Roberto inicia festejos de 50 anos de carreira em navio

DO TEXTO:
São Paulo - Em 1959, Roberto Carlos estava numa sinuca de bico. Saíra meio desgostoso do conjunto The Sputniks, no qual dividia a liderança com Tim Maia. Muitas gravadoras lhe diziam não sem cerimônia: fora recusado pela Chantecler, pela RCA, pela Philips, pela Odeon. Tinha então 18 anos e teve de recorrer a um primo, que era gerente da boate Plaza, em Copacabana, para conseguir um contrato como cantor da noite do Rio. Assinou para trabalhar como crooner da casa noturna. Ali ele ganharia seu primeiro salário profissional, e foi esse momento, o do primeiro pagamento, que ele considera o início de sua carreira consagrada de cantor (embora já tivesse uma década de experiência musical).
Por conta dessa data-chave, Roberto (que faz 68 anos em abril) inicia agora em fevereiro - no mar, cantando para 2.682 pessoas no navio Costa Mágica - as comemorações dos seus 50 anos de carreira, que começou naquele trabalho na Boate Plaza. Logo depois, em julho do mesmo ano, Roberto seria aceito pela Polydor, após uma audição com Roberto Corte Real, e gravaria um compacto em 78 rotações com as canções Fora do Tom e João e Maria, ambas de Carlos Imperial. No mesmo ano, Roberto ainda gravaria outro 78 rotações com Brotinho Sem Juízo e Canção do Amor Nenhum (Carlos Imperial).
Ricardo Pugialli, autor do livro Almanaque da Jovem Guarda, acredita que fevereiro de 1959 foi o mês em que Roberto Carlos iniciou sua primeira temporada como cantor profissional. “A data precisa é muito difícil de se afirmar. Não existem mais documentos sobre o período. Provavelmente Roberto pode ter os originais. Nada mais existe da antiga boate ou mesmo do hotel Plaza. Temos hoje um novo hotel no local, com o mesmo nome, mas tudo foi modificado. Não há fotos, documentos, cartazes, nada”, conta o autor.
Segundo o escritor e pesquisador, autor de um livro que Roberto Carlos elogia, o cantor parece preferir a data como marco inicial de sua carreira (em vez da gravação do compacto em 78 RPM) por um motivo especial. “Cantando na mesma casa onde João Gilberto se apresentou, onde os cobras da bossa nova (Baden Powell, Johnny Alf, João Donato, Milton Banana, entre outros) davam canjas quase todas as noites, é com certeza o motivo pelo qual ele guarda com carinho a data. Já o disco não é um trabalho que eu acredito que ele tenha gostado tanto. Não estava em seu estilo, era uma emulação de João Gilberto e ele foi muito criticado na época pelos músicos e simpatizantes da bossa nova.”
O próprio Roberto, em uma de suas entrevistas, em 2005, foi sucinto a respeito da data. “Eu tinha uns 16 ou 17 anos e só ouvia rock’n’roll, quando um dia, no rádio do carro, escutei João Gilberto. Mudei tudo e só quis cantar bossa nova”, contou. “Por isso, meu primeiro trabalho como cantor foi na Boate Plaza.” Outra novidade prevista para este ano para festejar o cinquentenário de sua carreira seria uma grande turnê de Roberto pela América Latina, passando por Argentina, Chile e México. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Por: AE
In Abril.com http://www.abril.com.br/noticias/diversao/roberto-inicia-festejos-50-anos-carreira-navio-236955.shtml

POSTS RELACIONADOS:
9 Comentários

Comentários

  1. Meus Amigos:

    Antes de virem aqui comentar este post, quero que saibam que já estou arrependido de o ter publicado. Com efeito, o “27º Bate-papo entre Roberto e eu” aconteceu em 26/8/2008 e passados que foram quase 5 meses, nada. É certo que entretanto no dia 9/12/2008 o “VI Bate-papo entre Eduardo Lages e eu” proporcionou bater papo com o RC, mas isso não conta. Por isso, estou chateado com o Roberto tanto mais que ao que parece este ano ele vai andar numa de rumar novamente para países latino-americanos o que significa que, se calhar, mais uma vez Portugal vai ficar para trás e a malta já não o vê desde 2006 quando actuou 2 dias em Lisboa e 2 dias em Guimarães.

    Por isso, e como a pirataria no alto mar parece estar outra vez na moda, estou até a pensar contratar alguns piratas profissionais no sentido de abalroarem o navio “Costa Mágica”, desviando-o para águas lusas.

    A paciência tem limites!

    Abraços robertocarlisticos

    ResponderEliminar
  2. Oi patrãozinho!

    Mas sou mesmo uma lerdinha...
    No Portal Clube do Rei, Carlyle me passou a perna, agora você...
    Puxa vida, estou com o jornal na minha frente e perdi duas oportunidades....

    Coisa da idade e problemas da vida, que baratinam a cabeça da gente..

    Mas parabéns a matéria é ótima.
    Fico contente de você tê-la colocado.

    É, acho que vais mesmo que ter de mandar os piratas agirem...

    Um beijo,
    Carmen Augusta

    ResponderEliminar
  3. Ola Armindo! entersante este post mas tambem ja o li no portal. Mas com respeito o nosso mais que tudo vir a Portugal tu tens enteiramente razao pà. Realemente ja la vao 3 anos em terras lusas mas aqui em frança entao nao se fala. Mas bom se ele por acaso resolver ir a Portugal eu sou capaz de dar um salto e entao ai jà o cassa_mos e ele fica a saber quem é o Mindo e o Manel.Abraços

    ResponderEliminar
  4. Menina Guta:

    Por amor de Deus!

    Não me venha com essa da idade, tá?

    Se você diz isso com 17 anos, que direi eu com 45?

    Ai, ai, ai!

    Abraços

    ResponderEliminar
  5. Olá, Manel!

    É isso tudo, pá!

    Quando o gajo puzer aqui os calcantes, está lixado connosco que o raptamos e o brasucas ficam a ver o "Costa Mágica" que o mesmo é dizer a ver navios.

    eheheheheh

    É do baril!

    Abraços robertocarlisticos

    ResponderEliminar
  6. Meu querido amigo Armindo!

    Obrigada pelo menina. Chiii, isso faz tempo....
    ehehehehe

    Agora essa de inverter os números das nossas idades foi do baril!
    Gostei. Só você mesmo.

    Eu e meu marido já rimos até...

    Obrigada.

    Um bom final de semana.

    Beijos,
    Carmen Augusta

    ResponderEliminar
  7. Olá, Guta!

    Ninguém precisava de saber que eu inverti as idades, ou seja, que eu tenho 17 anos e tu 45.

    Abraços para ti e para o Paulo

    ResponderEliminar
  8. Olá, Ricardo!

    Quer-me parecer que tu estás a ficar ~um fã do RC tal como o teu pai!

    :)

    Abraços robertocarlisticos

    ResponderEliminar