambolescos como a de um falso alarme de naufrágio que fez a Lady Laura sair da cama às 4 e tal da manhã e o Comandante do navio discursar sobre as características de construção do Costa Concórdia com um sistema de segurança a toda a prova, acabando por dar o nome “Roberto Carlos” à ponte número 13 que não existia, tudo seguido de uma estrondosa ovação das centenas de passageiros presentes em tão cerimonioso acto.

Rosemeire Barbosa
Desde que em 2009 a professora Rosemeire idealizou o Projeto Roberto Carlos: O Mensageiro da Paz, que até ao momento já movimentou mais de 70 crianças do 1.º Ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Professora Olívia Caprânico, de Piracicaba-SP, o Splish Splash, tem acompanhado todas as iniciativas divulgando-as em parceria com a professora Rosemeire que para além de fã incondicional do Rei tem-se mostrado, também, uma colaboradora especial do Splish Splash.

Eudivan Teixeira
O poeta Eudivan Teixeira tem a particularidade de se inspirar ao som das músicas do maestro Eduardo Lages. A sua arte, que já conta com 11 poesias publicadas, tem sido um sucesso junto dos seguidores do Splish Splash.

O Splish Splash cresceu muito em termos de valorização e, também, já conta com um apreciável número de seguidores. Espera que esse número atinja o meio milhar nos próximos tempos?

AG - Como qualquer administrador de um site gosto de ver o número de seguidores a aumentar, porém, costuma-se dizer que mais vale poucos e bons. Por isso, mais do que esperar um aumento, eu espero é que não haja redução. (Risos)

Em curto prazo, tem em mente mais inovações, você que é, de fato, uma pessoa criativa e dinâmica?

AG - As inovações no Splish Splash nunca são programadas, acontecem sempre por acaso ou então tendo em vista torná-lo cada vez mais funcional, como foi, aliás, o que aconteceu recentemente com o novo design. Entretanto, está em curso um projeto em que estão empenhados mais de 20 fãs. Queremos todos acreditar que tal projeto tem pernas para andar e que pela sua originalidade irá ser um sucesso. Vamos ver. Pelo menos a malta está toda a trabalhar com aquele entusiasmo robertocarlistico que se impõe.

Nos posts que são colocados, e que têm a ver com o que se escreve na mídia sobre Roberto Carlos – e não só -, a Carmen Augusta tem-se revelado uma colaboradora eficiente e sempre presente?

AG - Sem dúvida alguma, que sim. Mas como já tive aqui a oportunidade de dizer, não me convém falar publicamente dos meus colaboradores pois a concorrência é grande e se bem que dinheiro não me falte e como tal eu esteja sempre pronto para cobrir qualquer parada, o que é certo é que com a crise que graça por toda a parte, temos que seguir o regime de austeridade tão apregoado pelos políticos que se esquecem de dar o exemplo. (Risos)

Alguma vez pensou desistir deste projeto?

AG - Muitas vezes. Mas logo no dia seguinte esqueço-me de tudo e continuo em frente.

... Roberto Carlos podia estar mais perto de nós. Acha que ele tem reconhecido todo o afã que temos desenvolvido no Splish Splash (falo de nós todos)?

AG - No encontro que tive com o maestro Eduardo Lages, falamos de muitas coisas e, claro está, sobre o seu compadre. Fiquei então com a certeza do que eu já suspeitava; que a vida de um cantor/compositor como o Roberto Carlos, não é fácil, tantas são as atenções, tantas são as solicitações que a toda a hora lhe chegam. E, para quem já leva mais de 50 anos de carreira a calcorrear mundo, quase sem vida privada, não é fácil. Mas respondendo à pergunta, eu diria que é difícil chegar perto dos outros quem pela arte que um dia decidiu abraçar, há muito se sente longe de si próprio e dos seus entes queridos. Acho que sim, que à sua maneira, tem reconhecido todo o afã que temos desenvolvido no Splish Splash e que outros fãs têm desenvolvido noutros sites e noutros sectores, como por exemplo o radiofónico.

À semelhança do que aconteceu em 2011, o Splish Splash marcará presença no próximo Cruzeiro Emoções em Alto Mar?

AG _ Tudo aponta para que mais uma vez o Splish Splash esteja representado em tão importante evento.

Uma coisa é certa: A Assessoria de Imprensa do Roberto Carlos, através da Ivone Kassu, tem sido bastante simpática para com o Splish Splash?

AG - De facto, assim é. A D. Ivone Kassu tem sido de uma simpatia extrema para com o nosso Portal e nós só temos que agradecer pela deferência que muito nos honra.

Acredita que este ano Roberto Carlos fará uma deslocação a Portugal, para um “show” muito almejado pelo numeroso núcleo de fãs?

AG - Acredito piamente que sim. Aliás, desde 2006 que acredito no seu regresso a Portugal, que o mesmo é dizer às suas origens, pois é preciso não esquecer que tem uma costela lusa por parte do pai e da mãe. Mas te tal não acontecer durante 2012, já está criada uma comissão no sentido de ir buscar o Rei ao Brasil a fim de que fique por cá durante uns tempos. Os nossos amigos brasucas que tenham paciência mas não o podem querer só para eles. A malta também tem direito. Ora, pois! (Risos)

Neste contato que mantém, incluindo o facebook, pessoas que você admira?

AG - Meu Deus! São tantas que se as nomeasse aqui por certo iriam falhar-me algumas e isso eu não quero.

Não há duas opiniões: você faria uma sessão de ilusionismo ao lado de Roberto
Carlos?

AG - Decididamente, não! Primeiro, eu sou o que se chama um ilusionista daqueles de trazer por casa e depois não é qualquer um que se pode dar ao luxo de trabalhar ao lado do Rei.

9 comentários:

  1. Carlos Alberto, parabéns. Linda e merecida entrevista com o nosso "Patrãozinho". Que bom que vais estar novamente no Cruzeiro como reporter do Portal, espero poder encontra-lo desta vez. Ah, e Armindo, a minha partcipação como colaboradora neste Portal iniciou em 2009, quando fui ao Cruzeiro no navio Costa Concordia. Mas so "detalhes", pois eu já andava a tempos fazendo uma participação aqui e ali, depois fiquei (e ainda estou, em função de outros compromissos profissionais e probemas pessoais) um pouco afastada de minhas atividades por aqui no Portal. Mas, como diz o "patrãzinho"..."tudo vale pena quando a alma não é pequena". Então breve deverei prestar minhas contas e retornar a ativa. Assim espero. Armindo, outra vez parabéns, você, mais que qualquer fã do NMQT Roberto Carlos, merece que teus sonhos se realizem. Estou torcendo por ti, sempre. Carlos Alberto, parabéns pela bela entrevista. Beijos, abraços e carinhos pra todos, Lilian

    ResponderEliminar
  2. Que homenagem linda vc fez para o Armindo, Carlos Alberto. Vc tem a facilidade em passar para nós leitores,toda a emoção dos seus artigos. Esse em especial, pela homenagem mais que merecida, para o nosso amigo Armindo. Sinceramente, meus parabéns! Sem a genialidade do Armindo, não haveria o Portal e consequentemente, não promoveria o encontro dos maiores fãs do Rei Roberto Carlos. Se eu pudesse fazer um pedido e ser atendida, seria que o Armindo conheça o Rei pessoalmente. De todo o coração, ele é o maior merecedor desse acontecimento.Pela sua iniciativa ou ideia em criar o blog Splish Splish e se dedicando em horas de lazer e descanso, enfim, tamanho o sucesso alcançado que acabou se tornando um dos sites mais visitados pelos fãs do mundo todo. Só tem uma palavra para descrever: AMOR. Muita generosidade me citar nessa matéria, Armindo, uma vez que sem a sua ajuda, o Projeto não teria tanta repercussão e visualização. Só tenho a agradecer por me deixar fazer parte dessa família. Tenho muito orgulho nisso. Parabéns! Parabéns! Parabéns!

    ResponderEliminar
  3. Alba Maria Fraga Bittencourt17 de janeiro de 2012 às 03:01

    Parabéns ao Amigo Carlos Alberto por essa fantástica entrevista com o nosso Querido Amigo Armindo...que, com os seus colaboradores e a sua dedicação de Administrador do Portal Splish Splash,nos mantém sempre informados sobre tudo que se relaciona ao Nosso Rei Roberto Carlos e sua Equipe.E como Locutor da Rádio Face Discos Pe(r)didos, encanta nossas noites com suas lindas músicas. Desejo que, assim como foi realizado o sonho do encontro com o Maestro Eduardo Lages, não esteja longe o dia da realização do grande sonho de encontrar-se com o Nosso Rei Roberto Carlos.
    Quanto a levar Roberto Carlos para Portugal...pensando bem...até concordaríamos, mas com uma condição..... teríamos que ir junto.
    As fotos da reportagem estão ótimas.
    Um grande abraço
    Alba

    ResponderEliminar
  4. Olá Carlos Alberto!

    Muito boa essa sua ideia de entrevistar nosso amigo e patrãozinho,Armindo Guimarães.Ele merece.
    Merece tudo de bom,pela pessoa especial que é.

    Fiquei emocionada ontem quando li.
    Maninho, você é demais!
    Eu acho que isso de ser ilusionista,o ajuda noutra coisa:você é encantador de pessoas!
    Impressionante, Carlos Alberto, como ele conquista amigos, num vapt, vupt...
    Conversou com ele um pouquinho, pronto já vira seu admirador.
    Ele é simples, inteligentíssimo, agradável.Enfim se for ficar falando as qualidades dele,haja espaço...

    Obrigada aos dois por ser citada na entrevista.
    Maninho é também exagerado...

    Obrigada Carlos Alberto.

    Um abraço,
    Carmen Augusta

    ResponderEliminar
  5. Eu continuo e sempre serei fã deste portuga!!!

    ResponderEliminar
  6. Amigo Carlos Alberto,

    "Tudo vale a pena, quando a alma não é pequena"

    Eis aí uma frase sobremodo profunda em ensinamento, na medida em que "Tudo" expressa tudo aquilo de que enfrentamos na busca da tal felicidade. Entretanto, como este caminho não é como a maioria pensa, somente aqueles que têm uma evolução espiritual mais ao alcance do entendimento acerca do Universo e o seu Criador, conseguirão sobrejujar o vale de lágrimas por ventura existente no interior de cada um, com maior equilíbrio e discernimento.

    E é filosofando (e não é de brincadeira, rsrsr), que me emociono, buscando no imo do ser, não obstante minhas imperfeições, externar o quanto sou admirador deste Mágico, não de Oz, mas de Nóz, de nós todos.

    Acredito que hão de concordar todos comigo que: Ele é o cara!

    Ao ilustre jornalista Carlos Alberto, parabéns pela grandiosidade desta matéria, pá!

    ResponderEliminar
  7. Amigo Bottary.
    "...admirador deste Mágico, não de Oz, mas de Nóz, de nós todos."
    Hoje descobri mais uma qualidade em vc além de filósofo...um humorista nato. Arrasouuuuuuuuuu!!! Beijão. Saudades de vc amigo. Entre para o facebook para encurtar a distância... Posso assegurar que poderemos minimizar essa distância geográfica, nos comunicando rapidamente, expondo nossas ideias e podendo compartilhar tbém com os amigos um pouco do nosso dia a dia. Junte-se a nós, Bottary! A semana passada até comentei sobre isso no facebook com o Armindo. Vc vai poder filosofar bastante.

    ResponderEliminar
  8. Parabéns Carlos Alberto,adorei sua entrevista!
    E Carminha tem razão quando diz que Armindo é um encantador de pessoas!
    Beijos e até o Costa Pacífica!

    Regina Márcia

    ResponderEliminar
  9. Querido Armindo Guimarães!!!
    Tive a honra de ter a minha história de "AMOR AO REI ROBERTO CARLOS" COMO FÃ agora 04/11/2012 publicada p VC, aquí no TÃO Conceituado Portal Splish Splash, tô muitíssimo feliz pelo enfoque, destaque e sucesso,q cada dia vem c um comentário novo, além das curtições e compartilhamentos dos amigos/fãs.Qual n foi a minha alegria, já tínhamos contatos pelas defesas q fiz no Facebook em várias ocasiões, A FAVOR do Nosso Rei RC,uma delas na pag "Mulheres do Rei" do Diário de Belém do Pará, q distorcidamente publicaram uma nota denegrindo e achinqualhando a Carreira tão iluminada dele o (REI) e o trabalho da Equipe, focando mais no Maestro Eduardo Lages.Bem fiquei furiosa como fã, pq se tocam num fio de cabeço do nosso Ídolo, mesmo q virtual, compro questão.E assim a Sacha Splish, entrou em comunicação para desmascarar essa nota infeliz e pediu q desse apoio a pessoa q ingenuamente tinha postado tal comentário como cópia fiel, sem maldade por ser fã tbm.Desde q entrei pro Facebook, q comecei uma campanha viva, forte e fiel;sou responsável por:AMAMOS VC♥♥ REI ROBERTO CARLOS♥♥, c quase 700 membros, REI Roberto Carlos, SÓ Emoções Roberto Carlos.,além de participar como membro de todas as outras pags q, de uma forma ou de outra acompanham nosso querido Rei da MPB ha 53 cinquenta e tres anos de sucessos.Procuro me dedicar ao máximo indo ao encontro de todas as notícias q rolam na vida do Nosso Rei.Na minha pag oficial c 903 amigos, são todos fãs e respeitam a minha maneira de gostar dele.Sem contar q trabalho, como foi narrado no meu vídeo; me sustento, sou lutadora pra ter o prazer MÁGICO de assitir os SHOWSZAÇOS, PELO MENOS AQUÍ NO RIO DE JANEIRO onde moro.
    OBRIGADA P SUA AMIZADE, PARABÉNS NA EXCELENTE ADMINISTRAÇÃO C SEUS COLABORADORES DESSE PORTAL.E UM GDE ABRAÇO PRO CARLOS ALBERTO PELA ENTREVISTA.

    Bjssss Robertocalísticos

    Malvina de Souza Carriço

    ResponderEliminar

HOMENAGEM A ROBERTO LEAL

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil