Projeto "Costurando Sonhos" - G10 Favelas, promove desfile de moda sustentável, em Paraisópolis

Nesta terça-feira (30), às 14h, Paraisópolis realiza no Pavilhão Social G10 Favelas o desfile do projeto “Costurando Sonhos Brasil” com 90% dos modelos da própria favela. Em parceria com a Enel Distribuição, lançam a “Coleção Energia - Costurando um mundo mais circular e sustentável”.

Em parceria com a Enel Distribuição e Azul Linhas Aéreas, evento traz modelos da própria favela

Nesta terça-feira (30), às 14h, Paraisópolis realiza no Pavilhão Social G10 Favelas o desfile do projeto “Costurando Sonhos Brasil” com 90% dos modelos da própria favela. Em parceria com a Enel Distribuição, lançam a “Coleção Energia - Costurando um mundo mais circular e sustentável”.

O projeto foi desenvolvido com base no conceito de upcycling, no qual tecidos e produtos que seriam descartados são reaproveitados para fazer novas peças. As roupas e acessórios desta coleção foram criadas a partir de uniformes da concessionária de energia elétrica e também da Azul Linhas Aéreas. A iniciativa reforça o conceito de economia circular e sustentável, contribuindo com o meio ambiente e a geração de renda para a comunidade.

Foram convidados cinco designers que trabalham a ideia de moda mais sustentável. Stephany Ramos, Sara Lu Thompson, Ana Rita Coloria, Cida Félix e Júlio Cesarini criaram diversas opções de roupas e acessórios utilizando os uniformes da Enel e outros cedidos pela Azul Linhas Aéreas em diferentes formatos. Ao todo, a linha de vestuário conta com 22 modelos de looks, com um total de 262 peças, com capacidade de ampliação da grade de produção.

As roupas seguem uma cartela de cores sóbrias com predominância do azul e cinza, presentes em peças como top, calça, saia, macacão, blazer, entre outras. Já a linha de acessórios conta com oito peças, entre bolsa, sacola, note bag, case note, pochete, mochila color, ecobag dupla face e nécessaire, com 220 itens na grade de produção. Os modelos poderão ser adquiridos pelo site da Costurando Sonhos Brasil e pelo Marketplace da Americanas.com, e 100% do valor arrecadado com as vendas será revertido para o próprio projeto, responsável pela distribuição do lucro entre as costureiras participantes da Coleção Energia, como também em investir parte da renda na capacitação de novas costureiras.

“É necessário promovermos iniciativas de economia circular para um consumo mais sustentável. Com coleções como essa, que visam o reaproveitamento de insumos, é possível contribuir para o meio ambiente ao reduzir, por exemplo, o consumo de água que seria necessário para fabricação de novas peças”, comenta Silmara Santos, coordenadora do projeto na Enel Distribuição São Paulo.

SERVIÇO:
Desfile Coleção Energia - Costurando um mundo mais circular e sustentável
Data: 30/11 (terça-feira)
Horário: 14h
Local: Pavilhão Social G10 Favelas
Endereço: Rua Itamotinga, 100 – Paraisópolis

Sobre o Projeto Costurando Sonhos    
Lançado em 2017, em Paraisópolis, o projeto Costurando Sonhos Brasil tem como objetivo qualificar mulheres da comunidade para o ofício de corte e costura, na utilização de máquina reta e overloque. Presente em dezenas de comunidades do Brasil, desenvolve práticas empreendedoras, o empoderamento feminino e a geração de renda, apoiando as instituições na capacitação profissional, na qualificação de seus produtos e na gestão comercial. Com diversas coleções lançadas, o Costurando Sonhos, conta com consultoria de representantes de grandes grifes, parceria com outras empresas e total apoio que de moradores.

G10 Favelas
O G10 Favelas é o Bloco de Líderes e Empreendendores de Impacto Social das Favelas. As dez maiores comunidades do Brasil uniram forças em prol do desenvolvimento econômico e social dessas áreas urbanas. A ideia do G10 Favelas é inspirar o Brasil inteiro a olhar com atenção para as favelas, tornando-as grandes polos de negócios, atrativo para investimentos, e assim transformando a ‘exclusão’ em startups e empreendimentos de impacto social de sucesso. O bloco procura apoiar os pequenos empreendedores, gerando emprego e atraindo capital que promova retorno ao investidor e consequentemente promovendo o desenvolvimento econômico das comunidades brasileiras, sem depender exclusivamente de arrecadações ou patrocínios.

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !