Uma ode ao amor: Fee Le Fol lança Love's Rare Magik com clipe de animação

Fee Le Fol, projeto do músico e compositor Felipe Lima, natural do interior paulista, Mogi das Cruzes, e baseado em São Paulo, lança em todos os aplicativos de música, nesta sexta (02), o single Love's Rare Magik, acompanhado de um videoclipe dirigido por Renan Cruz.

Fee Le Fol, projeto do músico e compositor Felipe Lima, natural do interior paulista, Mogi das Cruzes, e baseado em São Paulo, lança em todos os aplicativos de música, nesta sexta (02), o single Love's Rare Magik, acompanhado de um videoclipe dirigido por Renan Cruz. Assista ao vídeo aqui:

A faixa conta com a participação do regente Quevedo, compondo as melodias de metais de sax alto, barítono, trombone e trompete, e dos produtores e músicos Iran Ribas (Sol a Pino), Danilo Sevali, Helena Duarte (Hierofante Púrpura) e Fernando Sanches (O Inimigo, CPM 22, Againe).

Movido pela necessidade de eternizar o encontro afetivo com sua companheira Adriana, o artista enaltece o resgate do sentimento genuíno como fonte de inspiração para a construção da canção.

"Essa música é uma verdadeira declaração de amor. Dum romance que queima e arde como fogo dentro de meu coração", revela Felipe.

Composta no final de 2019 nos corredores do edifício Copan, onde ele vivia, a faixa tem seu registro iniciado com guias de voz e violão após um ano, dentro do quarto da sua então nova residência no bairro paulista de Santa Cecília.

Um disco com os melhores singles lançados desde o início do projeto e outros inéditos, está nos planos futuros de Fee Le Fol, que já disponibilizou nas plataformas digitais as faixas “Believe Me” (2019) e “Good Bye” (2020).

Clipe 
Renan Cruz foi o artista responsável pelo roteiro, criação, ilustração, animação e finalização do videoclipe. Amigo de longa data de Felipe, o diretor desenvolveu frame a frame, construindo uma narrativa que acompanha o tema proposto na canção.

"Diante do processo optamos pela mescla de expressões figurativas, que trouxe essa sensação de encontro da canção, com loops de transições gráficos, que podem ser entendidos como fluxos internos, processos de transformação", explica Renan e Felipe completa: “A ideia não era só sintetizar a sensibilidade da canção com formas e cores, mas sim, realizar um sonho de ter um trabalho traduzido pela visão de um artista que sou fã desde a adolescência”.

Capa
Unificando o conceito artístico do single, a capa também foi desenvolvida por Renan, que utilizou como referência a própria animação. A dupla contou com a tecnologia para se comunicar, possibilitando a construção da identidade visual proposta pela música.

“Como desenhista admiro e estudo caminhos de artistas que pensam/comunicam em linhas, usando-as como matéria prima de suas obras, uma linguagem gráfica que muitas vezes se desloca do campo das palavras”, finaliza Renan.

FICHA TÉCNICA
Música
Voz, backing vocal, violão e contrabaixo: Felipe Lima
Piano e bateria: Danilo Lugobone Sevali
Trombone: Jaaziel Gomes Narciso
Trompete: Diogo Ricardo Mandu Mandu Duarte
Sax Baritono: Anderson Quevedo Farias
Sax Alto: Taís Cavalcanti Quevedo
Produção de Voz e Metais: Iran Augusto Bonatti Ribas
Produção Geral, mixagem e masterização: Helena Rosa Duarte
Composição de Metais: Anderson Quevedo Farias

Video
Roteiro, criação, ilustração, animação e finalização: Renan Cruz

Video
Feita à mão com tinta látex: Renan Cruz

SOBRE FEE LE FOOL
Felipe Lima, o homem por trás do projeto Fee Le Fol, começou sua história na música no final dos anos 90 tocando em algumas bandas, sendo uma delas a psicodélica Hierofante Púrpura, fundada em 2005. 
Natural de Mogi das Cruzes, interior de São Paulo, o artista residiu por diversas partes do Brasil ao longo da sua vida, chegando à capital paulista no início da vida adulta. Em 2012 iniciou uma espécie de retiro dos projetos musicais que estava engajado, e após dois anos se mudou para Nova Iorque, onde inspirado pela cena de folk local espalhada pela cidade, iniciou um frenético novo ciclo de composições, o que resultou no nascimento do Fee Le Fol, em 2015.
Influenciado tanto por músicos brasileiros da década de 70 como Caetano Veloso, Mutantes, Jorge Ben Jor, Novos Baianos e todo o movimento tropicália, quanto por artistas da atual geração como Luedji Luna, Céu e Liniker, o compositor soma mais de 40 músicas durante sua trajetória.
As faixas “U Can Rely on Me” (2019), “Believe Me” (2019) e “Good Bye” (2020) antecedem o lançamento de seu novo single "Love's a Rare Magik".

FEE LE FOL na web
Instagram
Twitter
Youtube 
Tags

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !