ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

10/01/2011

MOV PAZ e o Projeto Roberto Carlos "O Mensageiro da Paz"




Por: Rosemeire Barbosa

Apesar de municipal e divulgado na mídia, o público foi bem menor do esperado. Estivemos lá e apesar do líder comunitário do bairro ter proporcionado o ônibus para o transporte, poucas crianças foram. Nossa apresentação foi bem aplaudida pelos presentes e o final emocionante. Após cantarmos A Montanha, um dos coordenadores do Mov Paz, Paulo, finalizou a nossa apresentação com o abraço pela paz com todos os presentes. Na sequência, o Mov Paz entregou camisetas para todos os alunos presentes do projeto.

Os recursos eram poucos. Podíamos ter feito algo maior, mas o evento foi organizado pelo Mov Paz e com poucos recursos de apoio também. A dupla Wagner & Alexandre eram convidados e não puderam se apresentar por não poderem ter som superior a 60 decibéis no local, ou seja, até nosso som caseiro tinha que ser baixo. Mas o importante foi as pessoas terem gostado e terem saído do evento em paz. Meus alunos de 2011 adoraram a experiência e já comentam qual será a nossa próxima apresentação. Fomos convidados pela coordenadora do Centro Cultural Zazá, no bairro Mário Dedine em nos apresentarmos na formatura dos alunos em novembro.

O Jornal A Tribuna noticiou a nossa participação no Dia Municipal da Cultura da Paz.



2 comentários:

  1. "Não importa os caminhos da guerra, a Paz é mais importante que eles. Essa frase vive nos cabelos encaracolados das cucas maravilhosas, mas se perdeu nos labirintos dos pensamentos poluídos pela falta de amor. Muita gente não ouviu porque não quis ouvir. ELES ESTÃO SURDOS". Essa música composta por Roberto e Erasmo Carlos há quarenta anos, retrata muito bem a realidade dos tempos modernos. Conduzidos pela indiferença e omissão, a maioria das pessoas não se dão conta de que também são responsáveis pela permanência e expansão de todas as formas de violência.È na omissão dos bons que os maus prosperam. A substituição da cultura da violência pela cultura da paz servirá a médio e longo prazo, na formação de um novo cidadão, construindo uma nova consciência que envolva a natureza. a vida, o homem e a paz.

    ResponderEliminar
  2. "Não importa os MOTIVOS da guerra, a paz é mais importante que eles." Imagine eu errar a letra... Imperdoável. Por eu utilizar minha memória como agenda principal,às vezes ocorre. Escrevendo na lousa essa mesma música, o aluno Matheus (Projeto 2011), corrigiu o meu erro na escrita da letra da música na lousa. Isso me deixou profundamente feliz, pois significa que estão atentos e realmente conhecem a letra.

    ResponderEliminar

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil