ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

8/05/2020

Tradicional festival japonês Tanabata Matsuri dispõe de tanzakus para pedidos online até 21 de agosto


Festival das Estrelas teve programação cultural e drive-thru de tanzakus no último domingo, 2 de agosto, e seguirá recebendo os desejos virtuais de todo o Brasil até um dia antes da cerimônia Xintoísta, confirmada para 22 de agosto. 

Uma das tradições do Tanabata Matsuri –Festival das Estrela- são os bambus repletos de pedidos às estrelas Orihine (Vega) e kengyu (Altair), que há 41 anos coloriu a Praça da Liberdade durante o maior evento japonês de rua do mundo. Mas neste ano, por conta da pandemia da Covid-19, precisou ser diferente e aconteceu no último domingo, 2 de agosto, com programação cultural totalmente digital, além de tanzakus via drive-thru, respeitando as medidas protetivas e evitando aglomerações.

Para quem não pôde estar no espaço em São Paulo fazendo os pedidos de dentro do carro, ainda pode participar adquirindo os tanzakus virtuais, que ficarão disponíveis no site até dia 21 de agosto, um dia antes da cerimônia Xintoísta para queima e envio dos desejos ao reino celestial por meio da fumaça. 

Digitalmente, as cores e simbologias seguem as mesmas tradições de todas as edições: verde - Esperança; branco - Paz; vermelho - Gratidão; azul - Proteção e Saúde; rosa – Amor, e amarelo - Dinheiro e Prosperidade. Neles, as pessoas escrevem seus pedidos. Encerrado o prazo, a Associação Cultural e Assistencial da Liberdade (ACAL) –responsável pela organização e realização do evento-, fará a impressão de todos os pedidos virtuais para serem queimados na cerimônia do dia 22 de agosto, que terá transmissão ao vivo através do canal do YouTube da entidade. 

Segundo a lenda japonesa, o Tanabata Matsuri –Festival das Estrelas- celebra a história de amor de Orihine (Vega) e kengyu (Altair). Ela, filha de um poderoso deus do reino celestial, que certo dia, diante de seu tear, viu passar um rapaz (Altair) conduzindo uma ovelha e por ele se apaixonou. O pai consentiu o namoro dos dois jovens. 

Totalmente dominados pela paixão, Vega e Altair se descuidaram de seus afazeres normais e o pai, indignado, ordenou que eles vivessem separados, um de cada lado da Via Láctea, permitindo que o casal de namorados se reencontre somente uma vez ao ano, no sétimo dia do sétimo mês, desde que cumpram a ordem do pai de atender aos pedidos vindos da Terra. 

Este fenômeno astronômico deu origem à lenda, acreditando-se também que as demais estrelas e corpos celestes do céu, como cometas e estrelas cadentes, formem nesta época uma ponte na Via Láctea, chamada de Ama-no-Gawa, “Rio Celestial”, possibilitando que os apaixonados possam atravessar a galáxia para se reencontrarem.

No Brasil, o Tanabata Matsuri é realizado desde 1979 pela Associação Cultural e Assistencial da Liberdade (ACAL), na Praça da Liberdade-Japão, na capital paulista. Já no Japão, acontece em várias cidades, com festividades realizadas em agosto para aproveitar as férias de verão das escolas. A história do festival teve início há mais de 1.350 anos na Corte Imperial, e a data tornou-se feriado nacional em 1603.

Tanabata Matsuri Digital - Tanzakus online
Preço: R$ 5 cada tanzaku
WhatsApp: 11 99025-2113
Facebook: @acalliberdadeoficial
Instagram: @acalliberdade
YouTube: Acal Liberdade

A ACAL
A Associação Cultural e Assistencial da Liberdade – ACAL, com a denominação japonesa de “Bunka Fukushi Kyôkai”, é internacionalmente reconhecida e ponto de referência para a comunidade do bairro, para a cidade de São Paulo, Brasil e Japão. Tem por finalidade proporcionar a integração dos interesses dos comerciantes e moradores, visando seu aprimoramento cultural, sócio ambiental e ecológico, a prestação de serviços assistenciais, bem como o melhoramento das condições de vida de sua comunidade. Para cumprir sua finalidade, a ACAL promove, anualmente, grandes e tradicionais eventos culturais, com o objetivo de proporcionar entretenimento e lazer à população de São Paulo, aos turistas brasileiros e estrangeiros que, além de visitar o bairro diariamente, comparecem aos eventos e admiram a cultura oriental.
Mais informações pelo site www.acalliberdade.org.br.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo