ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

10/03/2010

Mensageiros da paz - Vida e obra de Roberto Carlos



Escola do Mario Dedini mostra para a comunidade, dia 13, projeto de paz no qual alunos usam canções do rei

Trabalhar a solidariedade, respeito, amizade, auto-estima com crianças de seis anos, da escola municipal Professora Olivia Caprânico, no bairro Mario Dedini, periferia de Piracicaba. É a proposta da professora Rosemeire Aparecida Salvadori Barbosa, 48 anos, uma apaixonada pela carreira que escolheu há 14 anos. É com o entusiasmado que lhe é peculiar, que ela está mudando a realidade daquelas crianças. A professora vem desenvolvendo na escola o projeto “Roberto Carlos, o mensageiro da paz”.

Por que Roberto Carlos?

“Ele é tido como uma pessoa do bem. Acredito que as músicas dele provocam mudanças de comportamento. São canções que falam de paz, amizade, de família, de amor. Os alunos acabam aprendendo os valores essenciais de forma lúdica”, responde.

Dentro do projeto e pelas músicas do cantor, Rosemeire trabalhou com seus alunos a linguagem oral, linha do tempo, música, movimento. “Na linguagem escrita fizeram mensagem a Roberto Carlos”, comenta.

O projeto envolveu também os pais, que, em casa compartilhavam a leitura dos trabalhos com os filhos. Para comemorar o sucesso desse trabalho entre os alunos e a comunidade, a escola vai realizar um evento na quadra do bairro, ao lado da escola no próximo dia 13, às 15h30.

Vão participar do evento cerca de 200 crianças, que apresentarão músicas e coreografias, a fanfarra da escola e a dupla Wagner e Alexandre. Todos vão interpretar músicas de Roberto Carlos.

A diretora da escola, Cristiane Gomes Salati do Marco, explicou que o evento tem como objetivo divulgar o trabalho que está sendo feito na escola para os moradores do bairro e familiares dos alunos. Ela explicou que a proposta teve início em 2009. “A partir do nosso Projeto de Leitura, em que cada professora tinha de escolher um autor para trabalhar a vida e a obra em sala de aula e os valores sociais, Rosemeire escolheu o Roberto Carlos”.

Atualmente 44 alunos participam do projeto. Vinte e dois são do 1° ano e os demais do 2° ano, que participaram no ano passado e pediram para continuar nesse ano.

A coordenadora da escola, Janine Athanásio, disse que o projeto incentivou a amizade entre as crianças, o companheirismo. A diretora acredita que a proposta tem conseguido melhora no comportamento, minimizar a agressividade, despertar o interesse e a participação dos pais.

O trabalho também envolveu a realização de dois vídeos. Um videoclipe, com as crianças cantando e dançando a música Todos Estão Surdos, e um documentário. Ele foi elaborado pela professora sobre o período que o rei residiu em um rancho no Distrito de Ártemis, na década de 70.

Todo o projeto ganhou destaque em um blog de Portugal. O contato surgiu da professora buscar informações sobre o rei no portal oficial dele na Internet. Por meio disso, alguém passou para o coordenador sobre o projeto realizado e hoje é um link na página inicial do blog chamado Alunos de Piracicaba. O endereço do blog é www.splishsplashblog.blogspot.com. De acordo com Rosemeire, o cantor teve conhecimento do projeto realizado na escola por meio dessa divulgação.

EMOÇÃO. Na sala de aula, os alunos não escondem que gostam de Roberto e cada um vai se apressando em responder quais músicas gostam mais. As mais citadas foram Jesus Cristo, Todos Estão Surdos e Verde e Amarelo. A turma sabe de cor essas e outras músicas e nem é preciso pedir para eles começarem a cantar.

“Aprendi que a música do Roberto Carlos fala de paz e amor”, contou Israel Pinto. “Quando chegava da escola, cantava a música do Roberto para o meu pai, que gostava muito”, revelou Isabella Sartori de Souza. Foi sua família que emprestou o primeiro CD do cantor para a professora utilizar em sala de aula.

Maria Julia Gomes Leite, Laura Oliveira Almeida e Wesley Renan de Souza também tiveram o apoio da família no projeto. Laura contou que sua avó a incentiva a aprender sobre Roberto Carlos. Os alunos afirmam que ficaram mais amigos.

Adriana Ferezim
Gazeta de Piracicaba
03-10-2010

3 comentários:

  1. Olá maninho!

    Linda a foto montagem!

    Parabéns a Rosimeire que está a frente deste importante Projeto,parabéns para essas crianças que aprenderam a gostar do NMQT, e parabéns a você maninho, que tão bem trás tudo para acompanharmos.

    Beijos,
    Carmen Augusta

    ResponderEliminar
  2. Querida Professora Rosemeire,

    É de suma importância que venhamos parabenizar a diretora Cristiane Gomes Salati do Marco, a coordenadora Janine Athanásio pela iniciativa do Projeto Leitura, uma vez que somente assim poder-se-á construir uma sociedade sólida de conhecimentos e sabedoria.

    A cada vez que tenho conhecimento, dos projetos e objetivos da escola, fico muito feliz de saber que não só a música, mas também tenho a certeza de que os outros projetos que as outras professoras implementaram, surtiram efeitos desejados por vsas.

    Lembro-me, lá pelos anos de minha escolaridade ginasial, que foi lendo Júlio Verne, com: "Viagem à Lua"; "Viagem ao centro da Terra"; "Vinte Mil Léguas Submarinas", e, lendo " As Pupilas do Senhor Reitor" que despertou-me o interesse da leitura educativa.

    Desejo à todos muito sucesso neste empreendimento!

    Abraços Bottary!

    ResponderEliminar
  3. OLà querida Rosemeira!que maraviha de iniciativa esto projeto! e que boa escolha tu viveste! é ividente que ler cantar ou ouvir o nosso Rei é melhor que qualquer liçao de respeito amizade ou amor dita por qualquer outra pessoa; e nao ha duvida que é o que se deve ensinar hoje em dias aos nossos filhos e nossos netos.Por isso mais uma vez te dou os meus parabens e que Deus te deia muita saude e muita corage para continuares nessa direçao.Beijinhos de um Portugues de França

    ResponderEliminar

TANGOS ROBERTOCARLISTICOS

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil