ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

10/02/2020

Brasileira é a primeira da américa latina a ganhar prêmio no mercado de drones

Raquel Molina é a primeira da américa latina a receber o prêmio Women To Wach Global Awards, referência mundial do mercado de Drones

Raquel Molina, CEO da Futuriste Drones


CEO da Futuriste Drones ganha, na categoria Empreendedorismo, o prêmio Women To Wach Global Awards, referência mundial do mercado de Drones

Raquel Molina, 35 anos, nasceu e cresceu em um conjunto habitacional de baixa renda em São Bernardo do Campo. Foi mãe cedo e sofreu muitos impasses até chegar à universidade pública. Formada em TI, ela  nunca desistiu do sonho de “ser empreendedora”. Hoje ela é CEO de uma das maiores empresas de treinamentos e serviços de drones no Brasil, a Futuriste. Como fruto de seu longo trabalho de inovação, ela recebeu, no dia 30/09, o Women To Wach Global Awards, prêmio referência no mercado de drones, que reconhece mulheres destaques em todo o mundo no setor. Para a premiação foram recebidas indicações de mulheres de mais de 10 países.


A empreendedora brasileira é a primeira da américa latina a receber o prêmio, sendo reconhecida na categoria de empreendedorismo. A premiação que aconteceria  na 5ª edição da InterDrone, uma das maiores feiras de Drones do mundo no Texas, Estados Unidos, foi alterada para um  evento online por causa da Pandemia.


“Tenho muito orgulho do que nós fizemos no setor de Drones do Brasil. Começamos em 2014, quando as pessoas mal sabiam o que era um Drone, e acabamos ajudando a desenvolver o segmento no país. Tudo isso foi fruto de muito esforço, de um time maravilhoso, de muita resiliência, insistência e aprendizado constante. Que este prêmio seja um exemplo de que todos nós podemos voar alto”, conta Raquel. 


Inovação e resiliência no mercado de drones


Além de encabeçar a Futuriste, Raquel foi a primeira instrutora de Drones do Brasil. Ela também é mentora e apoia diversos projetos solidários de empreendedorismo. Seu início como empreendedora não foi tão fácil, principalmente por começar em um negócio cujo público masculino é predominante: “No começo tive um pouco de dificuldade, principalmente pelo agravante de entrar em um mercado totalmente novo e predominantemente masculino. Eu não tinha dados de comportamento do consumidor e mesmo com equipamentos ainda em fase de amadurecimento, tinha que mostrar como funcionava para o cliente. Foi algo muito desafiador”, conta a empreendedora.


Mesmo recebendo outras propostas de trabalho durante a fase de planejamento de seu negócio, Raquel se manteve firme e focou na realização do seu sonho, “Fui chamada para trabalhar em outros lugares, mas ainda assim permaneci focada em realizar meu sonho. Sem dúvida tive medo de falhar, porém, ao invés de me fazer desistir, esse medo me estimulou a ser cuidadosa, a me planejar e ser prudente em tudo” complementa.


Fruto do trabalho persistente e inovador de Raquel, a Futuriste se tornou uma empresa líder em cursos e serviços de drones no Brasil, sendo premiada como “A melhor instituição de ensino e pesquisa do Brasil pela DroneShow Latin America, a maior feira do país no segmento. Ela também foi vencedora da premiação Empreendedora do Ano na mesma feira, participou do Reality Show Shark Tank Brasil, foi finalista do prêmio VEJA-SE, da Revista Veja, na categoria inovação e foi selecionada entre mais de 3000 projetos para o programa de aceleração do banco Itaú.


Para saber mais sobre a Futuriste Drones, acesse: www.futuriste.com.br


Sobre a empresa

A Futuriste Drones é uma das maiores empresas de cursos e serviços do mercado de drones no Brasil. Fundada em 2014 pelos sócios Raquel Molina e Leonardo Minucio, já treinou 3.000 pessoas físicas e mais de 100 empresas nacionais e multinacionais na utilização de drones. A empresa já recebeu diversas premiações, além de participar de reality shows como o Shark Tank Brasil, e ainda receber grandes nomeações do setor de tecnologia internacional. Para saber mais, acesse: www.futuriste.com.br

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo