O sucesso de toda empresa começa por dentro

Imagem de várias pessoas em roda juntando os punhos

O líder precisa saber se relacionar com o seu bem mais precioso: o capital humano

user-image

Empresas são mais do que um número de CNPJ, endereço fiscal, obrigações contábeis, ou o espaço ocupado em escritório, fábrica ou loja. O componente mais importante das organizações são as pessoas. O sucesso ou o fracasso de um empreendimento tem sua definição por uma série de fatores, como por exemplo: o empenho da equipe e o relacionamento que os colaboradores conseguem manter com os clientes.

Primeiro ponto: não tem como você começar qualquer tipo de relacionamento ou negócio sem gostar de gente. Pessoas compram de pessoas a todo momento. Todo negócio funciona na base “relacional”!

Por isso, o líder precisa saber se relacionar com o seu bem mais precioso: o capital humano. Por exemplo, na maioria das vezes, estamos mais tempo com nossa equipe de trabalho do que em casa. Então, se entramos na empresa e não damos nem um “bom dia”, “boa tarde”, não mostramos preocupação com quem está ao nosso lado, como iremos fortalecer o vínculo do time? Podemos até mesmo usar o momento descontraído só para dar um “oi”, brincar sobre o resultado da partida de futebol.

Como empresário e gestor, vejo que está faltando hoje as pessoas entenderem o seguinte: para conquistar alguém, para vender algo, para fazer qualquer coisa, para conviver em sociedade, eu tenho que me entregar, tenho que me importar com o outro!

Essa troca é o que vai fazer com que os colaboradores vistam a camisa da empresa, queiram lutar lado a lado com você, mesmo num momento de dificuldade, como foi na pandemia.

Quando a gestão de pessoas é feita de modo eficaz, o colaborador consegue gerar em si um sentimento de realização, uma sensação de dever cumprido por fazer aquilo que a empresa deseja. Não tem jeito! Trabalho em equipe envolve relacionamento entre as pessoas dos mesmos setores, com setores próximos, com a direção e com os clientes.

Portanto, não encare as pessoas da sua empresa ou clientes somente como apenas um número. Trate-as do mesmo modo que gostaria de ser tratado se estivesse no lugar delas. Importe-se com essas pessoas da mesma forma que gostaria que elas se importassem com você. Construa um relacionamento forte dentro do seu time. Afinal, empresas são feitas por pessoas que prestam serviço ou vendem para outras pessoas.

*Leonardo Chucrute é Gestor em Educação, CEO do Colégio e Curso Zerohum, Autor de livros didáticos e Professor de matemática. Leia Mais sobre o autor...
Também pode ler:
Tags

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !