ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

2/25/2011

Divinópolis reconhecida à Confraria Cultural Brasil – Portugal




Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@hotmail.com
Portal Splish Splash


Ter sido convidado para fazer parte da Confraria Cultural Brasil-Portugal na qualidade de Membro Efectivo, trouxe-me uma enorme alegria, para mais que a mesma é presidida por uma pessoa que me merece o maior carinho e estima. Refiro-me a Maria de Fátima Quadros, curiosamente com descendência açoriana por parte dos seus bisavós.

Este 10 de Junho transacto foi, para mim, de dupla satisfação. Primeiramente, pelo facto do João Ângelo (decano improvisador açoriano) ser galardoado pelo governo português com a Medalha de Mérito, segundo porque, muito justamente, a Câmara Municipal de Divinópolis decretou que o dia 10 de Junho será o Dia Municipal da Confraria Cultural Brasil-Portugal, a ser comemorado em todo dia10 de Junho.

Claro que, para o efeito, teve que ser colocada à consideração da vereação da Câmara Municipal de Divinópolis (MG) uma justificativa. Esta:

“É inegável a influência portuguesa no Brasil desde os remotos tempos do Descobrimento. Além da língua, há momentos históricos comuns. Pode-se dizer que Brasil e Portugal são mais que países irmãos. Hoje, brasileiros e portugueses convivem ligados por laços definitivos, sendo a Confraria Cultural Brasil-Portugal, um dos elos mais fortes de união entre a comunidade lusitana em Divinópolis, a Pátria-Mãe e o povo brasileiro. A Confraria nasceu tendo como patronos Joaquim Maria Machado de Assis, filho de mãe açoriana, e Maria Fernanda Teles de Castro Quadros e Ferro, uma das maiores poetisas de língua portuguesa. A Confraria Brasil-Portugal foi fundada em Divinópolis no dia 8 de dezembro de 2008, em um acto ocorrido na Biblioteca Pública Ataliba Lago. Trata-se de uma associação cultural, sem fins lucrativos, com sede e foro em Divinópolis. De carácter privado, a Associação tem por finalidade exclusivamente difundir a cultura da língua, da literatura, das ciências e artes em geral no Brasil e em Portugal, além de divulgar poetas, escritores e artistas brasileiros e portugueses. A Confraria ainda visa preservar, difundir e promover a cultura dos dois países, incentivando e realizando estudos e seminários, estabelecendo relações e intercâmbio entre os dois povos. Dado a inegável influência portuguesa no Brasil e o crescente interesse das pessoas a nos procurar depois de um programa de rádio, o 'Fala Mulher', apresentado por Iris Moreira. Quando entrevistada, falávamos de um brasonário, lançado por nós, das famílias de origem portuguesa na região. Também, de volta ao Brasil, sentimos que algo deveria ser feito para mantermos a aproximação Brasil-Portugal e de elevar-se cada vez mais nossos sentimentos com relação à Pátria-Mãe”, conta a escritora e advogada Maria de Fátima Batista Quadros, presidente da Confraria. Maria de Fátima relata ainda que a Confraria Cultural Brasil-Portugal foi a forma encontrada para aprofundar o relacionamento da colónia portuguesa em Divinópolis com o Brasil e a Pátria-Mãe. “Ao fundarmos a Confraria Cultural Brasil-Portugal conclamamos a todos para o fortalecimento da cultura e amizade luso-brasileira, ter orgulho em ser luso-descendente. E ver no Fado o destino, a sorte e muito mais o amor e a saudade que bate no peito e a história do nosso passado, reafirmando as convicções do presente. Afinal, um homem sem história é um homem sem futuro, um livro sem letras”, afirma ela. A Confraria mantém correspondência diária por e-mails, recebidas do Instituto Cultural Camões, Casas Portuguesas e outras instituições brasileiras e portuguesas, com informações, cursos, eventos, etc. A Confraria reúne-se mensalmente na Biblioteca Ataliba Lago. “A data de 10 de Junho foi escolhida pela própria presidente da entidade para a comemoração do Dia Municipal da Confraria Cultural Brasil-Portugal, por ser data de aniversário de Luís de Camões, o poeta lusitano de maior influência no Brasil”.

Ainda bem que a Câmara Municipal de Divinópolis reconheceu o trabalho que está a ser feito na Confraria Cultural Brasil-Portugal.

Aproveito para felicitar a Câmara Municipal e a Confraria. É tão bonito ver as duas de mãos-dadas. É por isso que gosto de ouvir, em simultâneo, os hinos do Brasil e de Portugal. E pode-se juntar, também, o hino da Região Autónoma dos Açores.

Da Drª. Maria de Fátima Batista Quadros, já esperava uma grande dedicação à Confraria e é notório que, com o decorrer do tempo, a Confraria Cultural Brasil – Portugal tem registado apreciável número de aderentes a uma causa que, bem vistas as coisas, é nossa, ou seja, de brasileiros e portugueses.

4 comentários:

  1. Olá Carlos Alberto!

    Essa sua matéria, tem grande importância para nós brasileiros e consequentemente para os portugueses, pois o tendo sido reconhecida à Confraria Cultural, Brail-Portugal, que eu nem sabia da existência, mas graças a essa postagem acho que muitos irão também tomar conhecimento e aprender a dar o valor merecido.

    Como falastes, queira ou não, as nossas relações, isto é luso-brasileira, nunca deixará de existir, pois veremos tantas coisas que herdamos das nossas origens e se preservarmos a cultura de uma forma em geral sem especificar, é valioso e será notório que só teremos a ganhar com essa cumplicidade de paises irmãos e que sentimos amor pelos nossos irmãos lusos de uma forma inteira ou íntegra!

    Essa é uma das matérias que merece todas as constelações do Universo.

    Beijão, Carlos Alberto!

    Mazé Silva

    ResponderEliminar
  2. Carlos Alberto, sempre tenho a agradecê-lo pelo que faz em prol da cultura. Obrigada.

    Marlene Gandra
    Academia Divinopolitana de Letras.

    ResponderEliminar
  3. CONHECI A MARIA DE FÁTIMA QUADROS, POR TELEFONE, PARA INSCREVER-ME NO CONCURSO DE POESIA E, COM TODO O DEVIDO RESPEITO, APAIXONEI-ME POR ELA. A MARIA DE FÁTIMA QUADROS
    É DESTES SERES HUMANOS RAROS DE SE CONHECER NOS DIAS DE HOJE.

    ResponderEliminar
  4. Subscrevo as suas palavras. Ela é uma raridade de ser humano. Também sou apaixonado pela presidente da Confraria Cultural Brasil - Portugal.
    Um grande abraço.
    Carlos Alberto Alves

    ResponderEliminar

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil