Réplica idêntica de Roberto Carlos pode sair de Cachoeiro de Itapemirim



Cachoeiro de Itapemirim pode ficar sem a escultura de mármore criada pela artista Ângella Borelli e avaliada em R$200 mil. Ela quer vender a escultura, que mede 1,75 de altura, dos pés à cabeça da réplica do cantor Roberto Carlos. Para o transporte da peça é preciso ter um equipamento apropriado pois o peso está estimado em 3,2 toneladas. Ângella, que é fã de Roberto Carlos, disse ter gasto seis mil horas de trabalho durante seis anos para retratar o semblante carismático do Rei além da famosa jaqueta jeans que compôs o visual de Roberto Carlos durante anos.


Em 2009, durante a visita e o show que comemorou os 50 anos de carreira de Roberto Carlos, em Cachoeiro, a artista plástica presenteou o cantor com uma estátua de bronze, de 35 centímetros. Ângella espera ter a oportunidade de falar pessoalmente com Roberto Carlos no show que fará em Vitória, dia 04 de junho:

“Minha última esperança é que o Roberto possa adquirir a obra de arte para que ela fique em Cachoeiro de Itapemirim”, garante a artista plástica. A réplica do cantor Roberto Carlos foi produzida em mármore branco e foi originalmente concebida em argila, como maquete, depois em gesso e em seguida foi esculpida no mármore.

“Foram seis anos de muito trabalho. Tive ferramentas danificadas, transporte com muque (guindaste) para transportar a peça e muito desgaste. Agora preciso descansar e por isso quero vender a escultura”, desabafa Ângella.

Segundo a artista plástica o desejo é que a escultura fique na cidade natal do Rei. A prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim não dispôe de verba para adquirir a peça de arte. Ângella disse que se preciso, negociará também com empresários ou instituições de fora de Cachoeiro. “Já recebi algumas propostas e estou avaliando, mas quero que ela fique em Cachoeiro de Itapemirim”, disse Ângella Borelli.

Com informações do correspondente da Rede Vitória no Sul do Estado, Ramon Barros.

22-05-2011

Enviar um comentário

1 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.
  1. Olá maninho!

    Aaah!Se eu pudesse e papai do céu me desse...
    Já que não posso estar sempre com, abraçar sempre o amado original,pelo menos a cópia eu sei que não sairia daqui de casa...
    Que achas?

    Muita peso, e muita grana,muito trabalho, deixa lá mesmo em Cachoeiro. Roberto, com certeza vai querer assim.

    Beijos,
    Carmen Augusta

    ResponderEliminar

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !